Com certeza se você está se organizando para estudar fora do Brasil, já deve ter ouvido falar em college list e da importância de elaborar essa lista da maneira correta. Afinal, é preciso ter em mente alguns critérios na hora de fazer sua college list.

E para te ajudar em todo esse processo, preparamos esse artigo. Para começar, a college list é uma lista de universidades do seu interesse no seu exterior. São aquelas instituições que você vai enviar sua aplicação. Mas vamos conhecer mais sobre esse item fundamental para embarcar em um intercâmbio de estudos no exterior. Confira!

College list lista universidades de interesse(Chris Boland/Unsplash)

O que é college list? 

A college list é uma lista de faculdades que você tem interesse em estudar no exterior. Por isso, esse é um passo muito importante na sua preparação para estudar fora. Você vai listar e organizar, sabendo dos prós e contras, quais são as faculdades para as quais você vai aplicar.

A lista das faculdades é parte básica do processo de busca de faculdades. E essa escolha deve ser feita após uma pesquisa de acordo com seus critérios pessoais e também a qualidade do ensino que é oferecido em cada universidade. Alguns especialistas indicam que a college list deve ter entre 10 e 12 opções. 

 

 

Como definir quais são as universidades da college list? 

São muitas opções de universidades no exterior que têm excelente qualidade de ensino e que estão bem localizadas. Por isso, pode ser um desafio decidir para quais instituições você vai fazer a sua aplicação.

Dessa forma, a melhor maneira para escolher suas universidades da college list é por meio de uma lista de critérios. Vamos conhecer um pouco mais dos mais comuns:

1. Escolha sua área de interesse 

Uma das principais recomendações é que você defina qual é o seu curso, ou pelo menos, qual a sua área de interesse antes de escolher suas universidades da college list. É que, dessa maneira, você vai poder pesquisar quais são as instituições de ensino que se destacam nessa área.

Muita gente pensa em estudar em Oxford ou no MIT, por exemplo, mas pode ter outras opções de ensino muito boas em um determinado conteúdo, seja engenharia ou artes. 

E para definir qual é seu interesse, você pode se perguntar:

  • O que eu gosto de fazer no meu tempo livre?
  • Sobre quais assuntos eu tenho paixão e dedicação? 
  • O que eu aprendo com mais facilidade?
  • O que eu me vejo fazendo por toda a vida (ou por um período)? 

2. Confira quais são as melhores universidades

Agora que você já sabe qual é a área que você quer se graduar ou se especializar, é hora de começar a pesquisar sobre as faculdades. Uma dica prática é conferir rankings e listagens especializadas. Através de critérios como empregabilidade e número de alunos e professores, organizações elaboram listas das melhores universidades.

Uma das listas muito renomadas é o ranking QS World University, elaborado pela Quacquarelli Symonds, do Reino Unido. Vale lembrar que as avaliações são feitas todos os anos, por isso, vale dar aquela conferida para ver se os dados estão atualizados.

College list ajuda estudantes(Timur Shakerzianov/Unsplash)

3. Saiba como é a seleção e quais os prazos

Cada universidade tem um processo de aplicação, que pode ser diferente. De forma geral, dezenas de instituições dos Estados Unidos, por exemplo, utilizam o Common App, que é uma ferramenta que permite a aplicação para todas elas. Outras universidades têm processos que acontecem diretamente nos sites oficiais. Por isso, você deve sempre ler o edital e conferir como cada uma funciona.

Já sobre os prazos, cada instituição de ensino pode ter seu próprio calendário. Além da aplicação regular, algumas universidades têm early application ou late application. E é por isso que pode ser uma boa dica anotar cada prazo para não perder a data.

4. Veja quais são as bolsas de ensino disponíveis 

Podemos dizer que existem duas formas de conquistar uma bolsa de ensino: (1) sendo aprovado para  a instituição primeiro e depois aplicando para ser um bolsista ou (2) sendo aceito para uma bolsa de estudos antes de aplicar para a universidade. A primeira forma pode ser um pouco mais comum e em alguns casos nem mesmo é necessário preencher documentos e formulários adicionais. Só de ser aceito na faculdade, você já será automaticamente considerado para a bolsa de estudos, caso cumpra os critérios.

E se você quer ser um estudante estrangeiro bolsista, com certeza deve dedicar algum tempo da sua pesquisa para conferir quais universidades ofertam mais bolsas e se você cumpre os requisitos necessários. Ainda é legal ficar de olho em diversas bolsas de estudos, já que algumas levam em consideração o rendimento financeiro ou os resultados acadêmicos para escolher seus bolsistas

5. Use sites para facilitar 

Alguns sites podem ajudar bastante na sua organização para montar uma college list. Para quem tem mais facilidade, só de montar um arquivo ou uma agenda com as informações e datas importantes já vai ser suficiente. E a pesquisa fica toda por conta dos sites oficiais das faculdades.

Mas para quem quer pesquisar de forma mais específica sobre as universidades, como quais são as melhores faculdades de negócios, algumas ferramentas podem colaborar ainda mais! Por isso, você pode ficar de olho nesses sites que podem te auxiliar: 

1️. US News;

2️. Niche;

3️. College Simply.

É importante ressaltar que em caso de dúvidas ou de divergência de informações, o site mais confiável para fazer sua pesquisa é o da instituição de interesse! 

Estudantes fazem college list para estudar fora(Jesús Vidal/Unsplash)

Já organizei minha college list, e agora? 

A aprovação dos interessados nas universidades do exterior depende de uma boa aplicação, com fortes pilares consolidados. E essa aplicação de sucesso está além de seguir os prazos e enviar os documentos. Para te ajudar em todo esse processo, você pode fazer parte do nosso time de mentorados M60. Clique aqui e faça agora mesmo seu teste de perfil!