8 melhores cidades europeias para ser estudante

Cada país da Europa é rico em história, cultura, culinária e moda. Além disso, o continente conta com mais de 4 mil universidades! Dessas, 40% estão entre as melhores do mundo. Mas com tanta opção, fica um pouco difícil de escolher para onde ir. Por isso listamos as 8 melhores cidades europeias para ser estudante, cada uma com a sua vantagem:

8 melhores cidades europeias para ser estudante

Berlim: mensalidades mais acessíveis

A Alemanha é o terceiro maior destino de intercambistas no mundo. Ou seja, fica atrás só dos EUA e do Reino Unido. Ao mesmo tempo que Berlim conquista estudantes pela alta oferta cultural, a cidade também se destaca por seu ensino praticamente gratuito. Os custos com educação por lá ficam em torno de 300 euros por semestre.

Assim como as mensalidades, o custo de vida também é baixo. Berlim foi classificada como uma das capitais europeias mais acessíveis para se viver, de acordo com o Mercer Cost of Living Survey.

Barcelona: melhor vida noturna

Sem dúvidas Barcelona é uma cidade para quem gosta de se divertir, principalmente à noite. Tenha em mente que lá nada acontece antes das duas da manhã. Então você tem bastante tempo para estudar, tirar um cochilo e passar a noite inteira dançando. Bares, danceterias, luais e restaurantes trabalham para deixar a noite mais animada.

Florença: melhor centro de arte e cultura

Florença

Florença é uma das melhores cidades europeias para ser estudante

Essa é para as almas mais sofisticadas. Florença é o berço do Renascimento. Ou seja, lá você vai passar pelas mesmas ruas que já passaram Dante, Botticelli, Leonardo da Vinci, Maquiavel e Galileu, só para citar alguns exemplos. 

Oxford: a mais prestigiada

Oxford dispensa apresentações. A University of Oxford fica no topo do Times World University Rankings. Além de um instituto de renome mundial, essa bela cidade britânica é também um convite para explorar as paisagens e monumentos mais famosos do Reino Unido.

Cambridge: melhor em relação a empregos

Se você quer uma instituição que pode quase garantir um emprego nas principais empresas, Cambridge é o lugar certo. O prestígio da instituição é reconhecido em toda a Europa e também no resto do mundo. 

Viena: melhor para morar

De acordo com o Economist’s Liveability Ranking, Viena é a melhor cidade da Europa para viver. A capital austríaca oferece não só uma grande bagagem cultural e qualidade de vida, como também ótimos cafés e restaurantes. Talvez você volte de lá com alguns quilos a mais.

Varsóvia: melhor custo de vida

Varsóvia

Varsóvia

No topo do Mercer Cost of Living Survey, a capital polonesa leva o título como a cidade universitária europeia mais acessível. O atrativo de Varsóvia fica não só na acessibilidade, como também no espírito de resistência. Com toda a história local, os museus e prédios históricos são um convite aos alunos para descobrirem mais sobre a cidade nos dias de folga. E sem falar na facilidade viajar a partir de Varsóvia para diversas outras cidades do leste europeu. 

Londres: melhor transporte urbano

A vida de estudante é uma vida de correria. Dessa forma, um bom sistema de transporte urbano é indispensável. Nesse sentido, Londres oferece balsas, táxis, ônibus, metrô, trens, bicicletas e até mesmo um sistema de teleférico. Um boa dica é garantir o Oyster Card, da Transport for London, que vai facilitar suas explorações pela cidade.

As melhores cidades europeias para ser estudante têm diversas vantagens únicas. Mas  essas não são as únicas opções interessantes de lugares para viver por lá! A nossa mentoria especializada  pode te ajudar a tomar essa decisão tão importante. Faça o seu teste de perfil agora mesmo clicando aqui.

Cadastre seu e-mail aqui para receber nossa newsletter semanal e acompanhar tudo o que publicamos no Blog.

 

Rafael Cerqueira

Rafael Cerqueira

Jornalista de 26 anos que adora viajar. Baiano que já viveu em Minas, em São Paulo, em Portugal e na Argentina. Conhece 26 países e tem o sonho de conhecer muito mais. Acredita que o mundo é grande demais e o tempo muito curto pra ficarmos parados sempre no mesmo lugar.