BOLSAS IDIOMAS PROVAS UNIVERSIDADES INSPIRAÇÃO TESTES RESUMÃO DA SEMANA MUNDO ESTUDAR FORA TRABALHAR FORA NOTÍCIAS

9 melhores universidades da Bélgica

Já pensou em estudar na Bélgica? O país, apesar de não ser tão popular por aqui como um destino de intercâmbio, está cheio de universidades reconhecidas internacionalmente

A Bélgica é uma nação da Europa Ocidental, que é conhecida pelas cidades medievais, além da arquitetura renascentista. Também se destaca por ser a sede da União Europeia e da OTAN, por isso mesmo é um grande centro das organizações internacionais.

Também vale destacar o custo de vida na Bélgica, que é em torno da média europeia, mas as anuidades das universidades já são baixas em comparação com outros países da Europa.

Nove das instituições, inclusive, estão entre as 500 melhores instituições de ensino do mundo, de acordo com o QS World University Rankings mais recente. Essa é uma pesquisa renomada, realizada todos os anos, que avalia, com muito critério, quais são as universidades mais top de todo o planeta.

Dentre os itens analisados, estão: reputação acadêmica e no mercado de trabalho; proporção de professores e alunos; número de alunos estrangeiros e quantidade de publicações e citações em artigos.

Bélgica tem excelentes universidades(Bélgica/Elijah G/Unsplash)

Um fato muito interessante sobre essa nação europeia é que existem "duas Bélgicas" dentro de uma só nação: a Bélgica holandesa e a Bélgica francesa. E isso se reflete inclusive nas universidades do país, como você vai ver na lista a seguir. 

Ficou curioso(a)? Então confira agora mesmo a lista das melhores universidades da Bélgica, que organizamos em ordem decrescente, por isso é ao final que você vai conhecer a melhor do país!

Quais são as melhores universidades da Bélgica?

9.º Universidade de Mons (UMONS)

Posição no ranking da QS: 701-750

Abrindo a nossa lista de melhores universidades da Bélgica temos a Université de Mons, em 9.ª posição. Essa é uma instituição de língua francesa localizada na cidade de Mons, capital da província de Hainaut. Surgiu em 2009, a partir da fusão da Faculdade de Engenharia de Mons e da Universidade de Mons-Hainaut. Com uma população de cerca de 6 mil estudantes, é a menor universidade de língua francesa da Bélgica.

A universidade é dividida em sete faculdades: Engenharia, Psicologia e Ciência da Educação, Economia e Administração, Medicina e Farmácia, Tradução e Interpretação, Ciências e Arquitetura e Planejamento Urbano) e três institutos, sendo eles de Ciências Sociais, Ciências Legais e Ciências da Linguagem.

8.º Universidade de Liège

Posição no ranking da QS: 521-530

Com cerca de 27 mil alunos (quase 5 mil deles estrangeiros), a Université de Liège é uma das principais instituições públicas de língua francesa da Bélgica e está, atualmente, em 8.º lugar no ranking.

O campus principal da universidade fica em Liége, uma das cidades mais importantes do país. Mas também há duas unidades fora da cidade: a Faculdade de Ciências Agronômicas e Bioengenharia em Gembloux e a Faculdade de Ciências do Meio Ambiente e Gestão Ambiental em Arlon.

Fundada em 1817, a universidade conta com 11 faculdades no total, entre elas as de Medicina, Arquitetura, Ciências Aplicadas e Medicina Veterinária. Também possui uma estação de pesquisa científica na Bélgica, uma estação oceanográfica na França, uma estação meteorológica na Suíça, além de outras estações e observatórios de pesquisa na Espanha, Marrocos e Chile.

7.º Hasselt University

Posição no ranking da QS: 449.ª

Em sétimo lugar na lista, temos a Hasselt University, que é uma universidade pública de pesquisa com campi em Hasselt e Diepenbeek. Possui mais de 6.700 alunos e 1.500 funcionários acadêmicos, administrativos e técnicos.

A história da instituição começou em 1969, quando mais de 11 mil pessoas se manifestaram pelas ruas pedindo que fosse estabelecida uma universidade na região. Inicialmente, a instituição contava com seis programas de graduação: Física, Matemática, Química, Biologia, Odontologia e Medicina.

De lá para cá, muitas coisas mudaram e a universidade cresceu bastante, com programas ensinados em holandês e inglês. Hoje, a Hasselt University é considerada uma universidade inovadora e isso reflete em sua classificação entre as melhores universidades de 3% do mundo no U-Multirank 2020. 

 

 

 

6.º Universidade da Antuérpia (UA)

Posição no ranking da QS: 280.ª

Outra instituição na lista das melhores universidades da Bélgica é a Universiteit Antwerpen, mais conhecida como UAntwerpen ou UA, que tem cerca de 20 mil alunos e é a terceira maior universidade de língua holandesa da Bélgica. Atualmente, ela ocupa a sexta posição das melhores do país.

