Além de ser o centro político da Europa, próxima a diversos países, a Bélgica é um país muito diverso e tem mais de 10 milhões de habitantes. Só essas características já seriam suficientes para ser um destino interessante, não é? Mesmo assim, trouxemos mais 7 motivos para você escolher fazer intercâmbio na Bélgica. Confira quais são eles!

Os idiomas do país

A Bélgica possui três idiomas oficiais – holandês, francês e alemão. Além disso, grande parte da população também fala inglês. Portanto, aprender uma nova língua é fácil, pois você pode ter acesso a falantes nativos desses idiomas em todo o país. Isso é muito proveitoso para enriquecer não só a sua experiência pessoal, como também o seu currículo. Dominar mais de um idioma vai te abrir muitas portas quando você sair da universidade e for para o mercado de trabalho.

7 razões para fazer intercâmbio na Bélgica 1

Bruxelas: a capital do país

É lar de grandes organizações internacionais

Bruxelas, a capital da Bélgica, é sede tanto da União Europeia quanto da OTAN. Dessa forma, existem muitas oportunidades de estágio e trabalho nessas organizações. Se você quer uma carreira que envolva as áreas que essas instituições atuam (como Relações Internacionais, por exemplo), o país é um ótimo ponto de partida!

Bolsas de estudos

O governo belga e outras organizações do país oferecem bolsas de estudos e financiamento a estudantes internacionais. Além disso, diferentes governos locais no país também oferecem bolsas para estudantes estrangeiros. Por exemplo, o Governo da região de Flandres oferece anualmente 45 bolsas de estudos para intercambistas do mundo todo.

Proximidade com o resto da Europa

Como falamos anteriormente, a Bélgica tem uma localização muito estratégica dentro da Europa. Se você for fazer um intercâmbio por lá, vai ser fácil viajar para o resto do continente. Dessa forma, sua experiência de intercâmbio vai ser muito rica, pois você vai conhecer não só a própria Bélgica como os países ao seu redor.

A culinária local

Como é um país muito diverso, a Bélgica também oferece diversas opções de comida, e todas elas são muito gostosas! Por lá, você encontra chocolates, waffles, pães incríveis e também muitas frutas frescas. Outro ponto interessante é a comida de rua, que além de ser muito boa é muito barata. Só para ilustrar, você encontra um waffle com chocolate e chantilly (acompanhado de uma porção de batatas fritas) por apenas 3 euros!

7 razões para fazer intercâmbio na Bélgica 2

A KU Leuven é uma das principais universidades do país

Custo de vida

O custo de vida na Bélgica gira em torno da média europeia, ou seja, 850 euros por mês. Mas isso pode variar de acordo com o seu estilo de vida e onde você preferir morar. As mensalidades nas universidades, por sua vez, são baixas em comparação com outros países. Só para ilustrar, na KU Leuven os intercambistas pagam €3.500 por ano. Muitas vezes, no entanto, existem custos extras associados à inscrição em um curso, que podem ser de pelo menos €350 por ano acadêmico.

Atrações culturais

Por ser um país muito aberto, a Bélgica realiza vários festivais durante o ano inteiro. Neles, você pode tanto curtir apresentações musicais quanto experimentar os diferentes tipos de comida que falamos no item anterior. Alguns desses festivais são o Rock Wrechter, o Binche, o Belgian Pride e o Brussels Jazz Marathon.

Essas razões para fazer um intercâmbio na Bélgica te convenceram? Então comece a se preparar para conquistar a sua vaga por lá! A nossa mentoria especializada pode te ajudar nesse processo. Faça agora mesmo o seu teste de perfil clicando aqui e junte-se ao nosso time de mentorados!  

 

 


Matheus Tomoto

Matheus Tomoto

Estudou em escola pública, aprendeu inglês sozinho em 3 meses, foi aceito nas 10 melhores faculdades dos Estados Unidos, trabalhou no MIT (melhor faculdade de tecnologia do mundo), é embaixador da Youth Assembly no Brasil, recebeu proposta da NASA e é ex-fellow de HARVARD. É escritor, palestrante e mentor de pessoas que desejam buscar sua oportunidade no exterior.