Ser um artista de Hollywood é um sonho que já passou pela cabeça de muita gente durante a infância. Em algumas pessoas, esse sonho é tão intenso que elas o levam também para a vida adulta. Mas todo mundo sabe que a vida de ator no Brasil não é nada fácil. Então que tal tentar uma carreira no exterior? O primeiro passo para isso é escolher o curso certo para você. Por isso, aqui vamos te apresentar as melhores faculdades de Artes Cênicas do mundo!

Quais são as melhores faculdades de Artes Cênicas do mundo?

Já é senso comum dizer que o coração da indústria do cinema e da música está nos Estados Unidos. Não é à toa que muitos dos grandes estúdios mundiais ficam em Los Angeles, no estado da Califórnia. Por isso, o que a maioria pensa é que os melhores cursos de Artes Cênicas do mundo também estão nos Estados Unidos.

Porém, essa não é a realidade. Pelo menos é isso que indica a lista da QS World University Ranking by Subject de Artes Cênicas. Ao todo, 101 instituições de ensino superior conseguiram entrar para a lista. Destas, 50 estão localizadas na Europa e 30 na América do Norte, sendo 26 nos Estados Unidos, 3 no Canadá e 1 no México.

Nenhuma universidade do Brasil ou do restante do continente americano conseguiu entrar para a lista. No ranking também foram listadas 12 instituições da Oceania e 9 da Ásia. As 10 universidades mais bem colocadas mundialmente foram:

1. Juilliard School (Estados Unidos)

A The Juilliard School é uma das mais renomadas escolas de Artes Performáticas do mundo. Se você tem interesse em estudar Música, Dança ou Dramaturgia no exterior, com certeza já ouviu falar dessa escola. Ela é a faculdade dos sonhos do pessoal de High School Musical, por exemplo.

A Juilliard School é uma das melhores faculdades de artes cênicas do mundo(Foto: Don Ramey Logan/Wikimedia Commons)

E toda essa fama não é à toa. Quem passa por Juilliard, seja nos cursos de graduação ou pós-graduação, consegue excelentes posições no mercado, como papéis na Broadway e até em Hollywood. A escola tem dezenas de ex-alunos que ganharam Grammys, Tonys, Emmys e Oscars.

Uma vantagem para quem pensa em estudar na Juilliard School é que a escola também oferece programas pré-universitários. Ou seja, você pode fazer cursos preparatórios durante o ensino fundamental e o ensino médio. Isso pode ser um diferencial até mesmo na hora de aplicar para a graduação, já que a Juilliard exige conhecimento prévio da área.

2. Royal College of Music (Inglaterra)

A Royal College of Music, ou Faculdade Real de Música, é bastante diferente da Juilliard. Enquanto a escola americana tem cursos em todas as três vertentes das Artes Cênicas (Música, Dança e Drama), a faculdade britânica tem apenas cursos de Música.

Na RCM, como a instituição é chamada, existe um curso de graduação em Música e diversos cursos de pós-graduação. É aí que você pode se especializar em uma área específica, como composição, apresentação e ópera.

Mas se engana quem pensa que na RCM só existem cursos práticos. A Royal College of Music tem por princípio misturar teoria e prática nos cursos de graduação, mas na pós alguns cursos se dedicam apenas à pesquisa. Um exemplo é o mestrado em Educação.

3. Conservatório Real da Escócia (Escócia)

Ao contrário do RCM, o Royal Conservatoire of Scotland (RCS) é muito mais completo em seus cursos de Artes Cênicas, oferecendo opções para quem quer estudar Drama, Dança ou Música. Essa abrangência era mais perceptível no antigo nome da escola: Royal Scottish Academy of Music and Drama.

O Conservatório Real da Escócia é uma das melhores faculdades de artes cênicas do mundo(Foto: Ulysse Verjus-Tonnelé/Wikimedia Commons)

Atualmente a RCS oferece cursos de graduação nas áreas de Música, Atuação, Produção, Educação, Dança e Cinema. Além disso, o conservatório também tem cursos de mestrado, doutorados profissionais e PhDs em vários campos das Artes Cênicas.

Assim como a Juilliard, o Conservatório Real da Escócia também oferece cursos pré-universitários voltados para jovens que desejam estudar Música, Cinema, Teatro, Dança ou Produção. Também é possível fazer cursos curtos nessas áreas no RCS.

4. Royal Academy of Music (Inglaterra)

Também localizada no Reino Unido, a Royal Academy of Music, ou Academia Real de Música, é uma das instituições membro da Universidade de Londres. Ela é dividida em 22 departamentos, cada um deles focado em um campo da música.