Foi fundada em 2003 com a fusão de três universidades públicas menores: a Universitaire Faculteiten Sint-Ignatius Antwerpen (UFSIA); a Rijksuniversitair Centrum Antwerpen (RUCA) e a Universitaire Instelling Antwerpen (UIA).

A UA é reconhecida internacionalmente em diversos campos, mas tem um destaque ainda maior nas seguintes áreas de pesquisa: Descoberta e Desenvolvimento de Medicamentos; Ecologia e Desenvolvimento Sustentável; Doenças Infecciosas; Caracterização de Materiais; Neurociências; Política e Organização Socioeconômica; Políticas Públicas e Ciência Política; História Urbana e Política Urbana Contemporânea.

É divida em 10 campi espalhados pela cidade de Antuérpia, uma das mais lindas da Bélgica, e oferece 33 programas de graduação, 69 programas de mestrado, 18 programas de master-after-master (uma modalidade bem comum na Bélgica e Holanda) e 23 programas de doutorado distribuídos em nove faculdades. Desse total, 31 programas são totalmente em inglês.

5.º Universidade Livre de Bruxelas (VUB)

Posição no ranking da QS: 251.ª

Já chegamos ao quinto lugar das melhores instituições de ensino belgas. A Vrije Universiteit Brussel é uma das universidades que surgiram em 1970 a partir do desmembramento da Universidade Livre de Bruxelas (a segunda oriunda da divisão está logo abaixo na lista). Com cursos em holandês e inglês, é dividida em oito faculdades nas áreas de Ciências Naturais, Estudos Clássicos, Ciências da Vida, Ciências Humanas, Engenharia e Humanidades. 

Conta com aproximadamente 6 mil alunos de graduação e mil alunos de pós-graduação e é a instituição de ensino de língua holandesa que mais produz artigos científicos no país.

É dividida em quatro campi principais: o de Saúde, na municipalidade de Jette; o de Tecnologia, em Anderlecht; o de Humanidades, Engenharia e Ciências, em Etterbeek; e o campus de Gooik, especializado em Fotônica. Todas essas localidades fazem parte da região metropolitana de Bruxelas.

Bruxelas na Bélgica(Bruxelas/Tomas Tuma/Unsplash)

4.ª Universidade Livre de Bruxelas (ULB)

Posição no ranking da QS: 210.ª

A Université Libre de Bruxelles, hoje em dia, está em quarto lugar dentre as mais renomadas do país e é uma universidade privada de língua francesa. É uma das duas instituições que surgiram em 1970 a partir do desmembramento da Universidade Livre de Bruxelas, fundada em 1834. A outra é a Vrije Universiteit Brussel (VUB), que já conhecemos nesse ranking.  

Com cerca de 24 mil alunos (33% estrangeiros), a ULB é uma das universidades mais importantes do país. Ela é formada por três campi principais: o campus de Solbosch, dividido entre Bruxelas e Ixelles;  o campus de Plaine em Ixelles e o campus Erasmus em Anderlecht. 

O campus principal é o de Solbosch, que hospeda os prédios administrativos e de serviços gerais da universidade, além da maioria das faculdades de humanidades, da École polytechnique, da grande biblioteca de Ciências Sociais e de alguns dos principais museus da instituição. 

No campus de Plaine ficam as Faculdades de Ciências e de Farmácia, os principais laboratórios da instituição, alguns museus e o alojamento dos estudantes. Já o campus Erasmus abriga o Hospital Erasmus, a Escola de Saúde Pública, a Faculdade de Ciências Motoras, a Escola de Enfermagem e alguns museus da área de saúde.

3º Universidade Católica de Leuven (UCLouvain)

Posição no ranking da QS: 195.ª

Aqui temos mais um caso de universidade desmembrada originando duas instituições de línguas diferentes. A Université catholique de Louvain é a maior universidade de língua francesa da Bélgica e surgiu em 1968 com o desmembramento da Universidade Católica de Leuven, fundada em 1834. 

Hoje, está entre as 3 melhores da nação. Com campus principal da cidade de Louvain-la-Neuve, além de ser uma das melhores universidades da Bélgica, é considerada também uma das 50 melhores instituições do mundo na área de Filosofia e uma das 20 melhores do mundo na  área de Teologia e Estudos Religiosos.

A instituição tem mais de 30 mil alunos e, além do campus principal, também conta com outros campi em Bruxelas, Mons e Woluwe-Saint-Lambert, além de instalações menores em Charleroi e Tournai. É dividida em três setores (Ciência e Tecnologia, Ciências da Saúde e Ciências Humanas) que, por sua vez, são subdivididos em 14 faculdades principais.

