Para espantar um pouco o frio dessa época aqui no Brasil, fizemos uma lista das melhores cidades para visitar durante o verão europeu. Há algum tempo atrás falamos sobre 4 delas. Hoje, trouxemos mais algumas sugestões de cidades universitárias para você aproveitar as suas férias do meio do ano:

Leuven, Bélgica

Leuven

Leuven

Leuven, principal destino universitário da região flamenga, tem muitos eventos acontecendo durante o verão. Toda sexta-feira de julho, durante o Festival Beleuvenissen, as ruas estão cheias de música. 

Em agosto, Leuven recebe o Marktrock, um dos maiores festivais de música urbana da Europa. Os edifícios da praça principal, como por exemplo a Prefeitura e a Igreja de São Pedro, são perfeitos para visitar durante o verão. O mesmo vale para majestosa biblioteca da Universidade de Leuven. Você pode também sentar para saborear uma Stella Artois, a mundialmente famosa cerveja nativa da cidade. 

Bamberg, Alemanha

Bamberg

Bamberg: não parece uma cidade saída diretamente de uma história da Disney?

Andar entre as ruas medievais e os telhados vermelhos íngremes de Bamberg vai fazer você se sentir parte de uma aventura de conto de fadas. Apesar de seu pequeno tamanho, a população estudantil da universidade aumentou recentemente e agora representa um sexto dos habitantes da cidade. 

O motivo desse crescimento? Não temos certeza. Pode ser pela crescente reputação da universidade. Ou também pode ser pelo fato de que Bamberg está na região com a maior concentração de cervejarias do mundo. São duzentas, para ser exato! Dez delas estão na própria cidade. 

Depois de todos os alunos terem ido embora para suas férias de verão, Bamberg oferece um ambiente tranquilo para explorar a cidade. Você pode visitar monumentos arquitetônicos, como a antiga prefeitura, a catedral e a Abadia de Michaelsberg.

Maastricht, Holanda

Maastricht

Os cafés de Maastricht são um charme a parte.

Vibrante e dinâmica, Maastricht é um dos lugares mais internacionais da Holanda. Atraídos pela vibração jovem e multicultural, quase metade da população estudantil da cidade vem do exterior para estudar e aproveitar a vida noturna épica. No entanto, é mais do que apenas uma cidade para os alunos. 

Maastricht é um excelente destino gastronômico, com inúmeros cafés e vários restaurantes. Em agosto, a cidade abriga o Preuvenemint, o maior festival gastronômico do país. Além da comida, Maastricht também tem uma disputa com Nijmegen pelo título de cidade mais antiga da Holanda. 

Isso significa que durante o verão europeu você pode explorar os marcos históricos da cidade com menos pessoas ao redor. Não deixe de visitar as muralhas medievais de Maastricht, o Forte Sint Pieter e a Basílica de São Servácio. Outras dicas de passeio são os bunkers subterrâneos da cidade e a praça do mercado.

Rennes, França

Verão-Europeu: Rennes

Um dos programas mais imperdíveis de Rennes é caminhar por suas ruas encantadoras.

Lar de duas universidades renomadas da França, Rennes é uma cidade com um grande número de estudantes e uma famosa e vibrante vida noturna. Esse lado de Rennes, no entanto, coexiste perfeitamente com outras facetas mais boêmias e culturais, com muitos cafés e museus para visitar.

Quando o verão chega, boa parte da população vai para a praia. Enquanto isso, os estudantes voltam para as suas cidades, em férias. Assim, a atmosfera se torna perfeita para um passeio tranquilo pela cidade. Caminhe pelas ruas medievais e admire seus inúmeros edifícios históricos, entre os quais a Basílica de Saint Sauveur e a praça da Prefeitura, por exemplo. 

Você também pode desfrutar de um passeio ao longo do rio, atravessando sua ponte levadiça no processo e, em seguida, seguir para o Parc du Thabor. Por lá, você pode sentar e respirar um pouco de ar fresco.

Agora com essas dicas, é só fazer as malas e ir aproveitar o verão europeu! Se você quiser passar mais tempo por lá, nossa mentoria pode te ajudar a conseguir uma oportunidade no Velho Continente. Faça agora mesmo o seu teste de perfil clicando aqui e junte-se ao nosso time de mentorados!  


Matheus Tomoto

Matheus Tomoto

Estudou em escola pública, aprendeu inglês sozinho em 3 meses, foi aceito nas 10 melhores faculdades dos Estados Unidos, trabalhou no MIT (melhor faculdade de tecnologia do mundo), é embaixador da Youth Assembly no Brasil, recebeu proposta da NASA e é ex-fellow de HARVARD. É escritor, palestrante e mentor de pessoas que desejam buscar sua oportunidade no exterior.