Na Royal Academy of Music é possível tanto estudar um instrumento específico quanto se dedicar a áreas mais abrangentes, como o estudo da ópera, composição e teatro musical. Os cursos por lá são oferecidos para todos os níveis, desde os voltados para jovens até graduações e pós-graduações.

Para demonstrar o quanto a Academia Real de Música é importante não só no Reino Unido como no mundo, basta olhar seus ex-alunos. Entre as pessoas que já passaram por lá está o músico Elton John, que já ganhou prêmios como o Grammy, o Tony, o Globo de Ouro e o Oscar.

5. CNSMDP (França)

O Conservatório Nacional Superior de Música e Dança de Paris (CNSMDP) é uma escola de Artes Cênicas especializada no ensino de Música e Dança. Por lá são oferecidos cursos de nível superior que equivalem à nossa graduação, mestrado e doutorado, mas no sistema francês de diplomas que é um pouco diferente do nosso.

Além dos cursos de Música e Dança, a CNSMDP também oferece um curso de pedagogia, que permite que o estudante se torne um professor de música. Porém, para lecionar no ensino superior é preciso completar todos os ciclos de educação, ou seja, concluir o doutorado.

O CNSMDP é uma das melhores faculdades de dança do mundo(Foto: Fred Romero/Flickr)

No CNSMDP é possível encontrar tanto cursos práticos quanto programas voltados para a pesquisa acadêmica. Diferente de outras academias de Artes Cênicas, o conservatório não oferece opções para quem quer aprender a arte do zero.

6. Universidade de Nova York - NYU (Estados Unidos)

A Universidade de Nova York, mais conhecida como NYU, é uma das melhores universidades do mundo. A QS classificou a NYU como a 16.ª melhor dos Estados Unidos e a 42.ª melhor do planeta. A universidade tem um bom desempenho em vários campos de estudos, e isso também vale para o campo das Artes Cênicas.

A NYU não tem apenas uma, mas três faculdades dedicadas ao ensino de artes: a Faculdade de Artes e Ciências, o Instituto de Belas Artes e a Escola de Artes Tisch. Dentro da escola Tish fica o Instituto de Artes Performáticas na NYU, onde são lecionados cursos de graduação e pós-graduação.

Um dos diferenciais da NYU é a sua abrangência. Por lá é possível estudar Música, Dança e Atuação, como nas outras escolas, mas também existem cursos de Montagem de Palco, além de Artes e Políticas Públicas, por exemplo. Entre os artistas que já passaram por lá estão Angelina Jolie, Spike Lee e Donald Glover.

7. Universidade de Música e Performances Artísticas de Viena (Áustria)

A Universidade de Música e Performances Artísticas de Viena (MDW) está entre as escolas de músicas mais antigas e prestigiadas de toda a Europa. Fundada em 1817, ela é responsável pela formação de Gustav Mahler, considerado um dos maiores compositores do período romântico, no século XIX.

A MDW é uma das melhores faculdades de artes cênicas do mundo(Foto: PaulShunOSAWA/Wikimedia Commons)

A MDW tem um foco maior em Música do que em outras artes performáticas. Por lá é possível fazer cursos preparatórios, de graduação e de pós-graduação em diversos instrumentos. Além disso, também existem cursos de Composição, Regência, Musicoterapia e até Direção de Teatro.

8. Academia Norueguesa de Música (Noruega)

A Academia Norueguesa de Música (NMH) é mais uma das escolas europeias de Artes Cênicas que se dedicam exclusivamente ao ensino de Música. Fundada em 1973, a NMH se propõe a ajudar seus alunos a atingirem o máximo de seus potenciais musicais.

Os cursos de graduação da NMH são mais focados nas performances e em estilos musicais específicos. Eles têm ainda cursos para maestros e para quem quer se tornar um educador. No mestrado as áreas de estudo se tornam mais abrangentes, como Teoria Musical e Musicoterapia.

Já em nível de doutorado a NMH oferece dois programas. Um deles se dedica a estudar a música de maneira mais prática, em um doutorado profissional, enquanto o outro se trata de um PhD que se propõe a pesquisar sobre a arte. Em ambos os casos a duração é de 3 anos.

9. Academia Sibelius da Universidade de Artes Helsinki (Finlândia)

A Universidade de Artes Helsinki oferece cursos de Música, Belas Artes, Dança e Teatro. Cada uma dessas áreas fica concentrada em academias específicas dentro da universidade. A que mais se destaca é a Academia Sibelius, que se dedica ao estudo da Música.

