Qual a diferença entre Motivation Letter e Personal Letter?

Você já pesquisou sobre bolsas de estudos ou qualquer outro tipo de candidatura para o exterior? Então provavelmente já deu aquela espiadinha básica nos documentos necessários para se aplicar. Possivelmente também já se deparou com alguma universidade ou programa pedindo uma Personal Letter ou uma Motivation Letter.

É nesse momento que surge uma confusão em decifrar a diferença entre esses dois tipos de cartas a serem enviadas. Além de seus nomes soarem semelhantes, não temos no Brasil o costume de precisar deste tipo de documento em uma candidatura para qualquer programa.

Mas não se preocupe! Esse post é para você que quer deixar sua Application a mais adequada possível. E assim, aumentar suas chances de sucesso , alcançando o sonho de estudar no exterior.

Diferenças entre Motivation Letter e Personal Letter

Primeiramente, ambos as carta incluem, em sua maioria, os mesmos tipos de informações. Isso deixa os aplicantes ainda mais confusos. Entretanto, a diferença principal se encontra em como essas informações são apresentadas em sua escritura. Ou seja, como são passadas para o leitor integrante do Admission Office.

Uma Personal Letter foca mais na promoção do candidato. É aqui que você precisa explicar porque você é a pessoa certa para o programa. Afinal, é “ personal”, então você estaria explicando para o Admission Office exatamente quem você é, focando em sua personalidade , história, desafios superados, etc.

Caso você tenha que escrever uma Personal Letter a honestidade é a chave. Fale sobre seus sucessos, fracassos e como os superou. Descreva situações que você julga importante para sua personalidade e que impactaram sua carreira de alguma forma.

Enquanto isso, a Motivation Letter tem um foco no seus planos para o futuro tanto em relação a carreira como aos estudos. É a hora de mostrar como o programa para o qual você está se aplicando pode te ajudar a atingir esses objetivos.Ou seja, como esse programa pode te ajudar a chegar lá.

No caso de você ter que escrever uma Motivation Letter, foque bem no que, claro, te motiva. Por que você esta se aplicando para esse programa específico? O que você espera fazer no futuro e como esse programa se conecta a isso?

É importante saber a diferença entre ambos porque ao enviar o tipo errado de documento há a chance de rejeição do programa para o qual você esta se aplicando. É importante lembrar que ambos os tipos de Application Letter não são inimigas do candidato. Pelo contrário: elas podem ser suas amigas mais confiáveis, pois irão te dar a chance de se mostrar sob uma nova lente.

Portanto, apesar de ser por algum motivo difícil falar de nós mesmos e mostrar nossos sucessos e qualidades, é importante lembrar que esse documento te dá a chance de mostrar o seu diferencial em relação aos outros candidatos!

Boa sorte e uma candidatura de sucesso para você!

Quer encontrar a sua oportunidade internacional dos sonhos? Então procure o apoio da nossa mentoria especializada. Estamos aqui para te ajudar! Faça agora mesmo o seu teste de perfil clicando aqui.

 

Rafael Cerqueira

Rafael Cerqueira

Jornalista de 26 anos que adora viajar. Baiano que já viveu em Minas, em São Paulo, em Portugal e na Argentina. Conhece 26 países e tem o sonho de conhecer muito mais. Acredita que o mundo é grande demais e o tempo muito curto pra ficarmos parados sempre no mesmo lugar.