Fechando o top 10 de melhores universidades do mundo de acordo com o QS World University Rankings está a Universidade de Chicago. Mas o que faz essa universidade ser tão bem conceituada? É o que vamos te mostrar aqui! Só um spoiler: ela é uma das maiores referências em Economia no mundo!

Quase 130 anos de história

A Universidade de Chicago foi fundada ainda no século XIX, em 1890. E desde sua criação ela tem a premissa de ser uma instituição inclusiva. O comitê fundador estabeleceu que a instituição seria uma universidade comprometida com a qualidade do ensino e também com oportunidades para pessoas de todas as origens e de ambos os gêneros. A proposta, então, era criar uma instituição que unisse tanto o modelo mais “colegial” de graduação britânico com o modelo alemão de graduação em pesquisa.

Para a construção, uma quantia de 600 mil dólares (US$25 milhões, em valores atualizados), foi doada por John D. Rockefeller, famoso empresário do ramo petroleiro. Além dessa quantia, a universidade teve o apoio também da American Baptist Education Society. As terras onde a Universidade foi construída, por sua vez, foram cedidas pelo empresário do comércio Marshall Field.

Até 1910, a Universidade já havia criado uma forte identidade. Isso inclui o brasão de armas, que apresenta uma fênix emergindo das chamas. Além disso, foi estabelecido também  um lema em latim: “Crescat scientia; vita excolatur” (“Que o conhecimento cresça sempre; que a vida se desenvolva”). Em 1894, o marrom se tornou a cor oficial da Universidade.

Baixe o nosso e-book e descubra quais são as 10 melhores universidades do mundo

Universidade de Chicago: TOP 10 nos EUA 1

Reputação e vanguarda

A Universidade de Chicago esteve muitas vezes a frente de grandes inovações e descobertas. Os pesquisadores de lá desempenharam um papel importante no desenvolvimento de muitas disciplinas acadêmicas, incluindo Economia, Direito, Matemática e Sociologia. Além disso, foi lá que surgiu a escola de behaviorismo da ciência política, estabelecendo a Escola de Chicago em várias áreas.

A instituição produziu muitos ex-alunos, professores e pesquisadores importantes. Entre eles, por exemplo, estão o astrofísico Carl Sagan, a escritora Susan Sontag, o economista Milton Friedman e a coreógrafa e antropóloga Katherine Dunham. 

Até 2018, 98 ganhadores do Prêmio Nobel foram afiliados à universidade, seja como professores, estudantes ou funcionários. Isso torna a Universidade de Chicago uma das instituições com as maiores concentrações de ganhadores do Prêmio Nobel no mundo. Além disso, mais dezenas de outros prêmios já foram concedidos a membros da universidade. Da mesma forma, 16 bilionários e uma infinidade de membros do Congresso dos Estados Unidos e chefes de estado de países em todo o mundo estudaram por lá.

Os campi e a estrutura da Universidade de Chicago

O campus principal da Universidade de Chicago consiste em 87 hectares nos bairros de Hyde Park e Woodlawn em Chicago. Ele fica localizado aproximadamente 12 km ao sul do centro da cidade. As partes norte e sul do campus são separadas pelo Midway Plaisance, um grande parque criado para a World’s Columbian Exposition de 1893. Além do campus principal, vários outros campi satélite, sendo um deles em Londres e o outro em Hong Kong, fazem parte da Universidade.

Além dos campi, a Universidade de Chicago é responsável também pela administração do Fermi National Accelerator Laboratory e do Argonne National Laboratory, além do Laboratório Biológico Marinho. A instituição também abriga a University of Chicago Press, a maior editora universitária dos Estados Unidos.

Universidade de Chicago: TOP 10 nos EUA 2

Além de ser uma referência em Economia, a Universidade de Chicago também se destaca em diversas outras áreas. Tenho certeza que você pode encontrar o seu lugar por lá! Mas antes, você tem que se preparar e conquistar sua vaga. Para isso, a nossa mentoria especializada está a postos! Faça agora mesmo o seu teste de perfil clicando aqui e junte-se ao nosso time de mentorados!  


Matheus Tomoto

Matheus Tomoto

Estudou em escola pública, aprendeu inglês sozinho em 3 meses, foi aceito nas 10 melhores faculdades dos Estados Unidos, trabalhou no MIT (melhor faculdade de tecnologia do mundo), é embaixador da Youth Assembly no Brasil, recebeu proposta da NASA e é ex-fellow de HARVARD. É escritor, palestrante e mentor de pessoas que desejam buscar sua oportunidade no exterior.