A Universidade Johns Hopkins oferece bolsas de estudo com base em necessidades financeiras para aproximadamente 10% dos estudantes internacionais de graduação ingressantes no primeiro ano da faculdade. O valor médio de cada bolsa distribuída beira os 25 mil dólares, mas os valores individuais podem ser maiores ou menores, dependendo da necessidade financeira de cada estudante.

O que é necessário fazer para se candidatar?

No entanto, para ser considerado para receber essas bolsas, o interessado deve indicar sua necessidade financeira familiar no formulário de admissão, enviar o CSS Profile e providenciar cópias assinadas das declarações de renda mais recentes da família (dos pais e do próprio aluno, se for o caso) em valores convertidos para a moeda americana. São aceitas cópias de declaração de imposto de renda ou qualquer outra forma de verificação anual de renda, declarações de benefícios do governo ou dos empregadores dos pais.

Johns-Hopkins
Foto/Pixabay

Além disso, os estudantes também precisam providenciar um formulário conhecido como International Student Certification of Finances Form, que exige, entre outras coisas, comprovantes e contratos bancários no nome dos mesmos ou dos seus pais/responsáveis. Esse formulário deve ser totalmente preenchido e enviado para instituição por e-mail ou por correios ainda durante o processo de aplicação para estudar na instituição.

O que cobrem as bolsas?

A Johns Hopkins é uma instituição need-aware para estudantes internacionais, o que significa que as circunstâncias financeiras de cada candidato são levadas em consideração no processo de admissão. Também por conta disso, os alunos aprovados para receberem essas bolsas têm 100% de suas necessidades calculadas atendidas.

5 cursos online da Universidade Johns Hopkins gratuitos

Os estudantes internacionais que não receberem bolsa da instituição no primeiro ano do curso não têm direito a recebê-la em nenhum outro período acadêmico enquanto estiverem na graduação. Também é importante lembrar que esse auxílio não é válido para alunos transferidos de outras universidades para a Johns Hopkins.

Qual é o prazo para se aplicar?

A cada processo seletivo anual, a instituição recebe os documentos obrigatórios de auxílio financeiro até meados de novembro, para candidatos em Early Decision, ou meados de janeiro, para candidatos em Regular Decision.

Empréstimos privados

Um diferencial da Johns Hopkins é que a instituição aceita empréstimos privados para estudantes internacionais de graduação, o que não é algo tão comum dentro do sistema acadêmico americano. A maioria dos credores, no entanto, exige um cossignatário que seja um cidadão americano.

Trabalhos de meio período

A Johns Hopkins também oferece aos alunos a oportunidade de trabalhar meio período durante o ano acadêmico, normalmente de 10 a 15 horas por semana, para ajudar a cobrir as despesas educacionais. Essas atividades devem ser exercidas dentro da própria instituição, em setores administrativos ou nas diversas bibliotecas espalhadas pelo campus, por exemplo.

Vale a pena estudar na Johns Hopkins?

Sem sombra de dúvidas, sim! A Universidade Johns Hopkins é a 12ª melhor instituição de ensino superior dos Estados Unidos e 25ª no mundo, de acordo com o QS World University Rankings 2021. A instituição se destaca especialmente em programas nas áreas de Saúde e Ciências da Vida, mas a oferta também abrange outras áreas.

Universidade do Intercâmbio

Ficou com vontade de estudar na Universidade Johns Hopkins? Então o segredo para conquistar a sua vaga é se preparar o mais rápido possível. E nós podemos te ajudar a realizar esse sonho através da nossa mentoria especializada. Clique aqui e faça agora mesmo o nosso teste de perfil!


Rafael Cerqueira

Rafael Cerqueira

Jornalista de 26 anos que adora viajar. Baiano que já viveu em Minas, em São Paulo, em Portugal e na Argentina. Conhece 26 países e tem o sonho de conhecer muito mais. Acredita que o mundo é grande demais e o tempo muito curto pra ficarmos parados sempre no mesmo lugar.