Se você quer fazer um intercâmbio e ainda não decidiu qual destino é ideal para você, temos uma excelente notícia! É possível aplicar para um programa de bolsas de estudos nos países que são falantes de português e de espanhol! 

Dessa forma, é possível ampliar bastante a gama de possibilidades.O país conta com universidades muito boas e ainda é muito desejado pelos estudantes de espanhol.

Assim como acontece em outros países anfitriões de bolsas de estudos, por lá é possível fazer intercâmbio em diversos níveis de estudo: idiomas, graduação e até mesmo pós-graduação. 

E é justamente para te apresentar a uma oportunidade de intercâmbio de pós-graduação até na Espanha que preparamos esse artigo sobre o programa de bolsas AUIP. 

Esse é um programa desenvolvido pela Associação Universitária Iberoamericana de Pós-Graduação, também conhecida como AUIP. Essa organização reúne universidades parceiras de países que era colônias espanholas e portuguesas, além de Espanha e Portugal.

São várias bolsas de estudos desenvolvidas pela AUIP, desde mobilidade acadêmica (que é um tipo de estudo em formato sanduíche, com uma parte realizada no exterior) até mestrado 100% fora do Brasil.

Vamos saber mais sobre essas vagas agora mesmo! 

Pós-graduação sanduíche fora do Brasil(Andrea Piacquadio/Pexels)

Programa de bolsas de estudo de mobilidade 

Mobilidade entre universidades associadas da AUIP

O programa de bolsas de estudo de mobilidade da AUIP em 2023 será realizado entre instituições associadas. Essa é uma oportunidade de realizar a pós-graduação em formato sanduíche.

A pós-graduação sanduíche não é uma transferência. Na verdade, o estudante brasileiro vai passar um período de estudos fora do país, em uma instituição do exterior. Após esse período, o aluno volta ao seu país de origem para terminar seu curso. 

Portanto, essa é uma ótima chance de passar uma temporada fora do Brasil, realizando o curso de pós-graduação e pesquisa! 
 

As bolsas do programa de mobilidade da AUIP cobrem única e exclusivamente as viagens internacionais até mil e duzentos euros. Já os demais custos da transferência internacional serão de responsabilidade do bolsista.

Por isso, as bolsas não valem para universidades de um mesmo país. E ainda: tanto a universidade de origem como a de destino devem ser membros ativos da AUIP.

Hoje em dia, são 271 instituições parceiras da AUIP. Elas estão distribuídas entre Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Equador, El Salvador, Espanha, Guatemala, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, Portugal, Porto Rico, República Dominicana, Uruguai e Venezuela. Além de, claro, o Brasil! 

Aqui em terras brasileiras, as universidades associadas à  Associação Universitária Iberoamericana de Pós-Graduação e, portanto, com alunos elegíveis para essa bolsa de estudos são as seguintes: 
 

  • Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais;
  • Universidade do Estado de Mato Grosso;
  • Universidade Estadual de Campinas;
  • Universidade Estadual Paulista;
  • Universidade Federal de Itajubá;
  • Universidade Federal de Minas Gerais;
  • Universidade Federal de Santa Maria;
  • Universidade Federal do Espírito Santo;
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul;
  • Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro;
  • Universidade Tecnológica Federal do Paraná.

Dessa forma, alunos dessas universidades federais são elegíveis para ter a passagem garantida para fazer sua pós-graduação sanduíche fora do Brasil. Podem participar professores e pesquisadores; gestores de programas de pós-graduação e estudantes de pós-graduação.

Mas, atenção, o edital determina que a permanência por lá deve ser de, no mínimo, 20 dias e, no máximo, 11 meses. 

Atualmente, a aplicação está aberta. São aceitos candidatos para viagens entre 1.º de julho e 30 de novembro de 2023. 

Além de escolher as universidades relacionadas à AUIP, também é obrigatório que a solicitação tenha relação direta com a pós-graduação, em qualquer área do conhecimento. Alunos de exatas, biológicas ou de humanas podem se inscrever! 

Para se candidatar, é necessário preencher uma inscrição através da internet. Junto com a solicitação, devem ser enviados alguns documentos, como cópia do passaporte, resumo do  Curriculum Vitae do candidato (máximo 5 páginas); carta de apresentação assinada pelo Reitor ou Vice-reitor da universidade de origem e carta assinada pela universidade de destino; e declaração juramentada. 

Também será obrigatório enviar uma proposta que deve impactar a comunidade local e de origem, bem como estar alinhado com a Agenda 2030, que são os objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU.

Quem vai selecionar os bolsistas é um comitê de 9 membros, composto pela Diretora Geral da AUIP; até 6 Diretores Regionais da AUIP e dois funcionários da sede da AUIP. E para fazer a seleção, serão analisados os seguintes itens: 

  • Relevância do Curriculum Vitae;
  • Impacto da proposta;
  • Interesses estratégicos das universidades para sua internacionalização;
  • Duração da estadia;
  • Relação com a Agenda 2030 e seus objetivos;
  • Vínculo da instituição com alto nível de desenvolvimento com outra menor;
  • Benefícios da estadia para o futuro acadêmico e científico do candidato.

O prazo de aplicação se encerra no dia 12 de maio de 2023 às 19:59 horas, no horário de Brasília. 

Bolsa de estudos para brasileiros (Albano Azarian/WikiCommons)

Mobilidade entre universidades brasileiras e Espanha

Assim como acontece no primeiro programa de mobilidade que conhecemos, essa é uma oportunidade bem legal de fazer uma parte da pós-graduação fora do Brasil.

Especialmente, esse programa de bolsas de mobilidade vale para alunos de universidades brasileiras e outras instituições associadas à AUIP. Os estudantes aprovados vão poder fazer uma pós sanduíche na Espanha, nas universidades andaluzas. 

As universidades parceiras são: 

  • Universidade de Almería;
  • Universidade de Cádiz;
  • Universidade de Córdoba;
  • Universidade de Granada;
  • Universidade de Huelva;
  • Universidade de Jaén;
  • Universidade de Málaga; 
  • Universidade de Sevilla;
  • Universidade Internacional de Andaluzia;
  • Universidade Pablo de Olavide.

A principal finalidade dessas bolsas, que vão contemplar 142 alunos em 2023, é incentivar propostas que ajudem a cooperação universitária ibero-americana na pós-graduação. Para isso, os interessados têm até 28 de abril de 2023 às 19:59 horas, no horário de Brasília, para fazer a aplicação.

Esse prazo vale viagens entre 1.º de julho e 30 de novembro de 2023. Para a mobilidade entre Andaluzia e América Latina, as bolsas para cobrir a viagem internacional serão de 1.400 euros. A exceção é para alunos que vão fazer a mobilidade entre Andaluzia e Portugal e, nesse caso, recebem apenas 700 euros. 

A aplicação também acontece online, por meio do link

Intercâmbio para brasileiros com bolsa em 2023

Essas bolsas de estudos de mobilidade (também chamadas de bolsas para estudo sanduíche) são muito legais para quem quer fazer mobilidade entre o Brasil e o exterior! Curtiu saber mais sobre essas oportunidades? 

Essas são apenas algumas das vagas que fazem parte da Escola M60! Através de conteúdos didáticos, você pode se preparar da melhor forma para conquistar a aprovação nas melhores vagas internacionais! Por isso, não perca tempo, clique aqui e faça seu teste de perfil agora mesmo.