Para os pais, mandar os filhos durante para fazer um intercâmbio no Ensino Médio não é tão fácil assim. Alguns deles têm a sensação de que isso é adiantar um processo natural (a saída dos filhos de casa) sem necessidade. E, além de toda essa responsabilidade, deixar os adolescentes sob a supervisão de outras pessoas em uma cultura bem diferente da nossa, pode ser bem estressante para qualquer pai, mãe ou responsável. Muitas vezes, eles mandam os filhos para lugares que nem eles mesmos conhecem! Para tranquilizar seus velhos, separamos essas informações sobre intercâmbio no Ensino Médio. Com certeza eles irão ficar um pouco mais tranquilos e, quem sabe, podem até deixar você se aventurar no exterior!

É seguro fazer intercâmbio no Ensino Médio?

Os perigos potenciais do ensino médio no exterior

Essa é a grande questão. Não há uma resposta definitiva nesse quesito. Isso porque os perigos podem estar em qualquer canto do mundo. E isso estando os pais presentes ou não! No entanto, quando se trata de segurança de um adolescente no exterior, os programas de intercâmbio são projetados com toda a segurança necessária. 

Os alunos podem até ter mais supervisão no exterior do que em casa. Isso porque, com as inúmeras normas, caso o aluno quebre uma das regras, ele pode até ser mandado de volta para casa.

E vale um adendo: a preocupação dos pais aumentou ainda mais com os ataques terroristas e os episódios violentos que têm acontecido nos Estados Unidos e na Europa. De qualquer forma, a taxa de homicídios no Brasil continua muito maior do que nessas partes do mundo.

Ao invés de uma viagem sem regras e repleta de tentações, o Ensino Médio no exterior deve ser visto como uma oportunidade para adquirir mais responsabilidade e independência. Além disso, há muito a ganhar com a imersão cultural e a educação internacional. 

Os destinos populares de intercâmbio são alguns dos países mais seguros do mundo

Para quem está viajando para o exterior pela primeira vez, ou para quem tem a segurança como prioridade, uma boa dica é escolher um destino que seja conhecido por também ter essa prioridade. Usando o Global Peace Index, o World Atlas divulgou uma lista dos 25 países mais seguros para os viajantes. As relações internacionais, os conflitos internos e a taxa de homicídios são alguns dos indicadores usados ​​na avaliação. Nesses países você pode ter certeza que estará mais seguro do que em qualquer cidade do Brasil. 

No topo da lista está a gelada ilha da Islândia. Esse pequeno país recebe  um número anual de turistas que supera em muito a população local. Por uma década, a Islândia dominou como a nação mais pacífica e continua a se tornar cada vez mais amada por suas paisagens fantásticas e outras riquezas naturais. 

1-intercambio-no-ensino-medio

Reykjavík: capital da Islândia, o país mais seguro do mundo.

Os países de língua inglesa sempre são favoritos no exterior. A Nova Zelândia, a Austrália,Canadá e a Irlanda, por exemplo, também estão aprovadas no quesito segurança. Para quem prefere o espanhol, a Espanha ou o Chile proporcionam uma boa dose de segurança para fazer o intercâmbio no Ensino Médio. Também estão na lista o Japão e Alemanha.

Intercâmbio com a UDI

Esses são apenas alguns dos motivos que provam que um intercâmbio no Ensino Médio pode ser completamente seguro. Quer saber como se preparar para fazer o seu Ensino Médio no exterior? Então clique aqui, faça agora mesmo o seu teste de perfil e conheça o trabalho da nossa mentoria especializada, com todo o nosso time de mentores.

Quer acompanhar todos os nossos conteúdos? Então cadastre seu e-mail aqui para receber nossa newsletter semanal.


Lucas Almeida

Lucas Almeida

Mineiro, jornalista e mestrando em Comunicação. Entusiasta de idiomas, viagens e cibercultura. Tem o sonho de mudar o mundo, uma pauta de cada vez.