Você já pensou em estudar no Canadá? Além de ser mais barato que os Estados Unidos, esse país também tem uma das melhores qualidades de vida do mundo. E como se não bastasse, ainda conta com instituições de ensino internacionalmente renomadas!

A seguir, você descobre quais são as melhores universidades do Canadá no ano de 2023.

Quais são as melhores universidades do Canadá?

O Canadá está entre os países com a melhor educação do mundo, seja no quesito ensino básico ou superior. No caso das universidades, 30 instituições canadenses aparecem entre as melhores do mundo da QS World University Rankings 2023.

Essa classificação é uma das mais respeitadas do segmento. Ela avalia mais de 5 mil universidades de todo o planeta segundo critérios como credibilidade acadêmica, empregabilidade e número de estudantes internacionais.

Ao todo, quase 1.500 instituições integram a lista final da QS das melhores universidades do mundo. O Canadá tem três universidades entre as 100 primeiras colocadas e 19 entre os 500 primeiros lugares. Segundo esta lista as melhores universidades do Canadá, atualmente, são:

1. Universidade de Toronto

Classificação QS: 21.ª melhor universidade do mundo

A Universidade de Toronto é uma instituição pública formada por 11 faculdades. Ela é conhecida internacionalmente pelo seu papel fundamental, através da Escola de Toronto, na criação de movimentos literários e teorias na área da comunicação.

O corpo discente da Universidade de Toronto também é bastante diverso, já que cerca de 20% dos alunos matriculados vêm de outros países. Ao todo, a instituição tem algo em torno de 90 mil estudantes, dos quais mais de 20 mil vieram de fora do Canadá.

Uma das principais vantagens de estudar em um dos mais de mil cursos de graduação e pós-graduação de lá é que você terá boas chances de emprego. Isso porque a UofT, como também é chamada, é a universidade com melhores taxas de empregabilidade do Canadá e a melhor universidade pública do continente americano neste quesito.

University of Toronto University of Toronto

2. Universidade McGill

Classificação QS: 30.ª melhor universidade do mundo

A Universidade McGill ainda não é tão famosa no Brasil quanto outras instituições canadenses. Apesar disso, ela é uma das instituições mais tradicionais do Canadá, tendo sido fundada em 1821.

Localizada na cidade de Montreal, na província do Quebec, a McGill está entre as universidades mais prestigiadas do país. Por isso mesmo, não é de se estranhar que ela tenha diversos alunos notáveis em vários ramos. Um exemplo é o primeiro-ministro canadense Justin Trudeau.

A universidade também atrai milhares de estudantes de todo o mundo. Ao todo, o corpo discente tem aproximadamente 40 mil. Destes, cerca de 30% são estudantes internacionais de mais de 150 países. Além disso, a McGill também é dona da maior porcentagem de estudantes de doutorado entre todas as instituições de ensino canadenses.

McGill University McGill University

3. Universidade de Columbia Britânica

Classificação QS: 34.ª melhor universidade do mundo

A Universidade de Colúmbia Britânica (UBC) é uma instituição pública com uma excelente reputação entre acadêmicos e empregadores. Ela sempre se classifica entre as melhores do Canadá e, nas últimas três edições do QS World University Ranking ela também está entre as 50 melhores do mundo.

A universidade conta com um dos corpos docentes mais internacionalizados do Canadá. Ao todo, mais de 18 mil professores e funcionários da universidade são de diferentes lugares do mundo. O corpo discente também é diverso. Ao longo dos anos, a UBC reuniu mais de 375 mil ex-alunos de cerca de 160 países.

Atualmente, mais de 70 mil pessoas estudam na Universidade de Colúmbia Britânica. Os estudantes se dividem entre os campos de Vancouver e de Okanagan. Esses alunos podem escolher entre mais de 250 programas de ensino que abrangem 10 áreas de estudo, indo desde as ciências humanas e sociais até ciências naturais e da saúde.

4. Universidade de Alberta

Classificação QS: 111.ª melhor universidade do mundo

A Universidade de Alberta é uma das principais universidades públicas de pesquisa intensiva do mundo. Tem uma reputação de excelência principalmente nas áreas de Humanidades, Ciências, Artes Criativas, Negócios, Engenharia e Ciências da Saúde.

