Testes de proficiência: ielts ou toeflUm dos pré-requisitos mínimos de quase todos os programas de intercâmbio é o domínio de uma segunda língua. Por ser considerado universal, o inglês é o idioma utilizado em boa parte dos cursos mundo a fora. E não só em países onde ele é a língua materna: Alemanha, Finlândia e Malásia são alguns exemplos. Como fazer, então, para comprovar sua proficiência nessa língua e dar o primeiro passo para conseguir sua tão sonhada bolsa? Faça um dos testes de proficiência reconhecidos mundialmente.

Os dois testes de proficiência mais utilizados pelas instituições internacionais são o TOELF (Test of English as a Foreign Language) e o IELTS (International English Language Testing System), que foi criado pela Universidade de Cambridge. Em comum, eles avaliam as capacidades de leitura (reading), escrita (writing), fala (speaking) e compreensão auditiva (listening). Mas as semelhanças param por aqui. Confira agora as principais diferenças entre eles:

Estrutura das provas

Embora os dois testes de proficiência sigam as mesmas métricas avaliativas, a forma como elas são distribuídas na prova difere. O writing no TOELF dura 60 minutos e consiste em duas redações argumentativas que devem ser realizadas a partir da análise de gráficos e tabelas, entre outros aparatos. Já no IELTS , o tempo cai para 50 minutos mas também são duas redações. Uma é opinativa e a outra serve como resposta a um texto ou áudio gravado.

Já o reading, no IELTS , dura de 60 a 100 minutos. O candidato deve ler de 3 a 5 textos acadêmicos (cada um com cerca de 700 palavras), e, após isso, responder diversas questões sobre eles. No TOELF, 40 perguntas devem ser respondidas em 60 minutos. São 3 textos de 1500 a 2500 palavras que servem como base para essas questões.

Enquanto o listening no IELTS dura 30 minutos e consiste em 40 perguntas, no TOELF varia de 60 a 90 minutos para os diálogos que devem ser escutados e para as resposta das perguntas, que vão de 34 a 51 no total.

Por fim, o speaking é a parte que apresenta uma das diferenças mais importantes. No IELTS, o candidato passa por uma entrevista presencial de 11 a 15 minutos com um entrevistador treinado pela Universidade de Cambridge. Por sua vez, no TOELF, essa entrevista é feita através de uma gravação por computador e dura 20 minutos.

Pontuação e Aplicação

O TOEFL é dividido em 3 modalidades: IBT, PBT, ITP. O IBT, a versão online da prova, é a mais amplamente utilizada. Já o PBT é a versão em papel, comumente aplicado em países com acesso precário a internet. O ITP é uma versão simplificada da prova que serve mais para avaliação em cursos de inglês, mas também pode servir para cursos de curta duração no exterior.

Na modalidade IBT do TOELF, a nota final varia de 0 a 120 pontos e cada módulo da avaliação vale 30 pontos. Já no IELTS, a nota é definida dentro de uma escala que vai de 0 a 9. Enquanto as provas do TOELF tem validade de 2 anos, as do IELTS não têm nenhuma data limite. No entanto, é válido lembrar que grande parte das Universidades só aceitam testes realizados há no máximo 2 anos.

Existem centros aplicadores dos dois testes espalhados por todo o Brasil. Para consultar o mais próximo a você, assim como as datas dos testes, confira aqui (TOELF) e aqui (IELTS).

Também é importante ficar de olho no destino do seu intercâmbio. Embora ambos sejam reconhecidos em uma escala global, o TOELF é o exame mais difundido nos Estados Unidos, enquanto o IELTS é mais aceito na Europa, Nova Zelândia e Austrália.

E aí? Já sabe qual desses dois testes de proficiência é o mais adequado para você? Essa é uma decisão que deve ser muito bem pensada e planejada com antecedência, visto que os resultados das provas, após sua realização, levam algum tempo para serem disponibilizados.

Para tomar essa decisão de cabeça tranquila, a melhor opção é contar com o apoio da nossa mentoria especializada e todo o nosso time de mentores. Faça agora mesmo o seu teste de perfil clicando aqui. Fique de olho no blog para novos conteúdos!