Você sonha ou já pensou em fazer intercâmbio na Suécia? Então conheça no texto de hoje algumas curiosidade e informações fundamentais para evitar se meter em confusões ou passar por constrangimentos e situações inconvenientes por lá. E claro, para aproveitar melhor a sua experiência no país!

10 coisas que você precisa saber antes de fazer intercâmbio na Suécia

Eles são muito reservados

Ter o seu próprio espaço pessoal é essencial para um sueco. A simples pergunta “Como você está?”, por exemplo, não costuma ser feita com tanta frequência nem dentro de casa e nem em espaços externos (faculdade, trabalho, etc.). A não ser, claro, que você realmente queira saber a resposta. Ou seja, por lá não é comum fazer esse tipo de pergunta pessoal apenas para quebrar o gelo, como aqui no Brasil.  Conversar com estranhos no ônibus? Nem pensar! Fazer contato visual com pessoas aleatórias na rua? NÃO! Parar um conhecido na rua para cumprimentá-lo? Pouco provável, até porque, como já disse, não é muito comum fazer contato visual, lembra?

10 coisas que você precisa saber antes de fazer intercâmbio na Suécia 1

Com essa pequena introdução, você pode até pensar que os suecos são frios como o clima do país deles, certo?  Mas calma que não é bem assim…

…eles serão super legais quando o conhecerem (ou se estiverem bêbados)

Por que você gostaria de estudar em um país no qual as pessoas ignoram as suas tentativas de socializar? Porque, assim que vocês se conhecerem, os suecos serão realmente legais. Quando eles te perguntarem “como você está?”, significa que eles vão realmente querer saber a resposta e que realmente se preocupam com você. Em outras palavras, os suecos são ótimos amigos!

Além disso, depois de algumas cervejas, todo sueco será seu melhor amigo. A timidez típica dos locais se perde depois de alguns goles e aí contato visual não vai ser mais um problema. E mais… Eles não vão se fazer de rogados na hora de se oferecerem para te pagar uma bebida. E isso é uma mão na roda, já que bebida alcoólica por lá não é nada barato rs.

Então não tenha medo de tentar conversar com os suecos. Eles podem até ficar chocados no começo por falarem com um estranho, mas não é nada de outro mundo.

intercâmbio-na-suécia

Fazer contato visual com estranhos na rua não é algo muito comum na Suécia

Como dizer olá

Existem algumas regras não escritas sobre como abordar alguém na Suécia que são ótimas para evitar interações constrangedoras. Por exemplo,  quando os suecos  conhecem alguém pela primeira vez (sem nunca terem conversado antes), eles se limitam a um simples e direto aperto de mão. Não importa se em uma reunião de negócios ou em uma festa, essa é a forma padrão de cumprimento.  Aí se por acaso você encontrar essa mesma pessoa em outra ocasião em um ambiente informal, aí sim o abraço está liberado.

‘Fika’ é essencial

Fika é o ato de pegar um café e um doce para comer enquanto você faz uma pausa em seja lá o que esteja fazendo na hora. Isso é quase uma instituição da cultura sueca e vamos combinar que não é nada mal, né?

E não tem hora ruim para o bom e velho Fika. Seja quando você estiver trabalhando com seus colegas de empresa ou quando você estiver estudando com o grupo da faculdade, não exite em sugerir uma pausa para o fika. Raramente alguém vai recusar! Basta ir ao café mais próximo e pedir um café e um Kanelbulle (bolo de canela típico do país), que você estará um passo mais perto de parecer um local.

10 coisas que você precisa saber antes de fazer intercâmbio na Suécia 2

Chame as pessoas pelo primeiro nome

Na Suécia, você pode pular os títulos formais. Eu sei, isso pode ser até um pouco contraditório depois de tudo o que você leu até agora. Afinal, por que apenas apertar a a mão de alguém que você chamaria pelo primeiro nome? Palavras como senhor e senhora não são utilizadas. Aliás, nem existe um equivalente sueco para essas palavras!

Ao invés disso, você pode simplesmente chamar as pessoas pelo primeiro nome, mesmo que seja seu professor, chefe do trabalho ou locatário do seu apartamento.

