Se você estuda em uma universidade brasileira, provavelmente já deve ter ouvido falar no termo graduação sanduíche, certo? Mas o que de fato é isso?

O processo de graduação sanduíche acontece quando o estudante de uma universidade brasileira tem a oportunidade de fazer parte do seu curso em uma ou mais universidades do exterior. E isso acontece através de parcerias estabelecidas entre essas instituições.

O que é doutorado sanduíche?

Algumas universidades brasileiras contam com programas internos específicos para organizar esse intercâmbios, e também financiar os estudantes selecionados. Esse é o caso, por exemplo, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), com o seu programa Minas Mundi.

graduação-sanduíche2
(Foto: Christine Roy/Unsplash)

Nesse programa, os estudantes da instituição passam por uma seleção interna que leva em consideração fatores acadêmicos e socioeconômicos e recebem bolsas de diferentes valores que servem para custear parte ou o total das despesas no exterior.

Os estudantes também podem procurar por essas oportunidades diretamente com as instituições estrangeiras, mas é sempre importante que tanto a universidade de origem quanto a de destino tenham algum tipo de parceria ou convênio. Isso porque, um dos principais focos da graduação sanduíche é justamente aproveitar as disciplinas cursadas lá fora e convertê-las em créditos ao retornar para o Brasil.

Normalmente, a graduação sanduíche, independentemente do curso, tem duração total de 1 ou 2 semestres. O que geralmente define o período dessa experiência é a disponibilidade do aluno e também os pré-requisitos das instituições parceiras.

Onde é possível fazer graduação sanduíche?

Tudo dependerá do edital de cada programa, mas geralmente as universidades brasileiras têm convênios com instituições de todos os continentes do mundo, com um maior número de oportunidades na América do Norte e Europa.

Logicamente o número de opções de um possível candidato irá depender da sua proficiência em idiomas. Ou seja, quanto mais idiomas você falar (e tiver como comprovar através de testes de proficiência) maior será o número de países para os quais você poderá se candidatar.

8 melhores línguas para aprender em 2021

Mas a graduação sanduíche é pra você?

Se você está na dúvida se a graduação sanduíche é uma experiência adequada para o seu perfil, pense nos seguintes pontos antes de tomar sua decisão:

  • Você sempre teve vontade de fazer graduação no exterior mas por algum motivos acabou ingressando em um curso aqui no Brasil mesmo?
  • Você sempre teve interesse em entender melhor sobre a vida universitária e o sistema acadêmico de nível superior fora do Brasil?
  • Você tem vontade de seguir os seus estudos no exterior após a conclusão do seu curso no Brasil?

Se você respondeu sim para as três perguntas acima, então provavelmente se daria muito bem em uma experiência de graduação sanduíche fora do Brasil.

Mas é importante ressaltar que graduação sanduíche em nenhuma hipótese deve ser encarada como uma oportunidade para fazer turismo internacional. É óbvio que viajar e conhecer novos lugares e culturas faz parte de qualquer experiência de intercâmbio, mas se você está indo para fora para dar segmento a sua graduação, certamente a sua prioridade nº 1 deve ser estudar com a mesma dedicação que você já tem na sua universidade brasileira.

Até porque, se você não fizer isso, provavelmente não conseguirá aproveitar as disciplinas cursadas lá fora e ainda correrá o risco de atrasar sua previsão de formatura por aqui.

O perfil dos estudantes que se aplicam para oportunidades de graduação sanduíche geralmente é formado por um tripé de interesses que abrange aspectos acadêmicos, culturais e extracurriculares. Se você acha que se adequa bem a esses três campos, então sim, a experiência de graduação sanduíche provavelmente irá te agradar.

Quer saber mais informações sobre graduação sanduíche? Então confira o vídeo do nosso canal com a nossa mentora Gabrielle Hayashi!

Universidade do Intercâmbio

Ficou animado para fazer uma graduação sanduíche agora em 2021? Então comece a se preparar desde já para conseguir a sua oportunidade. E você pode fazer isso com o apoio da nossa a mentoria especializada e de todo o nosso time de mentores. Quer saber como? Então clique aqui para fazer o seu teste de perfil.


Rafael Cerqueira

Rafael Cerqueira

Jornalista de 26 anos que adora viajar. Baiano que já viveu em Minas, em São Paulo, em Portugal e na Argentina. Conhece 26 países e tem o sonho de conhecer muito mais. Acredita que o mundo é grande demais e o tempo muito curto pra ficarmos parados sempre no mesmo lugar.