A instituição fica em uma província menos conhecida para nós, brasileiros: Alberta. Ao todo, são cinco campi. Quatro desses ficam na cidade de Edmonton, a capital da província, enquanto o quinto está há cerca de 100 quilômetros dos demais, na cidade de Camrose, que tem pouco mais de 20 mil habitantes.

Com um orçamento bilionário, a Universidade de Alberta tem mais de 100 centros de pesquisa, além de parcerias com outras universidades do mundo. Quem quiser estudar por lá, pode escolher entre mais de 500 programas de pós-graduação e mais de 200 de graduação.

Biblioteca da University of Alberta Biblioteca da University of Alberta

5. Universidade de Waterloo

Classificação QS: 112.ª melhor universidade do mundo

Assim como a Universidade de Toronto e a McMaster, a Universidade de Waterloo também fica na província de Ontário.

Essa instituição tem um foco maior em áreas de STEM, ou seja, Ciências Naturais, Tecnologia, Engenharia e Matemática.

Quando foi criada, em 1957, existiam apenas cursos de engenharia. Hoje, a universidade tem seis faculdades: Arte, Engenharia, Saúde, Meio Ambiente, Matemática e Ciência. Porém, o campo das STEM segue se destacando, já que o melhor curso de instituição é o de Ciências da Computação.

Atualmente, a Universidade de Waterloo conta com aproximadamente 52 mil alunos. Destes, 4.500 vieram de outros países. Um dos motivos para escolher esta universidade são seus índices de emprego. A instituição se classificou na 24.ª posição no índice de empregabilidade da QS.

6. Universidade Western

Classificação QS: 114.ª melhor universidade do mundo

Fundada em 1878 com apenas quatro faculdades, hoje a Universidade Western é uma das mais reconhecidas do Canadá. A instituição também fica em Ontário, mais especificamente na cidade canadense de Londres, a menos de 200 quilômetros de Toronto.

Hoje, a Universidade Western tem 12 faculdades que oferecem cursos em diferentes campos de ensino. Ao todo, são mais de 42 mil alunos que estudam em um dos programas de graduação, mestrado ou doutorado da universidade.

Ao contrário das outras instituições canadenses, na Universidade Western, grande parte dos alunos internacionais buscam a universidade para fazer uma graduação. Dos quase 4.500 estudantes estrangeiros, 2.952 fazem cursos de graduação, enquanto apenas 686 cursam um PhD.

A Universidade Western pode não ser a primeira opção dos alunos quando o assunto é pesquisa, mas ela vale a pena para quem quer uma vaga no mercado. Segundo dados da instituição, mais de 90% de seus ex-alunos conseguem um emprego em até seis meses após a formatura.

7. Universidade de Montréal

Classificação QS: 141.ª melhor universidade do mundo

A Universidade de Montreal (UdeM) é uma instituição pública com aulas ministradas em francês. Seu campus fica localizado no coração de uma das cidades mais atraentes do mundo para estudantes: Montreal.

Essa universidade é uma das instituições mais desejadas por estrangeiros em todo o país. Dos quase 70 mil alunos, cerca de 10 mil são estrangeiros. 

Além dos mais de 600 programas de ensino, a Universidade de Montreal também é reconhecida por sua pesquisa. São 465 unidades de pesquisa e mais de 610 milhões de dólares canadenses gastos nesta área.

8. Universidade de Calgary

Classificação QS: 182.ª melhor universidade do mundo

A Universidade de Calgary fica em uma cidade com o mesmo nome localizada na província de Alberta. Inclusive, a título de curiosidade, essa cidade é considerada um dos melhores lugares para se empreender no Canadá, além de estar na lista das mais diversas do país.

Embora tenha poucos anos de história, já que surgiu em 1966, a Universidade de Calgary já é bastante reconhecida. Hoje, cerca de 90% de seus alunos conseguem empregos depois de conquistar um diploma na instituição.

