BOLSAS IDIOMAS PROVAS UNIVERSIDADES INSPIRAÇÃO TESTES RESUMÃO DA SEMANA MUNDO ESTUDAR FORA TRABALHAR FORA NOTÍCIAS

Quais são as melhores universidades da Hungria?

A Hungria é um país do leste europeu com mais de 9 milhões de habitantes. Apesar de a língua oficial da nação ser o húngaro, é muito comum encontrar cursos sendo ministrados em inglês. E além disso, por lá existem ótimas bolsas de estudos (como as do programa Stipendium Hungaricum)!

Por esses e outros motivos, são muitas as vantagens de estudar em terras húngaras. Essa é uma excelente oportunidade para viver, estudar e até mesmo trabalhar em um país com uma economia em expansão na Europa.

E para que você conheça mais sobre as melhores opções de intercâmbio na Hungria, preparamos esse artigo com as universidades mais reconhecidas do país! Os dados são baseados na edição mais recente do ranking QS World University, desenvolvido pela Quacquarelli Symonds, do Reino Unido.

melhores universidades da Hungria(I Do Nothing But Love/Unsplash)

Quais os critérios para definir as melhores universidades da Hungria? 

A listagem do QS Ranking leva em consideração alguns critérios para definir quais são as melhores universidades do mundo. Dentre eles, podemos destacar: 

  • Reputação acadêmica;
  • Impacto no mercado de trabalho;
  • Proporção de professores por alunos;
  • Menções do corpo docente;
  • Quantidade proporcional de professores internacionais; 
  • Proporção de estudantes internacionais.

São centenas de instituições de ensino de todo o mundo analisadas anualmente com base nesses requisitos. Na Hungria, 11 universidades foram classificadas no ranking, das cerca de 65 instituições de ensino superior do país. Vamos conhecer mais sobre as 11 melhores universidades da Hungria a seguir. 

11 melhores universidades da Hungria 

Com toda certeza, conquistar um diploma em uma universidade húngara é uma oportunidade única! Além de aproveitar uma experiência internacional na Europa, as faculdades da Hungria são muito reconhecidas em terras europeias e em todo o mundo. 

1. Universidade de Szeged

Considerada a melhor da Hungria, em primeiro lugar na nossa lista está a Universidade de Szeged. Ela é reconhecida entre as 600 melhores do mundo pelo mais recente ranking QS, ocupando exatamente a posição 551-560.  

A Universidade de Szeged (SZTE) foi fundada em 1581 e está situada na cidade mais ensolarada do país europeu: Szeged. A localização da instituição é bastante privilegiada, porque essa é a capital do condado de Csongrád-Csanád e a terceira maior cidade do país.

São aproximadamente 20 mil estudantes na instituição, além de 8 mil funcionários. São 12 faculdades:

  • Agricultura;
  • Humanidades e Ciências Sociais;
  • Odontologia; 
  • Economia e Administração de Negócios; 
  • Engenharia;
  • Ciências da Saúde e Estudos Sociais; 
  • Direito e Ciências Políticas;
  • Escola de Medicina Albert Szent-Györgyi; 
  • Faculdade de Artes Bartók Béla;
  • Farmácia;
  • Ciências e Informática; 
  • Faculdade de Educação Juhász Gyula.

Vale destacar ainda que professores relevantes já trabalharam na Universidade, incluindo o premiado com Nobel, Albert Szent-Györgyi.

2. Universidade de Debrecen 

A segunda melhor universidade da Hungria é a Universidade de Debrecen, localizada na cidade de mesmo nome. Ela está entre as 651-700 das mais renomadas do planeta, também de acordo com o ranking QS. 

Como universidade de pesquisa, a Universidade de Debrecen tem grande relevância em oferecer ensino superior agrícola e possui institutos de pesquisa agrícola no país europeu. Por lá, são mais de 80 programas de graduação ensinados em inglês, distribuídos em 14 faculdades. 

No total, são cerca de 28 mil estudantes, dos quais 6.297 são internacionais. Sobre a localidade, ela está na segunda maior cidade do país, apenas atrás de Budapeste. Além desse cenário atual bastante relevante, a instituição tem anos de história: foi fundada em 1.538.  

3. Universidade Eötvös Loránd 

A Universidade Eötvös Loránd (ELTE) é a terceira melhor universidade da Hungria. A instituição, que surgiu em 1.635, está localizada em Budapeste, capital da nação europeia e maior cidade húngara. Na ELTE, são 9  faculdades, que contam com 60 programas de graduação em línguas estrangeiras:

  • Escola de Direito;
  • Escola de Ciências Sociais;
  • Faculdade de Psicologia e Educação; 
  • Faculdade de Informática; 
  • Faculdade de Economia; 
  • Faculdade de Educação Primária e Pré-escolar;
  • Faculdade de Ciências;
  • Faculdade de Humanidades;
  • Faculdade de Necessidades Especiais na Educação. 

No total, são mais de 24 mil alunos, sendo que aproximadamente dois mil deles são estrangeiros vindos de 80 países diferentes. Na classificação mundial, a ELTE está em 701-750 na avaliação das melhores universidades.