 

 

2.º Universidade de Gante (UGante)

Posição no ranking da QS: 143.ª

Fundada em 1817, a Universiteit Gent (UGent) foi a primeira universidade da Bélgica a adotar a língua holandesa como idioma oficial, em 1930, após um longo período de dominação da língua francesa no ensino superior do país. Com 44 mil alunos, a instituição, que é pública, também opera um dos maiores hospitais da Bélgica, o University Hospital. Atualmente, está em 2.º lugar dentre as melhores. 

É constituída por 11 faculdades: Faculdade de Artes e Filosofia; Faculdade de Engenharia de Biociências; Faculdade de Direito; Faculdade de Ciências; Faculdade de Medicina e Ciências da Saúde; Faculdade de Engenharia e Arquitetura; Faculdade de Economia e Administração de Empresas; Faculdade de Medicina Veterinária; Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação; Faculdade de Ciências Farmacêuticas e Faculdade de Ciências Políticas e Sociais.

Ao contrário da maior parte das universidades nessa lista, os principais prédios e instalações das 11 faculdades da UGent ficam concentrados no centro da cidade.

Leuven na Bélgica tem melhor universidade do país(Leuven/Tobias Cornille/Unsplash)

1.º Universidade Católica de Leuven (KU Leuven)

Posição no ranking da QS: 73.ª

Finalmente,  chegou a hora de conhecer a líder entre as melhores universidades da Bélgica! Com 58 mil estudantes, a melhor universidade do país é a Katholieke Universiteit Leuven, localizada na cidade de mesmo nome. Inclusive, a instituição vem se mantendo em primeiro lugar, assim como em outras edições anteriores do ranking. 

Essa é a maior universidade de língua holandesa da Bélgica e a maior instituição de ensino da região conhecida como Low Countries (Bélgica, Holanda e Luxemburgo). Além do campus principal, também conta com unidades satélites em diversas cidades do país, como Bruxelas, Ghent, Bruges, Geel, Ostend, Aalst, Antuérpia, Kortrijk, Diepenbeek e Sint-Katelijne-Waver. Vários programas da instituição são realizados em inglês, principalmente na pós-graduação.

Já foi eleita por 4 vezes como a universidade mais inovadora da Europa, sendo a instituição de ensino do Velho Continente com o maior número de patentes. A divisão acadêmica da universidade é feita por grupos, tendo três concentrações principais: Ciências Biomédicas, Ciências Humanas e Ciência e Tecnologia. Dentro desses três grupos, se distribuem 15 faculdades e diversos departamentos especializados.

Por que estudar na Bélgica? 

Essas são as melhores universidades da Bélgica! Qual mais te chamou atenção? Só a qualidade das instituições de ensino é motivo mais do que suficiente para pensar em um intercâmbio por lá.

Mas, além disso, a Bélgica é um país muito diverso e tem mais de 10 milhões de habitantes. O país conta com três idiomas oficiais - holandês, francês e alemão, e grande parte da população também fala inglês. Por isso mesmo, aprender uma nova língua é fácil durante a estadia na nação europeia.

A localização também é bastante privilegiada. Quem faz um intercâmbio por lá, tem a comodidade de poder viajar para o resto do continente com tranquilidade. E ainda, pode ser contemplado com uma bolsa de estudos. Tanto o governo belga, quanto outras organizações do país oferecem bolsas de estudos e financiamento a estudantes internacionais.

E para garantir sua aprovação, você deve se preparar para conquistar sua vaga em uma das melhores universidades da Bélgica. É que para estudar por lá, será preciso comprovar seu domínio de um dos idiomas requeridos, além de cartas de recomendação e motivação e outros documentos básicos de aplicação para estudar no exterior. E ainda: com a ajuda certa, você pode até mesmo conquistar uma bolsa de estudos e estudar na Europa de graça! 

Por isso mesmo, não perca tempo e procure o apoio da nossa mentoria especializada, assim, você vai aprender com quem já passou por experiências em instituições renomadas fora do Brasil. Faça agora mesmo o seu teste de perfil clicando aqui.

*Texto escrito por Rafael Cerqueira (2020) e Elaine Maciel (2022).

 

Posts relacionados

Elaine Maciel
AUTOR

Jornalista mineira que veio de Baependi – uma cidade de 20 mil habitantes, e sempre quer ampliar seus horizontes. Do interesse em livros, séries e culturas diferentes, veio a vontade de conhecer, escrever e informar.

04 Ago 2022

Postagens recentes
O que é GPA e como calcular?

O GPA é uma parte muito importante na aplicação para um intercâmbio. Mas você sabe mesmo o que é isso? Confira a explicação completa neste guia!

Rafael Cerqueira
30 Nov 2022
Assistantship: o que é?

Esse é um tipo de remuneração mais comum na pós-graduação no exterior. Descubra tudo sobre o assistantship!

Elaine Maciel
29 Nov 2022