Além de um idioma muito parecido, a Espanha também tem uma cultura muito próxima da nossa. Isso pode até te fazer pensar se fazer um intercâmbio por lá é a melhor opção, já que muita gente prefere imergir em uma sociedade completamente diferente. Mas a verdade é que vale muito a pena estudar na Espanha sim! Para te provar, reunimos aqui oito motivos: 

  1. Uma das melhores culinárias da Europa

Paella-espanhola

Paella espanhola: um dos pratos mais tradicionais do país.

A comida é uma das principais razões para estudar na Espanha. Desfrute de pratos tradicionais espanhóis que incluem uma abundância de queijo, carnes curadas, chouriço, gaspacho e omeletes. Você vai se apaixonar pelo presunto espanhol, pela tortilla, e pela paella. A verdade é que a comida por lá é fresca, simples e preparada com muito amor.

  1. Seu bolso vai agradecer

Você vai descobrir que as principais cidades da Espanha custam menos que as capitais europeias vizinhas. O aluguel por lá pode custar em torno de 400 euros, um café cerca de €1,30 e um almoço cerca de 12 euros. Tudo isso se soma, por exemplo, ao metrô, que é muito mais barato que em Nova York ou Londres, por exemplo. 

  1. A história e a cultura se combinam de maneiras novas e interessantes

Museo-del-Prado

Museo del Prado: o maior da Espanha e um dos mais importantes da Europa.

A Espanha é conhecida pela arquitetura moura e pela arte medieval, renascentista e modernista. É o lar de diversos artistas famosos, como Picasso, Goya, Gaudi e Salvador Dali. Você vai quase gritar de alegria e animação enquanto estiver visitando alguns dos monumentos culturais mais famosos do país.

  1. “Fiesta” ou “siesta” – você decide!

A Espanha oferece diversas opções de diversão. Todo mês de agosto, na cidade de Buñol, você pode participar da maior luta de tomates do mundo. Por cerca de uma hora, milhares de pessoas jogam tomates uns nos outros, encharcando a cidade em polpa de tomate! O Carnaval, por sua vez, fica é comemorado em todo o país durante o mês fevereiro. 

Já se você precisar de um pouco de descanso, os espanhóis tiram um longo intervalo de almoço, de cerca de 3 horas, durante o horário de pico de calor. Então aproveite pra relaxar ou use esse tempo para fazer outras atividades.

  1. Seu espanhol vai agradecer

Enquanto estiver na Espanha, aproveite a oportunidade para estudar espanhol, a segunda língua mais falada e influente do mundo. Onde quer que você vá, vai ter a oportunidade de praticar enquanto desenvolve sua fluência. 

Enquanto estiver na Espanha, além do castelhano, aprenda sobre o catalão, o galego e outros dialetos regionais. Dessa forma, você desenvolve sua capacidade de compreensão em diferentes regiões e culturas

  1. Há muito mais para estudar além do espanhol

Ainda não sabe o que você quer estudar? Na Espanha você pode começar sua busca pela imersão no idioma, ou pela história e política do país. Outras opções são Negócios, Artes e Comunicação, que também têm uma tradição muito forte por lá.

  1. Você vai descobrir novos gêneros e estilos musicais

Desfrute de uma cultura musical apaixonada, profunda e rica em tradições como a da Espanha. A música é parte integrante da vida do país. Por isso, cante, dance, se divirta! 

  1. Diversas universidade renomadas

Universidade-de-Barcelona

A Universidade de Barcelona é a melhor da Espanha, segundo o QS World University Rankings 2020

Existem muitas opções de instituições na Espanha para fazer intercâmbio. Tanto é que você provavelmente vai ficar até sem saber onde estudar. Além de Barcelona e Madri, existem muitas universidades renomadas em Valência, Salamanca, Granada, Bilbao, Málaga e diversas outras cidades. Sendo assim, além de aproveitar uma estadia sensacional, o seu currículo ainda vai ganhar um enorme upgrade.

Ficou convencido(a) a estudar na Espanha? Então comece a se preparar para conquistar seu intercâmbio. A nossa mentoria especializada te acompanha por todo o processo. Faça agora mesmo o seu teste de perfil clicando aqui e junte-se ao nosso time de mentorados!  


Matheus Tomoto

Matheus Tomoto

Estudou em escola pública, aprendeu inglês sozinho em 3 meses, foi aceito nas 10 melhores faculdades dos Estados Unidos, trabalhou no MIT (melhor faculdade de tecnologia do mundo), é embaixador da Youth Assembly no Brasil, recebeu proposta da NASA e é ex-fellow de HARVARD. É escritor, palestrante e mentor de pessoas que desejam buscar sua oportunidade no exterior.