Na Universidade de Wisconsin-Madison, uma das 10 melhores do Meio-Oeste americano, tanto os alunos ingressantes quanto os veteranos podem pesquisar e explorar todas as bolsas oferecidas pela instituição através do Wisconsin Scholarship Hub (WiSH), uma plataforma de busca exclusiva da instituição.

No entanto, a maior parte dessas bolsas não é concedida automaticamente, o que significa que o estudante deve se inscrever na oportunidade de interesse através dessa plataforma. Os prazos variam de uma bolsa para outra, mas a maioria delas conta com uma data limite de aplicação no início de fevereiro de cada ano. E a boa notícia é que é possível filtrar as oportunidades de acordo com a área de formação e interesses de cada estudante.

Dentre essas oportunidades, duas se destacam e podem ser requeridas por estudantes brasileiros: o King-Morgridge Scholars Program e a Latin American Scholarschip. Conheça mais sobre elas abaixo!

Universidade-de-Wisconsin
Prédio de Agricultura da Universidade de Wisconsin-Madison (Foto: James Steakley)

King-Morgridge Scholars Program

O King-Morgridge Scholars Program é um programa de bolsas para jovens empreendedores, criativos e dedicados, comprometidos em aplicar seus talentos no combate à pobreza. Dessa forma, os candidatos são selecionados com base em seu empenho, sucesso acadêmico e compromisso em abordar as questões da pobreza em seus próprios países. São elegíveis estudantes do Sul e Sudeste Asiático, África, América Latina e Caribe.

Os seis bolsistas selecionados todos os anos recebem uma bolsa de estudos em tempo integral com duração de 8 semestres (4 anos), que inclui mensalidades e taxas acadêmicas, seguro saúde, passagens aéreas, hospedagem e alimentação no campus, além de um auxílio mensal para despesas.

Vale lembrar que só são elegíveis os estudantes que estiverem em seu primeiro curso de graduação.

Para se candidatar para essa bolsa, o interessado deve fazer duas aplicações: uma para a universidade e outra para o programa através da plataforma WiSH. Depois disso, os candidatos são avaliados por um comitê especial.

Latin American Scholarschip

Já a Latin American Scholarschip, como o próprio nome diz, é um programa exclusivo para estudantes latino-americanos (e também do Caribe) que concede um auxílio único de até 14 mil dólares para os candidatos selecionados.

Assim como no programa King-Morgridge, aqui também é necessário estar na primeira graduação. Além disso, os interessados devem se aplicar para começar os estudos na Universidade de Wisconsin-Madison no semestre de outono.

Essa bolsa não exige uma inscrição separada. Isso porque os selecionados são indicados pela própria universidade com base no conteúdo do seu formulário de aplicação. A notificação do recebimento da bolsa é feita por e-mail geralmente até o final do mês de março.

Vale a pena estudar na Universidade de Wisconsin-Madison?

Com toda certeza, sim! A Universidade de Wisconsin-Madison é a 21ª melhor instituição de ensino superior dos Estados Unidos e 65ª no mundo, de acordo com o QS World University Rankings 2021.

A instituição se destaca especialmente em programas nas áreas de Geografia, História, Engenharia Química, Agricultura, Comunicação e Estudos de Mídia, Educação e Sociologia, ficando no TOP 20 mundial em todas esses campos.

Universidade do Intercâmbio

Ficou com vontade de estudar na Universidade de Wisconsin-Madison? Então o segredo para conquistar a sua vaga é se preparar o mais rápido possível. E nós podemos te ajudar a realizar esse sonho através da nossa mentoria especializada. Clique aqui e faça agora mesmo o nosso teste de perfil!


Rafael Cerqueira

Rafael Cerqueira

Jornalista de 26 anos que adora viajar. Baiano que já viveu em Minas, em São Paulo, em Portugal e na Argentina. Conhece 26 países e tem o sonho de conhecer muito mais. Acredita que o mundo é grande demais e o tempo muito curto pra ficarmos parados sempre no mesmo lugar.