Se receber uma bolsa de estudos já é bom, conseguir uma em que você pode decidir o destino é ainda melhor. E elas existem! 

Podemos afirmar que existem alguns tipos principais:

  • bolsas que você pode escolher qualquer país (e a instituição vai aprovar o destino);
  •  bolsas de estudos que são válidas para vários países e você pode escolher qual tem mais interesse;
  • e as bolsas de estudos que são exclusivas para um país ou universidade já pré-determinados. 

Por isso, listamos aqui 4 bolsas de estudos sem destino definido e que são válidas para brasileiros, viu?! Elas são muito incríveis! Está preparado(a)? Então dá só uma olhada nessas oportunidades: 

Bolsas para estudar em qualquer país

Essas bolsas são voltadas para estudar em quase todos os países. Mas apesar de toda essa liberdade de escolha, é importante lembrar que a instituição que oferece a bolsa pode aprovar ou não o destino. 

Também vale ter em mente que pode ser que seja preciso escolher um país de uma lista de nações parceiras da bolsa de estudos. Então, fique de olho e lembre-se sempre de conferir o edital com atenção. 

E, se quiser contar com quem mais entende de intercâmbio no Brasil, conheça a Escola M60, que tem centenas de aulas para te ajudar a conquistar a oportunidade fora do país. 

Rotary Foundation Global Scholarship Grants

O Global Grants do Rotary Foundation tem bolsas de estudos entre 30 mil e 400 mil dólares que podem arcar com as despesas do estudante! Além de anuidades, o dinheiro pode ser usado para emitir o visto e o passaporte, pagar as passagens aéreas e até mesmo livros, alojamento e alimentação. 

Ou seja, essa é uma bolsa de estudos bastante completa. Já a duração da bolsa para estudo ou pesquisa no exterior pode ser de um a quatro anos, dependendo do projeto. É que ela vale tanto para estudos de pós-graduação, quanto para projetos humanitários. 

O objetivo principal é fortalecer a comunidade, por meio de parcerias globais. E, por isso, essa bolsa não vale para quem quer estudar no seu próprio país. 

Um dos critérios para ser bolsista é ter interesse em estudar no exterior e essa bolsa vale para qualquer lugar do mundo que tenha um clube Rotary. Ou seja, o aluno pode escolher o destino e, a partir daí, elaborar um projeto humanitário e aplicar para a bolsa de estudos.

Conheça os detalhes da aplicação e as dicas para ter sucesso nessa bolsa aqui.  

Bolsas para estudar em países selecionados

No caso dessas bolsas, você não tem tanta liberdade de decisão. Ou seja, você pode escolher para onde vai, mas com base em uma lista de países já definidos. 

Mas ainda assim, são ótimas opções. E são super válidas para quem quer ir pra fora e ainda não se decidiu sobre um país em específico. 

Intercâmbios pelo mundo para brasileiros(Pixabay/Pexels)

Joint Japan World Bank Scholarships

O programa de bolsas Joint Japan World Bank Scholarships patrocina estudantes de países em desenvolvimento para cursar um mestrado em universidades selecionadas e parceiras em todo o mundo. 

A bolsa é bastante completa e cobre mensalidades, uma remuneração mensal, passagem aérea de ida e volta, seguro de saúde e subsídio de viagem.

É fundamental ter em mente que as universidades parceiras mudam de acordo com o ano do programa. Só para se ter uma ideia, algumas das instituições participantes com bolsas de estudos para fevereiro de 2023, são:

  • Johns Hopkins, com mestrado em Saúde Pública;
  • Universidade de Birmingham, com mestrado em Conflito, Construção do Estado e Desenvolvimento;
  • Universidade da Califórnia em Berkeley, mestrado em Prática de Desenvolvimento;
  • Universidade de Hong Kong, com mestrado em Desenho Urbano; 
  • Universidade de Wisconsin-Madison, com Estudos de Políticas Educacionais;
  • Vrije Universiteit (Universidade Livre de Amsterdã), com mestrado em Saúde Pública (KIT). 

📍 Leia também: Quais são os melhores países para fazer intercâmbio em 2023?

Wells Mountain Foundation Scholarships for Developing Countries

A Wells Mountain Foundation é uma fundação de caridade sediada em Bristol, nos EUA. Ela financia bolsas de estudos para estudantes de países em desenvolvimento ou em situação de extrema pobreza. 

O interessado pode pode estudar tanto uma universidade de sua escolha em seu país de origem quanto em outro país em desenvolvimento. O valor médio da bolsa é de 1.400 dólares, que pode ser usado para mensalidades e taxas, livros e materiais, e outros custos do estudante.

Essa bolsa vale para alunos que vão cursar sua primeira graduação, seja licenciatura ou bacharelado e vai valer por todos os anos de graduação. 

A cada ano novos bolsistas são selecionados. O calendário acontece entre 1.º de abril (prazo final de aplicação) e 1.º de agosto (data do resultado final).  devem ser recebidas até 

Para concorrer, é preciso escrever uma redação (cujo tema é definido todos os anos no formulário de inscrição), além de cartas de recomendação e notas do ensino médio. 

Conheça os melhores tipos de intercâmbio e como conquistá-los

Além desses intercâmbios que deixam o país de destino “em aberto”, outras oportunidades são ótimas e definem onde será essa experiência! Por isso, vale também se atentar aos tipos de bolsas de estudos.

No exterior, existem bolsas para esportistas, para alunos com boas notas, para intercambistas de perfil de liderança, dentre muitas outras. Assim sendo, além do destino, fique atento no perfil de cada bolsa de estudos para saber qual é a ideal para você. 

Agora ficou fácil né? Com essa lista de bolsas de estudos sem destino definido é só escolher para onde ir! Mas, para isso, é preciso se preparar antes. 

Quem pode fazer a diferença para te apresentar os melhores intercâmbios, bem como te preparar para a aprovação é a Escola M60. Você terá suporte de 8h às 0h. Faça agora mesmo o seu teste de perfil clicando aqui e junte-se ao nosso time!

*Texto escrito por Matheus Tomoto (2019) e atualizado por Elaine Maciel (2022).