O sonho de fazer Medicina no Brasil esbarra em dois grandes problemas: os altos preços das mensalidades nas universidades privadas e a concorrência absurda das universidades públicas. É por isso que muitos brasileiros acabam optando por estudar Medicina fora do Brasil, principalmente em países como Argentina, Bolívia, Paraguai, Cuba e até mesmo na Rússia. Mas como fazer para revalidar o diploma de Medicina dessas instituições de ensino estrangeiras aqui no país? É isso que você vai descobrir agora.

Segundo o Ministério da Educação, todo diploma de Medicina obtido em universidades estrangeiras deve ser revalidado no Brasil para o exercício da profissão em território nacional.  Essa revalidação só pode ser feita pelas universidades públicas brasileiras que tenham cursos reconhecidos no mesmo nível e área, ou equivalente. É papel do profissional formado lá fora iniciar o requerimento de revalidação em uma dessas instituições.

Tramitação Regular e Tramitação Simplificada

É importante entender que existem duas maneiras de revalidar o diploma de Medicina no Brasil: a tramitação simplificada e a tramitação regular. Basicamente, as principais diferenças entre esses dois tipos se referem aos documentos que serão solicitados no processo e ao prazo para que as universidades respondam os candidatos após a realização do requerimento. No caso da tramitação regular esse prazo vai até 180 dias. Na tramitação simplificada o tempo é menor, indo até 60 dias. Em ambos os casos é necessário pagar uma taxa que varia de acordo com cada instituição de ensino brasileira. Ou seja, não há um valor fixo.

revalidar-o-diploma-de-Medicina-no-Brasil

O REVALIDA é uma prova obrigatória para quem deseja revalidar o diploma de Medicina de universidades estrangeiras no Brasil

Mas e o Revalida?

Antes de solicitar a revalidação do diploma em uma universidade, o médico formado no exterior deve fazer uma prova de avaliação de conhecimentos: o Revalida. Esse é um teste criado em 2011 que é obrigatório tanto para brasileiros quanto para estrangeiros formados no exterior. Para ser mais específico são duas provas: uma teórica e outra prática.

A prova teoria é formada por 110 questões de múltipla escolha e 5 questões discursivas. Já a prova prática, que é realizada em uma estação clínica, consiste na avaliação das habilidades do candidato, que vão desde a questão da comunicação até raciocínio clínico e capacidade de tomada de decisões. Para isso são feitas simulações com manequins e até com atores. Ambas as partes da prova abrangem as cinco grandes áreas da Medicina:

  • Medicina da Família e Comunitária/Saúde Pública
  • Cirurgia
  • Clínica Médica
  • Pediatria
  • Ginecologia e Obstetrícia

Só após a aprovação no Revalida é que o candidato deve iniciar os procedimentos de revalidação junto à alguma universidade pública brasileira. Atenção: existe a possibilidade de a universidade brasileira escolhida para os trâmites de revalidação exigir uma formação complementar. Finalmente, só após a aprovação nessa instituição é que será possível solicitar a habilitação médica a partir da inscrição no Conselho Regional de Medicina.

É importante ressaltar que o Revalida não é uma prova fácil, pelo contrário! Na última edição, apenas 5,3% dos quase 7400 participantes conseguiram notas suficientes para serem aprovados.

Mudanças no Revalida

Devido a uma série de problemas que aconteceram nas últimas edições do Revalida por conta do alto número de solicitantes, foram anunciadas algumas importantes mudanças para as próximas edições da prova. A primeira delas é que agora serão duas edições do exame por ano. Além disso, a segunda fase da prova poderá ser feita mais de uma vez, sem a necessidade de refazer todo o processo desde o início, como era antes.

Plataforma Carolina Bori

Como você já deve ter percebido, revalidar o diploma de Medicina de universidades estrangeiras aqui no Brasil não é um processo tão simples. E para facilitar a vida dos interessados, o Ministério da Educação criou um portal online com informações detalhadas de cada etapa do requerimento. Nesse portal é possível dar entrada no processo nas universidades já aderidas e consultar as instituições brasileiras que estão com vagas e processos de revalidação abertos.  Clique aqui para acessar.

Quer se preparar para estudar Medicina em uma universidade do exterior? Então fique sabendo que você pode contar com o apoio da nossa mentoria especializada. Nossa equipe de mentores está a postos para te dar todo o suporte na busca da sua oportunidade internacional. Faça seu teste de perfil clicando aqui.

Cadastre seu e-mail aqui para receber nossa newsletter semanal e acompanhar tudo o que publicamos no Blog.


Rafael Cerqueira

Rafael Cerqueira

Jornalista de 26 anos que adora viajar. Baiano que já viveu em Minas, em São Paulo, em Portugal e na Argentina. Conhece 26 países e tem o sonho de conhecer muito mais. Acredita que o mundo é grande demais e o tempo muito curto pra ficarmos parados sempre no mesmo lugar.

+100 aulas sobre intercâmbios por apenas 99 centavos
+100 aulas sobre intercâmbios por apenas 99 centavos