Muitas pessoas que sonham em estudar fora do Brasil acabam tendo a questão do conhecimento em outros idiomas como um empecilho. Nesses casos, Portugal acaba se apresentando como uma opção interessante, por contar com boas universidades e não oferecer esse problema da barreira do idioma. Mas é possível estudar em Portugal com bolsa?

Essa é uma pergunta bem complexa de responder. Em termos práticos, sim, é possível! No entanto, quando comparamos o número de oportunidades de bolsas oferecidas para estrangeiros em Portugal com outros países, vemos que a oferta por lá é infinitamente menor.

Ainda assim, Portugal conta com alguns programas de bolsas que podem ser acessados por estudantes estrangeiros, inclusive brasileiros. Além disso, também é possível conseguir bolsas para estudar em Portugal a partir de órgãos, instituições privadas e/ou universidade brasileiras, através dos programas de intercâmbio acadêmicos. Descubra mais sobre essas oportunidades abaixo!

estudar-em-portugal-com-bolsa-lisboa
Foto/Unsplash

É possível estudar em Portugal com bolsa?

Bolsas da Fundação para a Ciência e a Tecnologia

A Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FTC) é um órgão do Ministério da Educação e Ciência de Portugal que avalia e financia atividades de investigação científica no país em todas as áreas científicas, com especial destaque para os campos das Ciências Exatas, Naturais, Humanas e Sociais.

Anualmente essa fundação promove concursos para envio de projetos que concedem bolsas de estudos para os melhores colocados. Os estudantes brasileiros podem concorrer tanto para as bolsas nacionais (se forem beneficiários do Estatuto de Igualdade de Direitos e Deveres) quanto para as mistas, que são destinadas à estudantes portugueses e estrangeiros.

O Estatuto de Igualdade de Direitos e Deveres, conhecido apenas como Estatuto da Igualdade, é um acordo assinado entre Brasil e Portugal que garante aos brasileiros em Portugal e aos portugueses no Brasil a igualdade de direitos e deveres.

As oportunidades desse programa são oferecidas para estudantes de graduação, mestrado e doutorado. A nível de doutorado, o valor da bolsa oferecida na última edição (de 2020) era de 1600 euros por mês. Já a nível de graduação e mestrado, esse valor era de 1064 euros mensais.

As inscrições, que geralmente começam no início de cada ano, exigem a apresentação de uma proposta de projeto, currículo acadêmico e experiência profissional. Ainda dentro da proposta da FTC, também é disponibilizado o concurso para Bolsas de Licença Sabática.

Essa iniciativa é voltada para estudantes de doutorado em regime de licença sabática, que trazendo para termos mais brasileiros, seria mais ou menos como um doutorado sanduíche, quando um estudante passa determinado período de tempo desenvolvendo parte da sua pesquisa em uma universidade do exterior.

Bolsas do Consulado Geral de Portugal e CAPES

A  bolsa de estudo Luso-Brasileira é uma parceria do Consulado Geral de Portugal com o a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).

Esse programa oferece bolsas para estudantes de doutorado, doutorado sanduíche, pesquisa pós-doutoral, estágio sênior, apoio a eventos no exterior e programas de áreas estratégicas. Os valores do auxílio podem chegar a 1300 euros mensais a nível de doutorado.

Para concorrer nesse programa é necessário ter uma carta de aceite/convite de um investigador ou instituição de ensino e/ou pesquisa de Portugal.

Bolsas oferecidas por universidades portuguesas

Também é possível estudar em Portugal com bolsa através do apoio de algumas universidades locais que oferecem auxílios específicos para estudantes estrangeiros, através dos seus respectivos serviços sociais. No entanto, cada uma dessas bolsas conta com diferentes pré-requisitos, de acordo com cada instituição.

É importante lembrar que não necessariamente essas bolsas são integrais e muitas vezes nem cobrem o valor das anuidades do curso escolhido. É mais comum, por exemplo, encontrar apoio financeiro em forma de isenção total ou parcial na hospedagem universitária, auxílio para alimentação ou ajuda de custo para despesas básicas, entre outras coisas.

