BOLSAS IDIOMAS PROVAS UNIVERSIDADES INSPIRAÇÃO TESTES RESUMÃO DA SEMANA MUNDO ESTUDAR FORA TRABALHAR FORA NOTÍCIAS

Honors: o que são?

Se você está de olho em aplicar para uma universidade no exterior, já deve ter ouvido falar de honors e como colocá-las na sua aplicação. Mas para tirar todas as suas dúvidas de uma vez por todas, preparamos esse artigo!

As honors são premiações e honrarias que você conquistou por ter se destacado em alguma competição, evento ou outra ação. Geralmente, honors são ligadas a algum destaque que você obteve quando você está sendo comparado com outra pessoa. Podem ser conquistas, principalmente acadêmicas, que você teve do 9.º ano do ensino fundamental até o 3.º ano do Ensino Médio.

honors(Keira Burton/Pexels)

É por isso que as honors são mais comuns de acontecerem em eventos ou competições, como um concurso de melhor texto, melhor projeto de robótica ou melhor resultado em um exame. Também pode ser algo como: conquistei a melhor média de notas da minha turma. Nem todas as honors são de primeiro lugar, mas mostram que você faz parte dos melhores.

Um bom exemplo são as olimpíadas de conhecimento (como a Olimpíada Brasileira de Matemática). Nesses casos, os premiados vão do primeiro ao terceiro lugar, além daqueles que podem receber menções honrosas. Por isso, se você também recebeu uma medalha, seja de ouro, prata ou bronze, deve colocar como honor. 

Além das conquistas acadêmicas, você também deve citar as honrarias esportivas. Elas, com certeza, vão enriquecer seu currículo e sua aplicação para estudar fora. A conquista de medalhas em esportes, como em corridas, natação e vôlei por exemplo, podem ser sim citadas como honors. Mas é preciso uma atenção especial: as honors não podem ser muito antigas: devem ser a partir do 9º ano do ensino fundamental para serem consideradas. 

O que NÃO são honors?

Por outro lado, conquistar uma bolsa de estudos ou isenção da taxa de matrícula ou da mensalidade na escola não são consideradas honors. É importante ficar atento para não confundir as honras e outras conquistas que, apesar de serem muito boas, não se encaixam nos critérios, portanto, não devem ser citadas como honors. No caso das bolsas ou das isenções, você pode relatar junto às experiências acadêmicas, mas não como uma honraria

Outra dúvida muito comum é: o que diferencia honor da extracurricular? De forma bem simples, as atividades extracurriculares podem resultar em honors. Mas não são a mesma coisa! É que quando você realiza uma atividade extra, você pode se destacar nela e conquistar uma medalha ou premiação.

Por exemplo, participar de uma simulação da ONU (Organização das Nações Unidas) é uma extracurrícular (muito boa, inclusive), e ganhar uma medalha de Melhor Delegado na simulação que você participou já é uma honor. Podemos dizer que a atividade extracurricular pode ser um processo que vai resultar em uma honor!

(Charlotte May/Pexels)

Por que honors são importantes?

Honnors são ótimas formas de se destacar no seu application. É que não é todo mundo que recebe uma premiação como essa. Portanto, se você tem alguma honor deve, sim, citá-la na sua aplicação para chamar a atenção para a sua liderança e protagonismo. 

E uma dica é que o Common App, a plataforma de aplicação das universidades dos Estados Unidos, só tem espaço para inserir 5 honors. Assim sendo, se você tiver mais do que isso, vai ter que selecionar as 5 melhores ou aquelas que você acredita que mais se destacam para inserir na inscrição. 

Já na seção de “informações adicionais”, você pode colocar as demais. E sua honor não precisa ser internacional não, viu? É que pode ser escolar, regional, nacional ou até mesmo mundial, mas todas elas são importantes!

Não tenho honors, e agora? 

As honors não são obrigatórias na sua aplicação. Apesar disso, são boas para mostrar seu potencial. Isso porque você conquista uma honor sendo comparado com outras pessoas que se destacam naquela área e você recebe a premiação por ser um dos melhores ou até mesmo o melhor.Então, as honors podem ser “a cereja do bolo” durante a sua aplicação!