4. Universidade de Pécs

A quarta universidade húngara mais bem colocada no ranking da QS é a Universidade de Pécs, situada na cidade de mesmo nome. A instituição está na posição 701-750 entre as mais bem avaliadas do planeta. Chama a atenção que essa foi a primeira instituição de ensino superior do país, fundada em 1.367.

Os estudos por lá acontecem nas seguintes faculdades: 

  • Faculdade de Negócios e Economia;
  • Faculdade de Ciências Culturais, Educação e Desenvolvimento Regional;
  • Faculdade de Engenharia e Tecnologia da Informação;
  • Faculdade de Ciências da Saúde;
  • Faculdade de Humanidades e Ciências Sociais;
  • Faculdade de Direito;
  • Faculdade de Música e Artes Visuais;
  • Faculdade de Farmácia;
  • Faculdade de Ciências;
  • Escola de Medicina. 

A Universidade de Pécs também conta com programas de estudo em inglês, desenvolvidos há mais de 30 anos, e outros em alemão com tradição de mais de 10 anos. São mais de 4.000 estudantes internacionais de cerca de 100 países. 

Budapeste tem boas universidades(Budapeste/Elijah G/Unsplash)

5. Universidade de tecnologia e economia de Budapeste 

A quinta melhor universidade da Hungria é a segunda da lista a estar localizada na capital, Budapeste. Em todo o mundo, a instituição está ranqueada na posição 801-1000.  Essa é a universidade de tecnologia mais relevante da Hungria e também é considerada o mais antigo instituto de tecnologia do mundo. 

Por lá, os mais de 21 mil estudantes (dos quais mais de 1.300 são internacionais) podem cursar:

  •  Faculdade de Engenharia Civil;
  • Faculdade de Engenharia Mecânica;
  • Faculdade de Arquitetura;
  • Faculdade de Tecnologia Química e Biotecnologia;
  • Faculdade de Engenharia Elétrica e Informática;
  • Faculdade de Engenharia de Transportes e Engenharia de Veículos;
  • Faculdade de Ciências Naturais;
  • Faculdade de Ciências Econômicas e Sociais.

6. Universidade Szent Istvan 

Com seu campus principal localizado na cidade de Gödöllő, a Universidade Szent Istvan está entre as mil melhores do mundo. De acordo com o ranking da QS, ela se posiciona exatamente entre 801-1000. 

Outros campi da 6.ª melhor universidade da Hungria ficam em Budapeste e nas cidades de Kaposvár e Keszthely, totalizando aproximadamente 15 mil alunos.

Já em relação às faculdades, a instituição conta com:

  • Faculdade de Ciências Alimentares;
  • Faculdade de Ciências de Horticultura;
  • Faculdade de Arquitetura, Paisagismo e Urbanismo;
  • Faculdade de Ciências Agrícolas e Ambientais;
  • Faculdade de Economia e Ciências Sociais;
  • Faculdade de Engenharia Mecânica;
  • Faculdade Károly Róbert de Ciências Agrárias. 

7. Universidade Szechenyi Istvan (Universidade de Gyor)

A Universidade Széchenyi István está localizada nas cidades de Gyor e Mosonmagyaróvár na Hungria. Hoje em dia, ela está como a sétima melhor instituição do país. No cenário mundial, fica classificada na posição 801-1000. 

Essa universidade foi fundada em 1968. De lá para cá, foi construída uma excelente reputação em engenharia elétrica e mecânica, suas principais áreas de formação. Até mesmo por isso, essa instituição tem uma parceria especial com a montadora alemã Audi.

Mas além das engenharias, outras faculdades são renomadas. E a universidade se revela uma grande chance para estudantes estrangeiros, pelo seu compromisso com a internacionalização. Desde setembro de 2019, são oferecidos 24 programas ministrados em inglês em todos os níveis acadêmicos. Os programas internacionais para bacharelado incluem:

  • Engenharia de Veículos;
  • Engenharia Logística;
  • Engenharia Civil; 
  • Engenharia Agrícola; 
  • Engenharia de Alimentos; 
  • Administração e Gestão de Negócios; e
  • Relações Internacionais.

 

 

 

8. Universidade Corvinus de Budapeste

Com suas origens em 1920, a Universidade Corvinus de Budapeste (também conhecida como Közgáz) é mais uma instituição de renome na Hungria. De acordo com os estudos mais recentes, ela está em oitavo lugar no país e entre as 1001-1200 de todo o planeta. 

Atualmente, são mais de 10 mil estudantes. Desses, cerca de 1.391 são estrangeiros de 88 países. As áreas que mais se destacam na instituição são: economia, sociologia e negócios. São 6 programas de graduação e 12 de pós-graduação em inglês, além de cerca de 30 deles na língua húngara. 

9. Universidade de Miskolc

Mais uma universidade húngara está entre as melhores 1200 de todo o mundo. Em 9.º lugar das melhores da Hungria, está a Universidade de Miskolc, situada na cidade de mesmo nome. São mais de 10 mil estudantes cursando graduação e pós-graduação. 

