BOLSAS IDIOMAS PROVAS UNIVERSIDADES INSPIRAÇÃO TESTES RESUMÃO DA SEMANA MUNDO ESTUDAR FORA TRABALHAR FORA NOTÍCIAS

10 melhores universidades da Espanha

A Espanha é referência mundial em várias áreas de estudo, como Comunicação, Computação, Engenharia e Ciências da Saúde. E a melhor parte é que, mesmo não sendo um país tão grande (mas que abriga cerca de 47 milhões de pessoas), por lá você encontra várias universidades renomadas.

As instituições são reconhecidas inclusive a nível internacional. E é por isso mesmo que estudos apontam que é a terceira nação mais buscada para um intercâmbio pelos alunos internacionais. 

Para te ajudar a escolher onde fazer seu intercâmbio no país, listamos aqui as melhores universidades da Espanha de acordo com a mais recente edição do QS World University Rankings. Essa é uma lista de grande importância e que analisa centenas de instituições por todo o mundo. Já adiantamos por aqui que grande parte dessas universidades estão em Madrid e Barcelona: grandes cidades espanholas. Confira!

Espanha tem ótimas universidades(Jorge Fernández Salas/Unsplash)

1. Universidade Autônoma de Barcelona

Posição no Ranking da QS: 178.º

A Universidade Autônoma de Barcelona é, hoje em dia, considerada a melhor da Espanha. A instituição, na última pesquisa, ultrapassou a Universidade de Barcelona e a Universidade Autônoma de Madrid. 

Essa instituição de ensino é conhecida por sua excelência em pesquisa e qualidade de ensino. Ela está localizada a apenas 25 minutos do centro da cidade de Barcelona, e o acesso até lá a partir do centro pode ser feito através de transporte público. O campus principal fica em Bellaterra, no coração de um dos principais polos industriais e tecnológicos da Europa mediterrânea. 

O campus da instituição tem todos os serviços necessários para a comunidade universitária. Sendo assim, lá você encontra residências (2.100 lugares), bibliotecas especializadas, um centro de aprendizado de idiomas, instalações esportivas (com academia, piscinas, campo de futebol etc.), centro de saúde, restaurantes, lojas e cafés.

2. Universidade de Barcelona

Posição no Ranking da QS: 184.º

A Universidade de Barcelona já foi  a primeira entre as melhores universidades da Espanha. Mas neste ano, ocupa a segunda posição - ainda muito bem colocada entre as 200 melhores universidades de todo o mundo.

Fundada em 1450, tem hoje 16 centros ​​agrupados em 6 campi principais espalhados pela cidade e completamente integrados à vida urbana.

Sendo uma das maiores universidades do país, a Universidade de Barcelona recebe anualmente mais de 44 mil estudantes de graduação e quase 19 mil de mestrado, pós-graduação e doutorado. Além disso, quase 15% dos estudantes são estrangeiros de mais de 122 nacionalidades diferentes.

Como instituição pública, a Universidade de Barcelona ​​foca na excelência acadêmica, se comprometendo em treinar e preparar profissionais, pesquisadores, empreendedores e líderes com capacidade para trabalhar em qualquer lugar do mundo. A instituição possui também mais de 2.800 acordos internacionais, incluindo parcerias com 82 das 200 melhores universidades do planeta.

 

 

 

3. Universidade Autônoma de Madrid

Posição no Ranking da QS: 215.º

A Universidade Autônoma de Madrid é a primeira da capital espanhola na lista. Em comparação, a instituição caiu uma posição no ranking mais atual da QS, mas ainda segue muito bem classificada.

Fundada em 1968, a Universidade Autônoma de Madrid oferece uma ampla gama de cursos, organizados em oito escolas, além de vários centros afiliados, como a Escola Universitária de Enfermagem da Cruz Vermelha e a Escola de Fisioterapia ONCE.

Com mais de 25 mil estudantes e 3 mil funcionários acadêmicos, a instituição possui dois campi: a Faculdade de Medicina, próxima ao Hospital La Paz de Madrid, e o Campus Cantoblanco, situado 15 km ao norte da capital. 

Além da grande oferta de estudos, a instituição possui um plano de empregabilidade e inúmeros acordos com outras instituições. Dessa forma, áreas de excelência em pesquisa na universidade como Matemática, Nanotecnologia e Física Teórica, ganharam reputação internacional de prestígio.

Madrid tem algumas das melhores universidades(Jorge Fernández Salas/Unsplash)

4. Universidade Complutense de Madrid

Posição no Ranking da QS: 226.º

A Universidade Complutense de Madrid (UCM) é uma das instituições de ensino superior mais antigas do mundo. Ela foi fundada em 1293 e se tornou a maior universidade da Espanha, com 90 cursos, mais de 170 programas de mestrado e outros mais de 170 núcleos de pós-graduação. Por lá, todas as aulas são ministradas em espanhol, mas existem vários grupos de estudo em inglês.

