Todo viajante solitário de primeira viagem corre o risco de cometer erros que podem prejudicar sua experiência solo. São coisas que podem ser evitadas com mudanças de atitudes e posicionamentos simples. Para te ajudar com isso separamos 6 erros para evitar quando viajar sozinho.

Não fique sem dinheiro

Parece muito óbvio mas é mais comum do que você pode imaginar. Não ter dinheiro no bolso e nenhuma maneira de obtê-lo é um problema para qualquer viajante, principalmente para os que viajam sozinhos. Pedir ajuda a estranhos, dormir em um banco ou qualquer plano improvisado de última hora pode ser viável quando se viaja com outras pessoas. Mas sozinho já não é tão fácil assim. Então sempre tenha um dinheiro reservado para emergências e imprevistos.

Não deixe de descobrir o que você quer fazer sozinho

Viajar sozinho é uma boa desculpa para conhecer pessoas pelo caminho. Mas ainda assim é muito bom separar alguns momentos para viver experiências totalmente solo. Afinal foi pra isso que você decidiu viajar sem companhia certo? Você pode usar essas horas em que estiver totalmente só para fazer coisas de seu interesse que talvez não despertem a mesma paixão em outras pessoas.

Não ignore potenciais perigos

O mundo não é um lugar 100% seguro e perfeito. E quando estamos sozinhos ficamos sim mais vulneráveis. A maior dica aqui é: se o seu instinto diz que algo está errado escute-o.  Quando estiver caminhando na rua não baixe a guarda totalmente. Esse é um dos erros para evitar quando viajar sozinho que mais precisa ser levado a sério. Mas muitas pessoas esquecem completamente e acabam sendo passadas pra trás.  Óbvio que você pode sim relaxar, afinal está viajando para isso. Mas não seja ingênuo de achar que todos ao seu redor estarão fazendo o mesmo que você.

Não se sobrecarregue

Se sobrecarregar demais pode ser um banho de água fria na sua tentativa de  viajar para relaxar e se desligar por algum tempo dos seus problemas cotidianos. Você será o responsável pelo planejamento e execução de todas as tarefas rotineiras da viagem. E se você deixar isso tomar conta do seu tempo, a sua ideia de se deixar levar pela experiência de estar sozinho pode ser minada.

Não deixe o relógio te comandar

Outro grande benefício de viajar sozinho é que você é o único responsável por definir seu cronograma e principalmente seu ritmo de viagem. Essa pode ser uma das poucas vezes em sua vida que você decide a que horas se levantar, a que horas comer, a que horas dormir, quando tem que se apressar e quando pode ir com mais calma. O seu tempo durante a sua viagem será só seu. Certifique-se de honrá-lo.

Esses erros para evitar quando viajar sozinho são na verdade bem simples de serem resolvidos. Mas pode ter certeza que essa vai ser uma experiência quase impossível de esquecer, mesmo com os perrengues que acontecerão. Se você ainda não se sente confiante para encarar essa aventura se prepare com o apoio de uma mentoria especializada no assunto.

 

 

 

 

 

 

Matheus Tomoto

Matheus Tomoto

Estudou em escola pública, aprendeu inglês sozinho em 3 meses, foi aceito nas 10 melhores faculdades dos Estados Unidos, trabalhou no MIT (melhor faculdade de tecnologia do mundo), representa o Brasil na Delegação Brasileira de Jovens da ONU, recebeu proposta da NASA e atualmente trabalha como pesquisador em HARVARD. É escritor, palestrante e mentor de pessoas que desejam buscar uma oportunidade no exterior.

Leave a Reply