Majors e Minors: o que são?

O sistema de ensino nas universidades no exterior funciona de forma diferente em relação às instituições brasileiras. Se você já pesquisou um pouco sobre, provavelmente já deve ter ouvido falar em Majors e Minors. Mas você sabe exatamente o que é isso?

Bem resumidamente, Majors se refere ao curso de graduação ou bacharelado. A área que você quer se especializar e seguir uma carreira profissional quando terminar a faculdade é a sua Major. Exemplo: Matemática, Medicina, Psicologia, Direito, etc.

Já as Minors são aulas secundárias que podem estar relacionas ou não ao seu curso de graduação e servem como um complemento à sua formação principal. Geralmente são interdisciplinares e podem ou não ser obrigatórias. Depende muito da universidade escolhida. E também pode ser uma opção do estudante mesmo se ele se matricular em uma instituição que não exige esse tipo de complementaridade.

Existem dois tipos de Minors:                                   

Como dito acima as Minors podem ter relação com o curso de graduação. Nesse caso, elas podem acabar servindo como uma base para aqueles estudantes que pretendem se especializar em algo após a conclusão do curso. Por exemplo, um estudante de Jornalismo pode optar por uma Minor em Estudos Literários e assim já abrir um campo bem específico para a sua atuação jornalística no futuro.

Mas também existem casos de Minors independentes (freestanding Minors) que não tem relação direta com a major e que acabam atendendo mais aos desejos e interesses pessoais de cada estudante. Um aluno de Engenharia pode, por exemplo, optar por uma Minor em Artes Cênicas.

É bom ressaltar que para que o estudante curse qualquer Minor ele precisa estar obrigatoriamente matriculado em uma Major. E, após a conclusão do curso de graduação todas as Minors realizadas serão incluídas em seu currículo acadêmico.

Conseguiu entender a diferença básica entre Majors e Minors?

Optando por uma graduação no exterior você terá acesso a um mundo de possibilidades inimagináveis aqui no Brasil. Sabe aquele medo que algumas pessoas sentem em estudar um curso considerado “sem futuro”? Sabe aquelas pessoas que acabam fazendo cursos que não se identificam apenas pela estabilidade que eles podem oferecer?

Com as Majors e Minors esse tipo de problema pode passar bem longe da vida dos estudantes. Você sempre sonhou em estudar música mas sempre teve medo por causa da instabilidade da carreira? Que tal então estudar essa área em uma minor ao mesmo tempo em que se especializa em uma outra graduação?

São muitas as possibilidades e para ficar sabendo ainda mais sobre elas o ideal é procurar pelo apoio da nossa mentoria especializada. Faça agora mesmo o seu teste de perfil clicando aqui.

 

Rafael Cerqueira

Rafael Cerqueira

Jornalista de 26 anos que adora viajar. Baiano que já viveu em Minas, em São Paulo, em Portugal e na Argentina. Conhece 26 países e tem o sonho de conhecer muito mais. Acredita que o mundo é grande demais e o tempo muito curto pra ficarmos parados sempre no mesmo lugar.