Em cada uma das instituições é possível encontrar programas de graduação, mestrado e doutorado, além de cursos preparatórios. Esses cursos são bastante variados. Na Academia de Teatro existem cursos de Coreografia, Roteiro, Direção, Atuação, Dança Pedagógica, entre outros.

Já na Academia Sibelius são 31 cursos que vão desde áreas mais tradicionais, como condução, instrumentos e estilos específicos como piano, jazz e ópera, até áreas pouco usuais em outras academias. Lá você encontra, por exemplo, cursos de Tecnologia da Música, oferecidos tanto como graduação quanto como mestrado.

10. Academia de Artes Cênicas de Hong Kong (Hong Kong)

A Academia de Artes Cênicas de Hong Kong (HKAPA) é uma das mais novas desta lista, tendo sido fundada em 1984. Mesmo assim, a escola é a única entre as asiáticas a conseguir chegar no TOP 10 mundial de melhores instituições de ensino superior de Artes Performáticas da QS.

6 motivos para estudar em Hong Kong

A HKAPA se dedica a cursos de graduação e mestrado em cinco áreas do mundo das artes cênicas: Dança, Drama, Cinema e Televisão, Música e Artes Teatrais e de Entretenimento. Também existem cursos pós-secundários, que não garantem um título de bacharel.

Um ponto negativo da Academia de Artes Cênicas de Hong Kong é que por lá não existem opções de programas de doutorado, nem na modalidade profissional, nem na de pesquisa. Por outro lado, a escola se compromete em conseguir vagas para os alunos no mercado de trabalho.

O que é preciso para fazer faculdade de Artes Cênicas?

Os cursos de Artes Cênicas, chamados no exterior de Artes Performáticas, têm três pilares principais: atuação, canto e dança. Assim, uma pessoa formada no curso vai estar preparada para qualquer tipo de trabalho, podendo fazer desde filmes de heróis até grandes clássicos musicais.

Os cursos da área de Artes Performáticas costumam oferecer disciplinas de base para vários caminhos artísticos. Ainda assim, no geral, é possível escolher se aprofundar em um campo específico como apenas em música, dança ou atuação.

Uma das grandes vantagens de fazer cursos de artes cênicas no exterior é a possibilidade de se especializar em mais de uma área. Fora do Brasil é comum que os estudantes concluam dois majors (que são uma espécie de especialização dentro da graduação) ao mesmo tempo. Assim, você pode se formar em Literatura e Atuação, por exemplo, o que amplia suas possibilidades de emprego.

Majors e Minors: o que são?

Tanto se você optar por fazer dois cursos em um ou apenas um curso de artes cênicas, uma coisa é quase certa: você vai precisar de um portfólio. As seleções para os cursos de Artes no exterior costumam exigir que você demonstre habilidade para aquela área. Isso pode ser feito por meio de uma audição, por exemplo, de forma similar às provas de aptidão que acontecem nos cursos de Música no Brasil.

via GIPHY

Se você quer fazer um curso assim no exterior, também é preciso prestar atenção em outros fatores. Como as universidades internacionais levam em consideração o perfil dos alunos que vão ocupar aquela vaga, a chamada avaliação holística, é bom saber quais características os avaliadores estão buscando. Geralmente o candidato(a) ideal tem as seguintes qualidades:

  • Criatividade;
  • Capacidade de trabalhar em equipe;
  • Abertura para novas ideias;
  • Boa resposta ao recebimento de críticas;
  • Resiliência. 

Mas uma das principais vantagens de escolher Artes Cênicas é que você vai desenvolver outras características que podem ser levadas para a sua vida. Algumas delas são a capacidade de comunicação, o pensamento crítico e a autoconfiança.

Com o que você pode trabalhar quando se formar?

A maioria das pessoas buscam cursos de Artes Cênicas para se tornarem atores de cinema, teatro ou televisão. Porém, esse não é o único caminho profissional que você pode trilhar se escolher fazer esse curso. Na verdade, a faculdade de Artes Cênicas prepara os alunos para seguir diversas carreiras como:

1. Instrutor de dança, teatro, ou musicoterapia

A música, o teatro e a dança têm se tornado ferramentas em prol da saúde mental. Com um diploma de Artes Cênicas você pode ajudar as pessoas a se sentirem melhor com terapias que envolvam essas artes. Porém, antes de começar a dar cursos é preciso fazer uma especialização nesse ramo.

A lógica por trás desses trabalhos é parecida. Na Dramaterapia a ideia é fazer as pessoas conseguirem expressar suas emoções ao representarem personagens. Já a Musicoterapia faz com que as pessoas falem o que estão sentindo por meio das palavras da música. Enquanto isso, a Dançaterapia usa movimentos corporais para superar problemas emocionais e mentais.