Essa é uma universidade pública e ainda é a maior universidade do Norte da Hungria. A universidade de Miskolc foi fundada, de forma oficial, em 1949, mas vale lembrar que tem suas origens na Universidade de Mineração e Metalurgia de Selmecbánya estabelecida em 1735. Hoje no ranking QS, está na posição 1001-1200. 

As escolas dessa instituição são:

  • Ciências da Terra e Engenharia;
  • Ciência e Engenharia de Materiais;
  • Engenharia Mecânica e Informática;
  • Direito e Leis;
  • Economia;
  • Artes;
  • Ciências da Saúde;
  • Música.

 

 

10. Universidade de Pannonia

O décimo lugar da lista fica com a Universidade de Pannonia. Situada em Veszprém, a universidade é bastante reconhecida na Hungria. A cidade é a capital do condado e uma das cidades mais antigas do país. 

Já a universidade foi fundada em 1949 e está organizada em cinco faculdades: Artes e Humanidades, Engenharia, Agricultura, Economia e Tecnologia da Informação. Na lista QS, fica entre as 1001-1200 mais renomadas de todo o mundo. 

11. Universidade Óbuda 

E encerrando a lista das melhores universidades da Hungria, temos em 11.º lugar a Universidade Óbuda (ÓU, como também é conhecida). No ranking mundial, ela fica entre 1201-1400. Essa é mais uma instituição da capital húngara. 

Foi fundada em 2000 como Budapest Tech. Apesar de relativamente jovem, ela se originou da fusão de três institutos politécnicos. Com mais de 15.000 alunos, é uma das maiores universidades técnicas do país.

Hoje em dia, a ÓU possui relações internacionais com 90 países, participa de 300 programas e parcerias de ensino superior e possui mais de 250 acordos de educação e mobilidade. Por isso mesmo é uma boa opção para estudantes estrangeiros: de 14 programas de graduação, 7 são ensinados em inglês. 

Por que estudar na Hungria? 

Todas essas instituições são reconhecidas como as melhores da Hungria. Várias delas, como a Universidade de Debrecen e a Universidade de Szeged, fazem parte da lista de escolas elegíveis a uma das bolsas do programa de bolsas Stipendium Hungaricum - uma das melhores chances para estudantes estrangeiros conquistarem uma bolsa de estudos na Europa. 

Também podemos dizer que estudar na Hungria é uma boa oportunidade de treinar o inglês, justamente por causa do grande número de programas ensinados em língua inglesa. Além de ter acesso a uma cultura diferente no coração do continente europeu e conquistar um diploma que terá grande peso no currículo.

Para estudar na Hungria, os estudantes podem enviar suas inscrições eletronicamente através do sistema FELVI (que requer nível avançado de húngaro) ou mandando seus documentos diretamente para a instituição. O prazo para a admissão é, de forma geral, em novembro para as aulas que começam em fevereiro ou em fevereiro para as aulas que começam em setembro.

Geralmente, será preciso apresentar os seguintes documentos, tanto para a aplicação para conquistar uma bolsa de estudos na Hungria: 

  • Curriculum Vitae atualizado;
  • Uma carta de motivação;
  • Cópia do seu passaporte;
  • Comprovante de proficiência no idioma;
  • Tradução para o inglês de documentos e registros escolares;
  • Tradução para o inglês dos diplomas obtidos;
  • Duas cartas de referência acadêmica.

Ainda no caso dos estudantes estrangeiros, será necessário ter um visto de estudante para permanecer no país pelo período das aulas. 

Estudantes internacionais têm bolsa de estudos na Hungria(2H Media/Unsplash)

Como ser aprovado para estudar na Hungria? 

A Hungria tem se tornado um destino bastante procurado: são cerca de 33 mil estudantes internacionais que vão para a nação europeia todos os anos. O país é mais em conta para se viver do que outros locais da Europa e a variedade de programas em inglês (e outras línguas) faz com que esse seja um intercâmbio bastante desejado.

Para ser aprovado para estudar na Hungria, é necessário pesquisa e preparação. A organização dos documentos e a aplicação ideal fazem toda a diferença para que o estudante seja aceito nas melhores instituições de ensino do país. Para te ajudar em todo o passo-a-passo da aplicação, faça agora mesmo seu teste de perfil, clicando aqui, e junte-se ao nosso time de mentorados

Posts relacionados

Elaine Maciel
AUTOR

Jornalista mineira que veio de Baependi – uma cidade de 20 mil habitantes, e sempre quer ampliar seus horizontes. Do interesse em livros, séries e culturas diferentes, veio a vontade de conhecer, escrever e informar.

21 Jul 2022

Postagens recentes
O que é GPA e como calcular?

O GPA é uma parte muito importante na aplicação para um intercâmbio. Mas você sabe mesmo o que é isso? Confira a explicação completa neste guia!

Rafael Cerqueira
30 Nov 2022
Assistantship: o que é?

Esse é um tipo de remuneração mais comum na pós-graduação no exterior. Descubra tudo sobre o assistantship!

Elaine Maciel
29 Nov 2022