Se você pensa em fazer faculdade fora do Brasil, provavelmente já deve saber que irá gastar um bom dinheiro com mensalidades (sem considerar as bolsas) e hospedagem. Mas além desses gastos, estudar em outro país também envolve outros custos que nem sempre são tão comentados. Conheça abaixo alguns deles!

9 gastos que você terá ao estudar fora do Brasil

Roupas

Apesar dos inúmeros descontos para estudantes disponíveis em muitas lojas de roupas no exterior, os preços podem pesar bastante no orçamento de um estudante que está mudando de um clima mais quente para um mais frio (o que é o caso dos brasileiros que optam por destinos na Europa e na América do Norte, por exemplo). Essa é uma questão tão importante que algumas universidades oferecem até subsídios para despesas especiais de emergência relacionadas à compra de casacos de inverno pesados.

Fraternidades e Irmandades

No caso dos Estados Unidos, as fraternidades e irmandades fazem parte da tradição de muitas universidades. Mas o que nem todo mundo sabe é que viver nesses lugares custa um preço, e não é nada barato. Normalmente, além das despesas com moradia, os estudantes também devem pagar uma taxa, que pode variar de centenas de dólares a 2 mil dólares por ano, que é destinada a cobrir despesas com eventos sociais, seguro e outros custos operacionais e de manutenção.

Transporte

Dependendo da distância entre a sua moradia e a sua universidade no país de destino, despesas com transporte para locomoção diária podem ser inevitáveis. E isso vale tanto para quem opta pelo transporte público quanto para quem acaba decidindo comprar um carro (em alguns países sai bem barato comprar um carro usado!). Por isso a melhor opção é sempre tentar viver dentro do campus.

Passagens aéreas

Não tem jeito… As passagens aéreas sempre pesam bastante no bolso de quem viver fora do Brasil e pretende visitar a família por aqui. Se o seu plano for só voltar pra casa depois de se formar, menos mal. Mas se você tiver a intenção de sempre visitar seus pais nas férias da faculdade, prepare-se para gastar um bom dinheiro apenas com isso.

Como economizar com as passagens?

Livros e suprimentos

Em alguns países a média de gastos com livros e suprimentos também pesam no orçamento. NOS EUA, por exemplo, a média de dinheiro gasto por aluno de graduação com isso chega a cerca de 1200 dólares por ano. Mas sempre dá pra economizar um pouco utilizando alguns truques como comprar versões digitais dos livros, que são mais baratas, ou participar de acordos de recompra.

Seguro saúde e custos médicos

Alguns países exigem seguro obrigatório de estudantes estrangeiros, mas mesmo nos lugares onde isso não é obrigatório, o recomendado é sempre contratar um bom seguro com uma ótima cobertura. Se você optar por ficar a mercê da sorte de não ter nenhum problema de saúde ou acidente lá fora, poderá ter que acabar arcando com altos custos médicos caso algo aconteça.

estudar-fora-comida
Foto/Pxhere

Comida

Comer sempre gera custos, mas a relevância desse custo no orçamento total irá depender dos seus gostos. Se você não gosta de cozinhar e prefere comer fora, logicamente os seus gastos serão maiores que os de quem prefere cozinhar e comer em casa.

Como adaptar a alimentação no intercâmbio

Além disso, algumas universidades, principalmente nos EUA, também oferecem planos de alimentação incluídos nos valores das mensalidades, mas como você deve imaginar, isso também não sai de graça.

Internet

Se você optar por morar fora do campus, provavelmente deverá contratar um plano de internet minimamente decente, já que é praticamente impossível viver hoje em dia sem acesso à rede, principalmente no caso de estudantes universitários que precisam disso para fazer praticamente todos os trabalhos e atividades acadêmicas. Além disso, possivelmente também será necessário gastar dinheiro para comprar mesa, cadeira e até mesmo um novo computador.

Emergências

Ter uma reserva em dinheiro para possíveis custos emergenciais não é obrigatório, mas é altamente recomendado. Afinal, muitas coisas podem acontecer durante 4 anos de faculdade, e isso inclui desde um possível voo de última hora até despesas médicas inesperadas.

Universidade do Intercâmbio

Agora você já sabe quais serão os seus principais gastos quando você finalmente realizar o sonho de estudar fora do Brasil. Então que tal começar a se preparar para tirar esse sonho do papel? Nós podemos te ajudar com isso através da nossa mentoria especializada. Clique aqui e faça agora mesmo o nosso teste de perfil!


Rafael Cerqueira

Rafael Cerqueira

Jornalista de 26 anos que adora viajar. Baiano que já viveu em Minas, em São Paulo, em Portugal e na Argentina. Conhece 26 países e tem o sonho de conhecer muito mais. Acredita que o mundo é grande demais e o tempo muito curto pra ficarmos parados sempre no mesmo lugar.