Sediada no coração da capital espanhola, a UCM se beneficia de excelentes conexões de transporte, e os seus estudantes podem desfrutar da incrível cena artística e vida noturna da capital espanhola (sem esquecer dos estudos, é claro!). Além disso, a UCM possui um corpo discente muito diversificado, com 80 nacionalidades representadas no campus, em parte graças a acordos com universidades no exterior.

5. Universidade Pompeu Fabra

Posição no Ranking da QS: 233.º

A Universidade Pompeu Fabra também fica em Barcelona e foi fundada no ano de 1990. Ou seja, mesmo sendo uma instituição relativamente nova, já conquistou ótimos índices de qualidade acadêmica dentro e fora da Espanha. Os destaques da universidade estão, principalmente, nos campos do Direito, Economia e Ciências Políticas. 

A instituição é dividida em três campi, cada um deles focados em uma área de conhecimento específica. No campus Ciutadella ficam os cursos de Ciências Sociais e Humanidades, enquanto no campus Mar estão localizadas as instalações de Ciências da Saúde e da Vida. Já no campus Poblenou se concentram os programas de Ciências da Comunicação. 

A UPF, como também é conhecida, tem aproximadamente 590 professores, 670 funcionários administrativos e 9950 alunos de graduação e 2600 alunos de pós-graduação. 

6. Universidade de Navarra

Posição no Ranking da QS: 253.º

A Universidade de Navarra é a primeira instituição da nossa lista de melhores universidades da Espanha que não está sediada nem em Madrid e nem em Barcelona. Quase todas as instalações principais dessa universidade ficam em Pamplona, uma cidade de cerca de 320 mil habitantes em sua região metropolitana.

Mas a Universidade de Navarra também se faz presente nas duas maiores cidades do país através da sua escola de Negócios, a IESE Business School, que tem unidades em Barcelona, Madrid, Munique (na Alemanha), Nova York e até em São Paulo. Já a Escola de Engenharia da universidade fica na cidade de San Sebastián. 

A Universidade de Navarra tem cerca de 11.180 alunos, sendo 1.758 internacionais. Desse total, 8.636 estão matriculados em programas de bacharelado, 1.581 são alunos de mestrado e 963 fazem programas de doutorado. 

 

 

7. Universidade Carlos III de Madrid

Posição no Ranking da QS: 320.º

A Universidad Carlos III de Madrid subiu duas posições na última avaliação das melhores instituições espanholas. E esse é um destino bastante buscado pelos alunos estrangeiros. É que essa é outra instituição que tem a internacionalização como foco.

Por lá são oferecidos uma ampla variedade de programas de mestrado e bacharelado em inglês e quase 20% dos seus 20 mil alunos são internacionais. Além disso, também é a primeira universidade da Espanha e a terceira da Europa em número de alunos participantes nos programas de intercâmbio estudantil  do Erasmus.

A universidade é reconhecida internacionalmente principalmente no campo de Negócios, em particular Economia, área onde é regularmente classificada como uma das 50 melhores universidades do mundo. Também tem destaque nos campos de Direito, Ciências Política, Estudos Internacionais, Jornalismo, Contabilidade e Engenharia Biomédica. 

Apesar de levar o nome de Madrid, o campus principal da instituição fica em Getafe, uma cidade que faz parte da região metropolitana da capital espanhola. Já a sua escola de Engenharia está localizada em Leganes, outra cidade da região metropolitana de Madrid. Por fim, os outros dois campi da universidade ficam em Colmenarejo (uma cidade a cerca de 40 quilômetros de Madrid) e na região de Puerta de Toledo, bem no coração da capital da Espanha.

Catalunha tem ótima universidade(Carles Rabada/Unsplash)

8. Universidade Politécnica da Catalunha

Posição no Ranking da QS: 343.º

Mais uma representante de Barcelona na lista, a Universidade Politécnica de Catalunha é a maior universidade com foco em Engenharia em toda a Catalunha. Mas a BarcelonaTech, como é conhecida, também oferece programas em outras áreas, como Arquitetura e Matemática.

Com um foco muito grande em internacionalização, a UPC é uma das universidades técnicas da Europa com o maior número de alunos internacionais de PhD e a que tem a maior proporção de alunos internacionais em programas de mestrado. 

Fundada em 1971, a instituição também tem outros campi menores em diversas cidades da região, como Sant Cugat del Vallès, Castelldefels, Terrassa, Manresa, Igualada, Mataró e Vilanova i la Geltrú.