2. Diretor

O diretor ou diretora de uma peça é a pessoa responsável por fazer uma história ganhar vida. Quem dirige uma produção instrui como todas as demais pessoas envolvidas devem agir para atingir o melhor resultado no final.

Geralmente a gente só lembra dos grandes diretores de cinema, né? No máximo pensamos nos diretores de séries de TV e de peças de teatro. Mas a verdade é que várias produções exigem o trabalho de um diretor, como peças publicitárias. Por isso, atuar neste ramo pode ser bastante interessante.

3. Roteirista

Assim como no caso dos diretores, a maioria das pessoas só se lembra dos roteiristas de histórias de ficção. O sonho de muita gente é poder ver suas próprias histórias sendo representada por atores de verdade. Mas não se pode deixar de lado o mercado publicitário, que também precisa de roteiristas.

Com a internet isso ganhou novas proporções e existem estúdios que contratam roteiristas para produzir vídeos de youtubers, por exemplo. Isso não quer dizer que você deva abandonar seu sonho de trabalhar com roteiros de ficção. Sempre é possível apresentar seus roteiros para produtores que se interessem em desenvolver sua história.

via GIPHY

4. Produtor

Ficar na frente das câmeras ou do palco pode ser mais glamoroso e reconhecido, mas para esse momento acontecer é preciso muito trabalho nos bastidores. É aí que entram os produtores. Eles são os responsáveis por “fazer acontecer”, desde o início de um projeto até a sua finalização.

Mesmo sendo pouco reconhecido pelo grande público, é o produtor que vai atrás de recursos que permitem que uma obra seja realizada. Esses profissionais também podem participar do processo de escolha dos atores, dos locais de filmagem e até de escolhas artísticas com o diretor. Por isso muitos dizem que os produtores são os verdadeiros donos de uma obra.

5. Professor

Dar aulas não é o que a maioria dos artistas sonha em fazer no futuro. Porém, esse é um excelente caminho a se seguir. É possível encontrar emprego em conservatórios, grupos de teatro e academias de dança. Além de estar em contato com a arte, você ainda vai inspirar outras pessoas.

Além disso, dar aulas para o nível básico e intermediário não é a única possibilidade. Se você escolher a licenciatura também pode se preparar para dar aulas para o ensino superior. Isso costuma envolver cursos de pós-graduação, mas quem sabe você não se torna professor(a) de uma das melhores escolas de Artes Cênicas do mundo?

Quais atores famosos fizeram faculdade de Artes Cênicas?

Mas se você só quer mesmo saber de se tornar um ator ou atriz famoso deve estar pensando: será que preciso mesmo fazer uma faculdade para isso? Bom, não é impossível conseguir uma carreira de atuação sem estudar. Porém, uma escola de artes cênicas pode te ajudar a construir um networking que facilita muito a sua carreira.

Além disso, o estudo vai te tornar um profissional muito mais preparado para passar nas audições. Afinal, além de talento, também é preciso ter técnica. Se ainda assim você está em dúvida, veja esses exemplos de atores famosos que fizeram faculdade de Artes Cênicas.

  • Anthony Mackie: o novo Capitão América dos filmes da Marvel começou sua carreira fazendo faculdade de Drama na Juilliard School.
  • Emilia Clarke: a eterna Daenerys Targaryen de Game of Thrones tinha se formado há pouco tempo pela Universidade de Artes de Londres quando conseguiu o papel para uma das maiores séries de TV de todos os tempos.
  • Meryl Streep: a atriz que já foi indicada 21 vezes ao Oscar e ganhou a estatueta três vezes (por enquanto) também fez faculdade. Meryl se formou em drama pela Vassar College e fez mestrado em Artes Dramáticas pela Yale.
  • Tom Hanks: também vencedor do Oscar, Tom Hanks estudou Teatro na Universidade de Sacramento, na Califórnia.
  • Viola Davis: uma das poucas artistas que pode se orgulhar de ter ganhado o Oscar, o Tony e o Emmy, Viola Davis fez bacharelado em teatro na Rhode Island College. Mas ela não parou por aí e fez uma pós-graduação na mesma área na Juilliard School.

via GIPHY

Como escolher o curso certo para você?

Agora você já sabe quais são as melhores faculdades de Artes Cênicas do mundo e o que você pode fazer com um diploma nesta área. Mesmo assim, a gente sabe que escolher uma carreira não é nada fácil. Se você ainda não tem certeza do que quer fazer na faculdade, venha conferir esse texto com os “7 passos para escolher o major ideal para você”. É só clicar aqui!