Quem decide estudar na Universidade de Calgary pode escolher entre 250 programas de graduação ou pós-graduação oferecidos pelas 14 faculdades da instituição. Atualmente, 33 mil alunos estão matriculados na universidade, sendo 26 mil na graduação e 6 mil na pós.

9. Universidade McMaster

Classificação QS: 189.ª melhor universidade do mundo

A McMaster é uma universidade conhecida pela forma como expande as fronteiras do conhecimento através de abordagens inovadoras de ensino, aprendizagem e pesquisa interdisciplinar de qualidade internacional.

Ela foi fundada em 1887 na cidade de Toronto. Hoje, a Universidade McMaster ensina mais de 33 mil alunos, sendo a maioria deles de graduação. Além disso, cerca de 13% dos estudantes vêm de mais de 120 países, a maioria deles para estudar nos cursos de pós-graduação.

A pesquisa é uma das especialidades da Universidade McMaster. A instituição possui mais de 70 centros de pesquisas em diversas áreas. Como consequência do trabalho desenvolvido na instituição, quatro pessoas associadas à McMaster já receberam o prêmio Nobel, incluindo dois na área de Física.

10. Universidade de Ottawa

Classificação QS: 203.ª melhor universidade do mundo

A Universidade de Ottawa, como indica o próprio nome, fica na capital canadense. Ela surgiu da forma como é hoje ainda em 1865 como fruto do trabalho de missionários batistas apoiados por comunidades indígenas locais.

Devido a essa história, não é de se estranhar que o lema da universidade seja “Deus é senhor da ciência”. Ainda assim, desde 1865, a universidade é totalmente independente de qualquer vinculação religiosa.

Hoje, a Universidade de Ottawa é uma universidade pública que oferece tanto cursos de graduação quanto de pós-graduação. São mais de 42 mil estudantes, sendo que cerca de 37 mil deles são alunos de graduação.

Um fato curioso sobre a Universidade de Ottawa é que ela é a maior universidade bilíngue do mundo. Segundo a instituição, 70% de seus cursos são lecionados em inglês e os outros 30% em francês. 

Quanto custa estudar nas melhores universidades do Canadá?

Assim como acontece na Inglaterra, no Canadá, mesmo as universidades públicas cobram taxas de seus estudantes. Geralmente, os valores são pagos uma vez ao ano. O que muda é a quantia, que pode variar conforme seu curso e sua nacionalidade.

Em geral, estudantes estrangeiros podem cursar as mesmas graduações e pós-graduações que os alunos canadenses. Porém, quem vem de fora do país paga valores bastante superiores do que aqueles desembolsados pelos nativos.

A vantagem é que existem bolsas disponíveis para todos os níveis no Canadá. Em geral, as oportunidades mais vantajosas são para os alunos de pós-graduação. Nesses casos, é possível encontrar bolsas no estilo full-ride, que cobrem todos os seus custosenquanto estiver no exterior.

A seleção para esses auxílios costuma levar em conta o desempenho do estudante ao longo de sua vida acadêmica. Porém, também existem oportunidades para pessoas que necessitam de ajuda financeira para arcar com os custos de estudar no Canadá.

Como fazer faculdade no Canadá?

Essas são as melhores universidades do Canadá. Deu vontade de estudar em alguma delas? Saiba que isso é muito possível, desde que você tenha o conhecimento, a preparação e a estratégia necessária. Isso, claro, com uma boa dose de dedicação.

Então, se você está disposto(a) a se dedicar, pode contar com a Escola M60, a maior escola de preparação para intercâmbios do país. Lá você vai poder se preparar com mentores especializados que já estudaram nas melhores universidades do mundo.

São mais de mil aulas que te ensinam como estudar nas melhores universidades do Canadá e ouros países, seja na sua graduação ou pós-graduação. E você ainda tem acesso a uma plataforma exclusiva de bolsas para encontrar a melhor oportunidade para você!

Tá esperando o quê? Faça agora mesmo o teste de perfil e transforme a sua história! É só clicar aqui!

*Este texto foi escrito por Rafael Cerqueira (2019), Ana Resende Quadros (2022) e Ana Clara Reis (2023)