Se você quer estudar francês, nada melhor do que aprender com os melhores professores: o franceses! Para conseguir isso, uma ótima alternativa é fazer sua graduação diretamente na terra das baguetes. Pensando nisso, trouxemos aqui as melhores universidades da França, de acordo com o QS World University Rankings 2020. Assim você vai poder decidir onde vai querer fazer seu intercâmbio no país. Confira!

Melhores universidades da França

A-Université-PSL-é-a-primeira-entre-as-melhores-universidades-da-França

Université PSL: a primeira entre as melhores universidades da França

Posição no ranking da QS: 53º

Fundada muito recentemente, em 2010, a Université PSL (Paris Sciences & Lettres) ocupa a primeira posição entre as melhores universidades da França, sendo uma união de diversas faculdades e escolas francesas. Dessa forma, a instituição cobre todas as áreas do conhecimento: desde Ciência e Engenharia, até Artes, Humanidades e Ciências Sociais. Localizada principalmente no Latin Quarter, em Paris, atualmente a universidade conta com mais de 17 mil estudantes e 4500 pesquisadores.

A universidade oferece uma educação baseada principalmente na pesquisa e no ensino multidisciplinar. Os alunos e professores da instituição têm acesso a 92 bibliotecas especializadas e gerais, bem como arquivos, bancos de dados e revistas online. O orçamento anual da universidade é de 750 milhões de euros (mais de R$3 bilhões!).

Melhores universidades da França: TOP 4 1

École Polytechnique

Posição no ranking da QS: 60º

A École Polytechnique, também chamada pelo apelido “l’X”, foi fundada em 1794 e é um instituto francês que combina pesquisa, ensino e inovação de alto nível, sempre na vanguarda da Ciência e da Tecnologia. Localizada também em Paris, ela fica no Palaiseau, nos subúrbios da cidade. 

Hoje em dia a universidade recebe cerca de 3 mil estudantes, que passam por um processo seletivo bastante rigoroso para conseguir uma vaga. Ela também é parte da Universidade Paris-Saclay, um importante grupo científico que reúne as principais instituições de pesquisa e ensino superior francesas.

Melhores universidades da França: TOP 4 2

Sorbonne Université: a mais clássica entre as melhores universidades da França

Posição no ranking da QS: 77º

A Sorbonne Université também é uma universidade fundada muito recentemente, em 2018. Ela nasceu da junção de duas outras instituições: a Universidade Paris-Sorbonne e a Universidade Pierre & Marie Curie. Com essa junção, hoje a instituição conta com cerca de 10 mil funcionários (entre professores e técnicos administrativos) e quase 56 mil estudantes. Desses alunos, mais de 10 mil são intercambistas.

Além dos cursos tradicionais, a universidade oferece também opções de ensino bi-disciplinares e interdisciplinares. Além disso, também possui institutos transdisciplinares excepcionais e também é a sede do Centro Europeu de Pesquisa Biológica Marinha.

Melhores universidades da França: TOP 4 3

CentraleSupélec

Posição no ranking da QS: 139º

A CentraleSupélec (CS) é uma instituição francesa de pesquisa e ensino superior em Engenharia e Ciência. Também foi criada recentemente, em janeiro de 2015, como resultado de uma fusão entre duas grandes faculdades, a École Centrale Paris e a Supélec. Assim como a École Polytechnique, ela é um dos membro fundadores da Universidade de Paris-Saclay.

A CS possui 17 departamentos e equipes de pesquisa. Com eles, a instituição oferece um amplo espectro científico, abrangendo todas as ciências da Engenharia e de Sistemas. 7 áreas são centrais nas pesquisas da universidade: Saúde e Bioengenharia, Energia, Sistemas de Comunicação, Meio Ambiente e Riscos, Aeronáutica e Transporte, Nanociência, e Sistemas de Negócios.

Qual dessas melhores universidades da França mais te chamou atenção?

Agora que você conhece as melhores universidades da França já pode começar a se preparar para conquistar sua vaga em uma delas. Não sabe como? Não tem problema! A nossa mentoria especializada te auxilia em todo esse processo. Clique aqui e faça agora mesmo seu teste de perfil!


Lucas Almeida

Lucas Almeida

Mineiro, jornalista e mestrando em Comunicação. Entusiasta de idiomas, viagens e cibercultura. Tem o sonho de mudar o mundo, uma pauta de cada vez.