A Suécia é muito mais do que Estocolmo e Gotemburgo

Como são as duas maiores cidades do país, é normal que a maioria das pessoas só conheçam Estocolmo e Gotemburgo, e as vezes nem esta última. Mas se você for fazer intercâmbio na Suécia, não deixe de planejar algumas viagens de fim de semana para explorar outras cidades. E claro, nem precisa falar da natureza fantástica do norte e das belas praias do sul.

E se puder, veja se pode acompanhar um amigo sueco quando ele estiver indo visitar a família no interior. É uma ótima oportunidade de experimentar a verdadeira cultura sueca em uma típica casinha do campo.

Quer descobrir outras cidades incríveis do país que podem ser o seu destino de estudos ideal por lá. Então clique aqui.

intercâmbio-na-suécia

Durante o seu intercâmbio na Suécia você irá se deparar com paisagens naturais incríveis

Você não precisa de dinheiro

Lembre-se: não gaste muito com taxas para sacar nos caixas eletrônicos da Suécia. Por lá quase ninguém usa dinheiro no dia a dia e muitas lojas, inclusive, nem aceitam mais as  famosas notas como pagamento. A grande maioria das pessoas faz tudo com o cartão de crédito/débito mesmo.

É proibido comprar álcool em lojas comuns

Na Suécia, você não pode simplesmente entrar em um supermercado e comprar bebida alcoólica. Por lá existem as Systembolaget, uma cadeia de lojas regulamentada pelo governo e exclusiva para a venda de bebidas com teor alcoólico superior a 3,5%. A idade legal para beber por lá é 18 anos, mas para comprar em uma dessas lojas você precisa ter pelo menos 20 anos.

Também é necessário se planejar para comprar, já que elas não ficam abertas 24h e os horários podem variar de loja para loja. Então por lá não tem aquela velha história de  correr pra comprar bebida de madrugada para o “esquenta” antes de ir pra balada.

10 coisas que você precisa saber antes de fazer intercâmbio na Suécia 3

Faça suas malas pensando em um inverno bem frio

Dependendo de quanto tempo você for ficar por lá, lembre-se de levar roupas que se adaptem ao clima local. Existe um ditado sueco que diz “Det finns inget dåligt väder, det finns bara dåliga kläder”. No português fica mais ou menos assim: “Não há mau tempo, apenas roupas ruins”. E essa é a mais pura verdade!

Os invernos suecos são muito frios e os verões são bastante quentes (pelo menos para os padrões nórdicos). Então pense sempre na praticidade e não seja tão vaidoso(a) na hora de se arrumar. Ficar bonito(a) é a última das preocupações dos suecos na hora de se arrumarem para sair na rua no inverno gelado.

intercâmbio-na-suécia

O frio do inverno pode ser um grande desafio para quem decidir fazer intercâmbio na Suécia

A proibição sueca de fumar

Em 1º de julho de 2019, uma nova lei que proíbe fumar em locais públicos foi introduzida no país. Isso significa que você não poderá fumar quando estiver sentado do lado de fora de um bar ou restaurante, em paradas para transporte público ou perto de entradas de outras instituições para não fumantes, como hotéis ou restaurantes. Se você é fumante, lembre-se sempre disso para garantir que não irá violar nenhuma lei por acidente enquanto estiver fazendo o seu intercâmbio na Suécia.

Universidade do Intercâmbio

Você quer conquistar a sua oportunidade dos sonhos para fazer intercâmbio na Suécia? Então comece a se preparar o quanto antes! A boa notícia é que nós podemos te ajudar  com isso através da nossa mentoria especializada e todo o nosso time de mentores. Faça agora mesmo o seu teste de perfil clicando aqui.


Rafael Cerqueira

Rafael Cerqueira

Jornalista de 26 anos que adora viajar. Baiano que já viveu em Minas, em São Paulo, em Portugal e na Argentina. Conhece 26 países e tem o sonho de conhecer muito mais. Acredita que o mundo é grande demais e o tempo muito curto pra ficarmos parados sempre no mesmo lugar.