O que é recomendado para qualquer pessoa que tenha interesse em estudar em uma universidade portuguesa é checar diretamente com a instituição se ela oferece algum auxílio do tipo para estudantes não portugueses.

Ainda que menos comum, algumas universidades oferecem bolsas de desconto no valor do curso. É o caso, por exemplo, do Instituto Politécnico de Leiria, que dispõe bolsas de até 50% no valor das anuidades dos seus programas de graduação e mestrado.

Nessa instituição são oferecidas três modalidades de bolsas: as de Mérito (para todos os estudantes); as de Cooperação para o Desenvolvimento (exclusivas para candidatos de países de língua portuguesa); e as de Tecnologia (para candidatos dos programas de Engenharia Civil, Engenharia e Gestão Industrial, Biotecnologia e Engenharia da Energia e do Ambiente).

Outra instituição que oferece descontos generosos no valor das anuidades para estrangeiros é a Universidade de Aveiro. Clique aqui para conferir o texto que escrevemos sobre o programa de bolsas dessa instituição.

estudar-em-portugal-com-bolsa-porto
Foto: Pedro Hernández/Unsplash

Bolsas Erasmus

Existem ainda outras oportunidades de programas específicos para estudar em Portugal com bolsa. Uma delas são as bolsas do programa Erasmus Mundus, que é uma iniciativa focada em mestrado e atende tanto estudantes da Europa quanto de outros países do mundo.

Na estrutura do Erasmus Mundus, que oferece programas em diferentes áreas, os estudantes selecionados fazem o curso (que geralmente tem duração de 2 anos) em diferentes universidades da Europa ao longo do programa.

Um exemplo é o programa Kino Eyes, na área de Cinema, que é uma parceria entre 4 instituições de ensino de Portugal, Reino Unido, Estônia e Irlanda. Se quiser conhecer um pouco da estrutura dos programas de metrado do Erasmus, confira essa entrevista que fizemos com a brasileira Maria Natália Alcântara, que estuda Arquitetura através dessa iniciativa.

Uma questão importante dos programas Erasmus é que a proficiência em inglês é um requisito fundamental, que deve ser comprovada por teste de proficiência. Ou seja, se você pensa em Portugal como uma alternativa por conta do pouco domínio no inglês, essa não será a melhor oportunidade no seu caso.

Bolsas do Santander

Você também pode estudar em Portugal com bolsa através do programa de Bolsas Santander Ibero-Americanas, uma iniciativa que oferece auxílios financeiros de formação acadêmica e pesquisa científica em vários países.

Nesse caso é necessário já estar estudando em uma universidade brasileira e verificar se ela é uma das instituições nacionais beneficiadas pelo programa. Ou seja, esse não é uma iniciativa que te levará para fazer toda a sua faculdade lá fora, mas apenas parte dela. E as disciplinas que forem cursada em Portugal devem ser aproveitadas aqui.

As bolsas desse programa chegam a até 3 mil euros e devem ser utilizadas para despesas com a viagem, acomodação e alimentação. Ficou interessado por essa oportunidade? Então clique aqui para saber mais.

Universidade do Intercâmbio

Agora você já sabe que é possível estudar em Portugal com bolsa, ainda que as oportunidades não sejam tão numerosas como em países como Estados Unidos e Canadá. Tem vontade de estudar por lá? Então comece a se preparar desde agora com o apoio da nossa mentoria especializada. Quer saber como? Clique aqui para fazer o nosso teste de perfil e entrar para o nosso time de mentorados.


Rafael Cerqueira

Rafael Cerqueira

Jornalista de 26 anos que adora viajar. Baiano que já viveu em Minas, em São Paulo, em Portugal e na Argentina. Conhece 26 países e tem o sonho de conhecer muito mais. Acredita que o mundo é grande demais e o tempo muito curto pra ficarmos parados sempre no mesmo lugar.

+100 aulas sobre intercâmbios por apenas 99 centavos
+100 aulas sobre intercâmbios por apenas 99 centavos