Por isso, se você não tem nenhuma honor, mas gostaria de ter para chamar atenção na sua aplicação, a melhor forma de conseguir é participar de ações em uma área que você se identifica. Então, podemos dizer que o primeiro passo é identificar quais são suas afinidades, quais são os setores do conhecimento que você mais tem facilidade e interesse. 

E por que isso? Justamente porque as honors são conquistas que te posicionam como um destaque naquela área. Portanto, se você gosta de relações internacionais, língua portuguesa, física, química ou outra área, a dica é encontrar as competições nesse setor. Além de serem uma boa chance de se dedicar um pouco mais àquilo que você já gosta, as chances do seu desempenho ser melhor também aumentam!

E onde conquistar minhas honors?

Se você está entre o 9.º ano do ensino fundamental e o 3.º ano do Ensino Médio, pode conquistar honors para a sua aplicação para a graduação no exterior! E para facilitar esse processo, separamos aqui algumas olimpíadas de conhecimento para você ficar de olho.

As olimpíadas de conhecimento são uma forma bastante interessante de conquistar honors, porque o prêmio significa estar entre os melhores alunos de todo o nosso país. Além disso, elas são realizadas por áreas, ou seja, você pode participar daquelas que têm mais a ver com o seu perfil. Portanto, confira algumas opções:

1. Olimpíada Nacional de História do Brasil (ONHB)

A Olimpíada Nacional em História do Brasil é um projeto de extensão da Universidade Estadual de Campinas, desenvolvido pelo Departamento de História por meio da participação de docentes, alunos de pós-graduação e de graduação.

Podem participar os alunos do oitavo e nono anos do ensino fundamental ou no Ensino Médio que vão compor uma equipe de 3 estudantes Eles devem ser orientados por um professor de História. São 6 fases online e uma fase final presencial.

2. Olimpíada Brasileira de Astronomia e Aeronáutica (OBA)

A Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica e a Mostra Brasileira de Foguetes são duas competições que acontecem anualmente. Em 2022, será realizada a 25ª edição da OBA e a 16ª edição da MOBFOG. Ambos são eventos abertos à participação de escolas públicas ou privadas.

Podem participar da OBA e da MOBFOG alunos do primeiro ano do ensino fundamental até alunos do último ano do Ensino Médio, sendo que a MOBFOG também está aberta para alunos do ensino superior.

3. Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR)

A Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR) é uma das olimpíadas científicas brasileiras. O objetivo é estimular os jovens às carreiras científico-tecnológicas, identificar os mais talentosos e promover debates e atualizações no processo de ensino-aprendizagem brasileiro.

Podem participar todos os estudantes de qualquer escola pública ou privada do Ensino Fundamental, Médio ou técnico, em duas modalidades: Prática e Teórica.

4. Canguru de Matemática

São mais de 3 mil escolas que participam a cada ano. A competição é realizada por uma associação internacional, a Canguru sem Fronteiras. No total, são 6 níveis de prova, do 3.º ano do Fundamental até o 3.º ano do Ensino Médio. Podem participar todos os alunos das escolas públicas e privadas brasileiras, desde que suas escolas sejam responsáveis por realizar a inscrição para o Concurso.

5. Olimpíada Brasileira de Linguística (OBL)

A cada edição, a OBL recebe uma nova ênfase. Desde 2016, ela é dividida em quatro fases e o mais legal é que a última etapa tem caráter mundial! Os problemas de linguística são um gênero textual específico, que envolvem um conjunto de informações sobre alguma língua ou código e o desafio de entender fenômenos linguísticos ou semióticos a partir delas. 

Não é preciso saber nenhuma outra língua, porque segundo a OBL os problemas são resolvidos com base na investigação e lógica! E podem participar todos, independente da idade, desde que não estejam matriculados no ensino regular. 

