Você tem vontade de se aperfeiçoar na sua área de atuação profissional no exterior mas não conta com uma grande flexibilidade de tempo para isso? Então os bootcamps podem ser a oportunidade que você tanto buscou durante todo esse tempo. Ainda pouco populares aqui no Brasil, esses programas são febre lá fora, principalmente nos Estados Unidos. Quer saber agora o que é exatamente isso e como funciona? Então continue com a gente!

Um pouco de história

Antes de falar o que é de fato um bootcamp, é interessante conhecer a definição histórica desse tempo. Você vai ver que tem total relação com o seu significado mais atual.  

Historicamente, o termo bootcamp surgiu nos campos militares americanos como uma forma de descrever os treinamento imersivos de soldados que eram preparados para serem enviados para a guerra. Anos mais tarde, esse termo se popularizou nas startups do Vale do Silício, virando sinônimo de aprendizagem acelerada e intensiva.

O que é um bootcamp?

Bootcamps são, de modo geral, “intensivões” que promovem uma imersão completa em um determinado tema em um período de tempo relativamente curto, que geralmente varia entre 3 semanas e 4 meses. É uma experiência ideal para jovens que estejam começando uma carreira profissional e tenham o interesse de adquirir conhecimentos mais aprofundados na sua área de atuação de uma forma mais densa.

O mais comum é que essas experiências sejam organizadas por empresas privadas em parceria com organizações e a melhor parte é que, ao final desse período de aprendizagem, são altas as chances de contratação de pelo menos uma parte desses participantes pela empresa organizadora. Algumas pesquisas americanas estimam, por exemplo, que 73% dos bootcampers são contratados ao final de todo o processo de imersão.

Pessoas que passam por esse tipo de experiência costumam dizer que a melhor parte de participar de um bootcamp é a possibilidade de “aprender o que realmente importa” da forma mais prática possível. Isso porque os desafios propostos nesse tipo de experiência estimulam os participantes a criarem soluções para problemas que realmente acontecem nas empresas e no dia a dia da sociedade de modo geral. E são justamente essas as habilidades mais valorizadas e buscadas pelas empresas em um profissional.

Os bootcamps são mais comuns em áreas voltadas para o mundo da Tecnologia e Informática, mas acontecem em diferentes campos. Existem, por exemplo, bootcamps para músicos e bailarinos.

Quem pode se aplicar?

Bootcamps são ideias para jovens profissionais que estejam começando na carreia e que tenham um mínimo de entendimento em determinada área, mas também o desejo de passar por uma imersão e se desenvolver ainda mais nessa área em questão. É indicado para pessoas que tenham flexibilidade de tempo suficiente para passarem meses focados em um determinado projeto.

Onde encontrar e quais são as forma de aplicação?

Geralmente as inscrições para participação em bootcamps ficam disponíveis, por meio de formulários, nos sites das empresas ou organizações por trás de sua realização. Esses formulários costumam pedir, além de dados pessoais, informações relativas à formação acadêmica e/ou profissional do interessado. Também é comum que sejam feitas perguntas como as descritas abaixo:

  • De que maneira você já contribuiu para a sociedade?
  • Quais são os desafios que você já superou na vida que te deixam mais orgulhoso(a)?
  • Por que você acha que merece participar do nosso bootcamp?

Vale lembrar que, normalmente, os bootcamps são programas pagos, porém existem categorias de bolsas em alguns programas nos quais os candidatos não precisam pagar absolutamente nada e isso se aplica, inclusive, para bootcamps promovidos por universidades. Nesse caso, é comum a distribuição de bolsas baseadas em mérito, que avaliam questões como excelência acadêmica, bons resultados profissionais, determinação e foco.

Quais são as principais vantagens?

Uma das vantagens mais primordiais dos bootcamps é a possibilidade de aprender muito em pouco tempo e, especialmente, na prática! Isso é muito interessante, por exemplo, para aqueles profissionais que se formam na faculdade em determinada área mas sentem falta de um treinamento mais técnico e prático e menos teórico, que é uma coisa bastante exigida pelo mercado.

Além disso, outra vantagem desse tipo de experiência está na capacidade de foco e concentração que é automaticamente desenvolvida entre os participantes, que devem absorver uma quantidade enorme de informações em um curto espaço de tempo.  

E ainda tem o fato de que bootcamps são ótimos lugares para criar ou desenvolver um ótimo networking, já que você estará cercado por ótimos profissionais experientes e também de outras pessoas no mesmo patamar técnico mas com o mesmo desejo de crescer e se desenvolver.

Universidade do Intercâmbio

E aí, deu pra ter uma melhor ideia do que são os bootcamps e para que (e quem) eles servem?  Então que tal começar a se preparar para conquistar uma oportunidade dessas no exterior? Nós podemos te ajudar com isso através da mentoria especializada. Quer saber como? Então clique aqui para fazer o nosso teste de perfil e entrar para o nosso time de mentorados.


Rafael Cerqueira

Rafael Cerqueira

Jornalista de 26 anos que adora viajar. Baiano que já viveu em Minas, em São Paulo, em Portugal e na Argentina. Conhece 26 países e tem o sonho de conhecer muito mais. Acredita que o mundo é grande demais e o tempo muito curto pra ficarmos parados sempre no mesmo lugar.