Ao todo, a instituição é subdividida em 18 escolas e tem aproximadamente 3000 funcionários (entre professores e técnicos administrativos) e mais de 30 mil alunos. 

9. Universidade IE

Posição no Ranking da QS: 347.º

Fundada em 1973, a Universidade IE é uma instituição que oferece programas ministrados em espanhol e inglês e tem campi em duas cidades da Espanha: Madrid e Segóvia. Tem, aproximadamente, 7 mil alunos e 850 professores.

A IE oferece programas de bacharelado e mestrado nas seguintes áreas: Negócios, Gestão, Finanças, Economia, Marketing, Comunicação, Vendas, Tecnologia, Ciência de Dados, Design, Arquitetura, Direito, Relações Internacionais, Políticas Públicas, Liderança, Desenvolvimento Humano e Ciências do Comportamento. 

10. Universidade Politécnica de Valência 

Posição no Ranking da QS: 400.º

Localizada em Valência, a terceira maior cidade do país, a Universidade Politécnica de Valência é uma instituição fundada em 1968. Com foco em Ciência e Tecnologia, a universidade tem três campi. O principal deles fica em Valência e os demais nas cidades de Gandia e Alcoy, ambas dentro da região conhecida como Comunidade Valenciana

Com cerca de 37800 alunos, a UPV oferece 48 programas de bacharelado e mestrado e 81 programas de doutorado em áreas como Negócios, Ciências da Computação, Engenharia Civil, Arquitetura, Engenharia Industrial, Engenharia de Telecomunicações, Cartografia e Enologia. 

Outras boas universidades da Espanha

Essas 10 instituições são consideradas como as 10 melhores universidades da Espanha. Como vimos, existe alguma variação na lista, com as instituições caindo ou subindo algumas posições. Apesar disso, são excelentes universidades, reconhecidas de forma mundial. 

Todas as 10 estão entre as 400 melhores de todo o mundo,  mas não são as únicas boas instituições de ensino superior do país. Por isso, se você sonha em estudar por lá, também fique de olho nessas universidades:

  •  Universidade Politécnica de Madrid (488.ª posição);
  •  Universidade de Granada (494.ª posição);
  • Universidade de Alcalá (511-520);
  • Universidade de Zaragoza (551-560); 
  • Universidade de Sevilha (561-570);
  • Universidade de Valência (571-580);
  • Universidade Pontifícia Comillas (601-650);
  • Universidade de Salamanca (601-650);
  • Universidade Ramon Llull (651-700);
  • Universidade do País Basco (701-750)
  • Universidade de Santiago de Compostela (751-800);
  • Universidade Rovira i Virgili (751-800).

Essas são instituições de ensino que têm bastante renome no exterior. Todas essas que trouxemos aqui tem uma pontuação no ranking das melhores e foram classificadas entre as 800 mais importantes do mundo. E, além disso, uma oportunidade de estudar fora do Brasil pode ser uma grande chance de crescer profissionalmente e ter um diferencial no seu currículo.

Até mesmo quem já se graduou pode buscar uma pós-graduação ou uma especialização internacional: a experiência acrescenta muita bagagem de vida e em relação a outras culturas. Especialmente, quando falamos de Espanha, esse é o destino ideal para quem quer fortalecer o idioma espanhol (que conta com 538 milhões de falantes em todo o planeta)!

Como escolher meu destino de intercâmbio? 

Para quem quer embarcar para o exterior para estudar, conhecer as melhores instituições de ensino do mundo tem um grande peso na escolha do destino. Além da qualidade da educação, vale a pena considerar as possibilidades de bolsa de estudos, seu domínio do idioma e também a qualidade de vida do país para definir qual será o país escolhido.

E agora que você já sabe quais são as melhores universidades da Espanha, que tal começar a se preparar para realizar o seu sonho de estudar por lá? A organização da aplicação e dos documentos fundamentais para a aprovação são pontos-chave para um intercâmbio de graça ou até mesmo com remuneração. E para te ajudar a chegar lá, conte com os nossos mentores especializados! Clique aqui e faça seu teste de perfil agora mesmo.  

 *Texto escrito por Rafael Cerqueira (2019) e atualizado por Elaine Maciel (2022).

Posts relacionados

Elaine Maciel
AUTOR

Jornalista mineira que veio de Baependi – uma cidade de 20 mil habitantes, e sempre quer ampliar seus horizontes. Do interesse em livros, séries e culturas diferentes, veio a vontade de conhecer, escrever e informar.

07 Jul 2022

Postagens recentes
10 bolsas de estudos no Reino Unido

Existem diversas bolsas de estudos no Reino Unido, tanto para graduação quanto pós-graduação. Confira algumas delas com a gente!

Ana Resende Quadros
09 Ago 2022