  • Fase 1 em agosto/setembro: prova online contendo 24 questões de múltipla escolha com temas linguísticos diversos, envolvendo vídeos, músicas e imagens. 
  • Fase 2 em outubro/novembro: prova com 6 questões discursivas, envolvendo desvendar um conjunto de fenômenos linguísticos. Normalmente acontece em polos credenciados.
  • Fase 3 no outono: os cerca de 60 estudantes mais bem colocados na categoria Regular, para uma semana intensiva em uma das universidades parceiras da OBL. 
  • Fase 4 em julho: Olimpíada Internacional de Linguística com provas individuais e em equipe.

6. Olimpíada Nacional de Ciências (ONC)

Essa olimpíada é voltada para os interessados em ciências! Podem participar todos os estudantes das escolas públicas ou particulares, do 6.º ano do Ensino Fundamental à 3.ª série do Ensino Médio, além dos estudantes da 4.ª série do Ensino Técnico e que não tenham ingressado em curso superior. 

Para cada nível de ensino, serão aplicadas provas específicas referentes aos conteúdos já aprendidos. Portanto, são provas diferentes. A inscrição é completamente gratuita, e podem participar os estudantes de escolas em que houver pelo menos um professor credenciado. A olimpíada se divide na primeira e segunda fase, e você só participa da segunda etapa, se for classificado na primeira!

Além disso, você pode conquistar honors em eventos mundiais, como em simulações da ONU. É que, dependendo do seu desempenho, você pode receber uma honraria!

Honors podem ser o seu diferencial!

Uma informação bastante importante é que as honors não costumam vir até você. É preciso ser proativo e se inscrever em eventos e ações que possam resultar em uma honraria, medalha, menção honrosa e demais premiações que vão ser relevantes para você. 

Um caso que costuma ser exceção é para as honors relacionadas diretamente ao seu desempenho acadêmico na escola, como prêmio de melhor aluno da turma. Porém, podemos dizer que, de forma geral, é preciso “ir atrás” das oportunidades de honors e realmente se dedicar aos projetos ou competições para recebê-las.

Por isso, não tenha medo de pesquisar e procurar por atividades que podem trazer honors à sua aplicação, mas também a toda sua trajetória acadêmica. Na prática, se você tem interesse em determinada área, como ciências, pode procurar no Google por “competição de ciências para estudantes” e assim por diante, dependendo de qual é sua maior habilidade.

(RODNAE Productions/Pexels)

Por que receber uma honor é relevante?

Como vimos a honor é como se fosse um mérito ou uma premiação por um desempenho excepcional em alguma atividade! Por isso mesmo, a honor é uma grande chance de se destacar na sua aplicação. Afinal, para conquistá-la, houve uma competição na qual você se destacou.

Por isso, se você tem participações em eventos, ações, atividades etc. que resultem em uma premiação e um reconhecimento para os melhores, pode considerar citá-los na sua aplicação. 

E é possível receber honors em diversas áreas, seja de humanas, exatas ou biológicas. Por isso, independentemente de qual seja a sua área de estudo, você pode (e deve!) se destacar nela para conquistar suas honrarias!

Dessa forma, uma dica é investir em atividades curriculares que sejam do seu interesse e que você tenha uma certa facilidade. Porque essas atividades podem te ajudar a receber um prêmio ou reconhecimento.

E para se preparar da melhor forma para conquistar suas honors ou indicá-las da maneira adequada na sua aplicação, nada melhor do que contar com quem entende do assunto, não é mesmo? Com mais de 900 aulas e uma equipe especializada que revisa toda sua aplicação, a nossa mentoria M60 pode ser a chave para transformar seu sonho em realidade! Não perca tempo e faça agora mesmo o seu teste de perfl gratuito!

teste de perfil

Posts relacionados

Elaine Maciel
AUTOR

Jornalista mineira que veio de Baependi – uma cidade de 20 mil habitantes, e sempre quer ampliar seus horizontes. Do interesse em livros, séries e culturas diferentes, veio a vontade de conhecer, escrever e informar.

18 Fev 2023

Postagens recentes
7 fatos sobre a Irlanda

Curiosidades que você provavelmente não sabe sobre este destino encantador!

Ana Clara Reis
21 Fev 2024