Por dentro da Universidade de Melbourne

A Austrália é um destino bastante procurado, principalmente por quem tem interesse em estudar inglês. Nos últimos anos, no entanto, o país tem se tornado cada vez mais popular entre estrangeiros que desejam fazer graduação ou pós no exterior. Por isso separamos algumas informações para que você fique por dentro da Universidade de Melbourne, uma das instituições mais renomadas do país.

A segunda universidade mais antiga da Austrália

A Universidade de Melbourne foi fundada em 1853, há 166 anos. Isso faz da instituição a segunda mais antiga da Austrália, atrás apenas da Universidade de Sydney, com 3 anos de diferença.

A instituição seguiu os ideais das universidades do meio do século XIX, sem ligação com o clero. Ou seja, dava ênfase em Línguas Modernas e Literatura, Matemática e Ciências Naturais, além de Estudos Clássicos e História Antiga.

Alan-Gilbert-Building

Alan Gilbert Building: um dos prédios modernos da Universidade de Melbourne

Quando foi fundada, a Universidade de Melbourne não passava de um agrupamento de prédios em um grande parque à margem da cidade, com quatro professores e 16 estudantes. Contudo, curiosamente apenas três desses alunos se formaram.

Com o tempo, entretanto, a instituição se expandiu. Dos 16 alunos iniciais, o corpo estudantil passou para 2 mil alunos até o final da Primeira Guerra Mundial. Depois, para 6 mil até o término da Segunda Guerra Mundial. Anteriormente a isso, a instituição teve a primeira mulher graduada da Austrália. Julia ‘Bella’ Guerin conseguiu o grau de bacharel em Artes em 1883.

A vida na universidade

A Universidade de Melbourne é conhecida por oferecer aos alunos uma experiência que vai além apenas dos estudos. O principal campus, Parkville, fica perto de pontos de transporte, cafés, lojas, artes, instalações esportivas e acomodações.

Os estudantes encontram uma variedade impressionante de atividades culturais no campus, seja teatro, comédia, cinema ou palestras públicas. Não só isso, como também é fácil encontrar pessoas com interesses em comum. Nesse sentido, você pode se afiliar a um dos mais de 200 clubes e sociedades da instituição.

Além disso, quem gosta de esportes também está bem servido. Isso porque a universidade conta com uma piscina interna aquecida, seis pistas de corrida de 25 metros, uma pista de atletismo, um campo esportivo e um grande ginásio de ginástica.

A instituição trabalha com o sistema de faculdades residenciais. Isto é, a maioria dos estudantes moram na própria faculdade. Isso dá a chance de construir uma rede acadêmica e social muito forte. Nesse sentido, cada faculdade oferece programas esportivos e culturais para enriquecer a experiência acadêmica dos alunos.

Ormond College: uma das principais residências estudantis da universidade.

Os números da Universidade de Melbourne

Em Melbourne, mais de 8 mil funcionários apoiam um corpo estudantil de aproximadamente 48 mil pessoas. Isso juntamente com 13 mil estudantes internacionais de mais de 130 países ao redor do mundo.

O campus principal da universidade ocupa uma área de 36 hectares. Além dele, a instituição tem três outros campi na região metropolitana de Melbourne: um em Burnley, um em Southbank e outro em Werribee.

Por fim, atualmente a universidade ocupa a posição 38 entre as melhores universidades do mundo, de acordo com o QS World University Rankings. O prestígio da instituição é tanto que quatro primeiros-ministros australianos e cinco governadores-gerais se formaram lá.

Curtiu saber mais e ficar por dentro da Universidade de Melbourne? Nossa mentoria especializada pode te ajudar a planejar seu intercâmbio e conquistar sua oportunidade fora do Brasil. Faça agora mesmo o seu teste de perfil clicando aqui e junte-se ao nosso time de mentorados!  

Matheus Tomoto

Matheus Tomoto

Estudou em escola pública, aprendeu inglês sozinho em 3 meses, foi aceito nas 10 melhores faculdades dos Estados Unidos, trabalhou no MIT (melhor faculdade de tecnologia do mundo), é embaixador da Youth Assembly no Brasil, recebeu proposta da NASA e é ex-fellow de HARVARD. É escritor, palestrante e mentor de pessoas que desejam buscar sua oportunidade no exterior.