Quando falamos aqui no Brasil de grandes e renomadas universidades para estudar no exterior, é normal pensarmos naquelas que estão nos países ocidentais. É o caso, por exemplo, dos Estados Unidos, Canadá, França e Alemanha. No entanto, existem muitas universidades na Ásia que oferecem grandes oportunidades de aprendizado para pessoas de todo o mundo. A verdade é que o continente possui algumas das melhores instituições de ensino do mundo. Mas nem todo mundo já se atentou a esse fato. Conheça agora 5 universidades asiáticas que valem pelo menos uma pesquisa no Google.

Elas já são reconhecidas internacionalmente e têm se destacado em rankings mundiais em indicadores como qualidade de ensino, número de citações em estudos científicos, pesquisa e influência internacional.

5 universidades asiáticas que merecem sua atenção:

National University of Singapore (NUS)

A Universidade Nacional de Singapura está entre as maiores dessa pequena cidade-estado em relação ao número de alunos matriculados e é também a mais antiga. Ela é consistentemente classificada entre as 50 melhores universidades do mundo e já alcançou uma reputação global gigantesca. E isso mesmo tendo sido oficialmente fundada como universidade apenas em 1980.

Os cursos acadêmicos são ministrados em uma mistura de estilo britânico e americano. A concessão de diplomas é relativamente flexível, permitindo que os estudantes façam a transferência entre os cursos nos primeiros dias de suas aulas.  E, além disso, também é possível participar de estudos interdisciplinares.

A Universidade tem uma poderosa base de ex-alunos, incluindo 4 ex-presidentes e primeiros-ministros, muitos empresários bem sucedidos, acadêmicos e pesquisadores de todo o mundo.

Posição na QS World University Rankings – 1000 melhores universidades do mundo: 11º

Nanyang Technological University (NTU)

Outro destaque do sistema educacional de Singapura é a Universidade Tecnológica de Nanyang, que é particularmente famosa por seus cursos de Engenharia e Tecnologia. A universidade conta com um programa capaz de atrair os melhores alunos do mundo, promovendo, por exemplo, viagens ao exterior e interações com ganhadores do Prêmio Nobel. E ao contrário de outras instituições como as universidade públicas brasileiras, a assistência pessoal dos professores é um ponto incentivado.

Posição na QS World University Rankings – 1000 melhores universidades do mundo: 12º

Tsinghua University

A China tem muitas universidades internacionalmente aclamadas, mas a Universidade de Tsinghua está no topo da hierarquia. Figura entre as 20 melhores universidades do mundo e cresce a uma velocidade impressionante. Atualmente, é mais notável por seus programas de Ciência da Computação e Engenharia.

Outros programas que atraem atenção global são os de Negócios, Medicina, Ciências da Vida e Ciências Físicas.

Posição na QS World University Rankings – 1000 melhores universidades do mundo: 17º

University of Tokyo

A Universidade de Tóquio é a mais prestigiada e uma das mais antigas universidades do Japão. Composta por três campi, a universidade oferece uma grande variedade de cursos de graduação. Alguns dos mais destacados são os de Medicina, Direito, Engenharia, Ciências, Artes e Economia.

Além disso, existem cinco escolas de Pós-graduação focadas em campos específicos, como Políticas Públicas, Ciências da Informação e TI.

A Universidade desenvolve vários programas de pesquisa intensiva que contam com uma estrutura impressionante dividida por institutos como o Instituto de Estudos Avançados da Ásia e o Instituto de Pesquisa Atmosférica e Oceânica.

Posição na QS World University Rankings – 1000 melhores universidades do mundo: 23º

The University of Hong Kong (HKU)

Uma das universidades asiáticas mais bem classificadas é a Universidade de Hong Kong. Ela é, aliás, a mais antiga da região. Embora ofereça cursos em diversas áreas é mais conhecida internacionalmente pelo seu programa de Odontologia, que já foi considerado por 3 anos consecutivos o melhor do mundo.

Em todas as principais classificações, a Universidade sempre recebe avaliações positivas em quesitos como atividades de pesquisa, ambiente de aprendizado, exposição internacional e assistência estudantil.

O inglês é o idioma principal utilizado nas aulas. Todavia a concorrência para estudantes estrangeiros é grande. São cerca de 12 candidaturas por vaga destinada a pessoas de outros países na graduação.

Posição na QS World University Rankings – 1000 melhores universidades do mundo: 25º

Essas são apenas algumas das universidades asiáticas que ocupam um lugar de destaque no cenário internacional da educação. Você já se imaginou vivendo e estudando em um país asiático? Se sempre sonhou em fazer isso o primeiro passo é se preparar e realmente entender se o estilo de vida asiático combina com o seu perfil. Para isso procure o apoio de uma mentoria especializada.

Matheus Tomoto

Matheus Tomoto

Estudou em escola pública, aprendeu inglês sozinho em 3 meses, foi aceito nas 10 melhores faculdades dos Estados Unidos, trabalhou no MIT (melhor faculdade de tecnologia do mundo), representa o Brasil na Delegação Brasileira de Jovens da ONU, recebeu proposta da NASA e atualmente trabalha como pesquisador em HARVARD. É escritor, palestrante e mentor de pessoas que desejam buscar uma oportunidade no exterior.

Leave a Reply