Muitas pessoas têm receio de fazer um voluntariado no exterior. E os motivos são vários. Desde a velha desculpa de “não querer trabalhar de graça” até o medo de passar por situações desagradáveis em um lugar com pouca estrutura. Mas a verdade é que poucas experiências são tão fortes ao ponto de mudar a maneira como vemos o mundo. E motivos para se arriscar em uma aventura como essa não faltam. Confira agora alguns deles.

7 motivos para fazer um voluntariado no exterior:

Você se sentirá útil

Para desenvolver uma autoestima elevada, uma pessoa precisa de um propósito. Um componente-chave para isso está diretamente ligado a maneira como nos inserimos e contribuímos para a sociedade em que vivemos. É possível tomar ações positivas que irão ajudar outras pessoas no nosso cotidiano. Mas é num voluntariado que isso se eleva a máxima potência. E, além disso, ajudar outras pessoas é uma maneira de melhorar nosso relacionamento com nosso próprio interior.

Você se conhecerá melhor

Você conhece seus limites físicos, mentais e emocionais? Dependendo do lugar escolhido para o seu projeto voluntário, você irá se de deparar com uma realidade totalmente diferente da sua. Lugares que não contam com coisas que fazem parte do seu cotidiano como, por exemplo, supermercados, água potável e luz elétrica.

Você melhorará seu currículo

Se você quer uma mudança em sua carreira, o voluntariado é uma ótima maneira de fazer isso. Você pode usar as habilidades adquiridas no voluntariado para algum trabalho remunerado quando voltar para o seu país de origem. E, além disso, contar com um intercâmbio voluntário no seu currículo pode chamar a atenção dos empregadores.

Você irá conhecer pessoas incríveis

Optar por participar de uma experiência de voluntariado no exterior é quase uma certeza que muitas pessoas inspiradoras surgirão pelo seu caminho. Para que alguém escolha, por vontade própria, participar de um projeto para ajudar outras pessoas sem receber nada em troca, ela precisa ser no mínimo muito empática, destemida e corajosa. Então você vai, com toda certeza, conhecer seres humanos incríveis. E, consequentemente, ter conversas que expandirão sua mente.

Você vai viajar gastando menos

Em vez de gastar muito dinheiro em hotéis e restaurantes caros, por que não encontrar um local exótico que ainda não foi transformado em um destino de férias global? Há muitos lugares bonitos onde as ONGs montam acampamento para proteger o meio ambiente, trabalhar com pessoas em situação de vulnerabilidade, ensinar, ajudar a construir. Há também fundações que oferecem acomodação e outros benefícios em troca de trabalho.

Você mergulhará de cabeça no país

Quando você se voluntaria no exterior, acaba encontrando mais pessoas locais e tendo mais experiências genuinamente locais do que em uma viagem de férias. Você terá o benefício de contar com informações de pessoas que já irão estar no seu local de destino quando chega lá. Dicas, por exemplo, de onde ir e sobre o que evitar.

Você experimentará o extraordinário

Sempre digo aqui que sair da zona de conforto é uma das melhoras maneiras de se desenvolver. E isso não poderia ser mais verdadeiro que em um projeto de voluntariado no exterior. As experiências fora do comum que você terá e o contato direto com tantas pessoas que serão diretamente beneficiadas pelas suas ações irão mudar a forma como você enxerga o mundo.

Agora que já viu todas essas razões deu vontade de fazer um voluntariado no exterior? Já pensou em procurar ajuda da nossa mentoria especializada? Faça agora mesmo o seu teste de perfil clicando aqui e junte-se ao nosso time de mentorados!  


Rafael Cerqueira

Rafael Cerqueira

Jornalista de 26 anos que adora viajar. Baiano que já viveu em Minas, em São Paulo, em Portugal e na Argentina. Conhece 26 países e tem o sonho de conhecer muito mais. Acredita que o mundo é grande demais e o tempo muito curto pra ficarmos parados sempre no mesmo lugar.