Com certeza você já viu muitos pontos turísticos de Nova York em filmes e séries de TV. A cidade é figura carimbada nas produções de Hollywood e provavelmente moldou a forma como você enxerga os Estados Unidos! Vamos lembrar alguns desses locais que foram parar nas telonas?

8 pontos turísticos de Nova York nas telonas:

1. Estátua da Liberdade

X-Men (2000)

3-pontos-turisticos-de-nova-york

A Estátua da Liberdade é um dos principais e mais icônicos pontos turísticos de Nova York. A cabeça da estátua foi onde ocorreu a batalha do primeiro filme dos X-Men (2000). Ela também foi cortada e jogada na Broadway pelo monstro gigante de Cloverfield (2008) e a tocha do monumento desafiou as ondas congeladas que varreram Nova York nos desastres naturais do filme O Dia Depois de Amanhã (2004). A única vez em que a Estátua da Liberdade não foi destruída ou apresentada como testemunha de guerras e catástrofes foi quando ela deu um passeio pela cidade (enquanto milhares de pessoas aplaudiam) em Os Caça-Fantasmas 2 (1989).

2. Empire State Building

Independence Day (1996)

7-pontos-turisticos-de-nova-york

Os filmes sobre desastres adoram representar a destruição épica de pontos turísticos, e o Empire State Building, em Nova York, não é exceção. Ele foi totalmente desintegrado por um raio de uma gigantesca nave espacial em Independence Day (1996) e sofreu alguns danos em Superman II (1980), quando Zod derrubou a antena de rádio do prédio após um soco do Super-Homem. A cena mais memorável, no entanto, é de quando o personagem principal de King Kong sobe ao topo do edifício para se defender de aviões de combate, no clássico filme de 1933, e depois no remake de 2005, dirigido por Peter Jackson.

3. Times Square

O Espetacular Homem-Aranha 2 (2014)

1-pontos-turisticos-de-nova-york

Um dos cruzamentos mais movimentados de Nova York, a Times Square é super chamativa, graças à sua variedade impressionante de luzes e outdoors com LEDs pairando sobre os carros. Uma cena memorável por lá pode ser vista no filme Amizade Colorida (2011), estrelado por Justin Timberlake e Mila Kunis. Outros filmes que contam com o cruzamento são As Tartarugas Ninja (2014), Velozes e Furiosos 8 (2017) e O Espetacular Homem-Aranha 2 (2014). Lá também é onde o personagem de Michael Keaton andou apenas com as roupas íntimas em Birdman (2014) e onde Scarlett Johansson mexeu com o contínuo espaço-tempo para mostrar uma Times Square histórica em Lucy (2014).

4. Central Park

P.S. Eu te Amo (2007)

4-pontos-turisticos-de-nova-york

Quando pensamos em pontos turísticos de Nova York, o Central Park é um dos primeiros que nos vêm à cabeça. E ele também não fica de fora das produções de Hollywood! O parque é visto, por exemplo,  no final de P.S. Eu te Amo (2007), quando Hilary Swank passeia com sua mãe no longa, Kathy Bates, por lá. Além disso, também serve como cenário de toda uma cena musical com Amy Adams em Encantada (2007). Outros longas clássicos que contaram com aparições do Central Park foram Bonequinha de Luxo (1961), Esqueceram de Mim 2 (1992) e Encontro de Amor (2002).

5. Wall Street

O Lobo de Wall Street (2013)

6-pontos-turisticos-de-nova-york

Lar da Bolsa de Valores de Nova York, Wall Street é retratada em muitos filmes que falam sobre negócios e o mercado de ações. Talvez a principal referência desse gênero nos últimos anos seja a cinebiografia O Lobo de Wall Street (2013). Se quiser conferir locais da rua que aparecem no filme, comece na 11 Wall Street, em Lower Manhattan, para relembrar a cena em que o personagem de Leonardo DiCaprio passa pelo prédio da Bolsa de Valores. A Grande Aposta (2015) também capturou a agitação dos nova-iorquinos ao longo da Wall Street. Os pontos de referência para ver outros prédios além da Bolsa incluem o Federal Hall, a Trinity Church e a escultura Charging Bull.

6. Queens

Homem Aranha (2002)

8-pontos-turisticos-de-nova-york

O Queens é um dos cinco distritos de Nova York, onde o alter ego do Homem-Aranha, Peter Parker, vive com sua tia May. O Homem-Aranha (2002), dirigido por Sam Raimi, usa uma casa real da 69th Road, em Forest Hills, para representar a residência do Cabeça de Teia. A cena em que Peter Parker corre para pegar o ônibus escolar foi filmada na 44th Street, no Queens Boulevard. Já a batalha entre o Homem-Aranha e o Duende Verde ocorre na Queensboro Bridge, que liga Queens e Manhattan. Essa ponte também foi retratada em Salt (2010) e em Tratamento de Choque (2003).

7. Museu Americano de História Natural

Uma Noite no Museu (2006)

2-pontos-turisticos-de-nova-york

O filme Uma Noite no Museu (2006), estrelado por Ben Stiller, teve cenas externas gravadas no próprio Museu Americano de História Natural. As duas sequências da série, Uma Noite no Museu 2 (2009) e Uma Noite no Museu 3 – O Segredo da Tumba (2014) também foram parcialmente ambientadas no famoso prédio. No entanto, as instalações internas foram recriadas através de CGI e, dessa forma, foram filmadas em cenários e estúdios separados. Nos filmes, o personagem de Stiller é um vigia noturno no Museu de História Natural, no qual várias figuras históricas e exposições ganham vida à noite.

8. Plaza Hotel

Crocodilo Dundee (1986)

5-pontos-turisticos-de-nova-york

Coloque um australiano agitador de crocodilos em Nova York e você tem a receita que fez Crocodilo Dundee (1986) umas das comédias mais famosas dos anos 80. No filme, você acompanha o personagem principal chegando à Big Apple, comprando um cachorro-quente na Times Square, andando de limousine em Manhattan e ficando no Plaza Hotel, na 768 5th Avenue. Além da comédia, você também pode ver o hotel em Descalços no Parque (1957), Noivas em Guerra (2002) e 101 Dálmatas (1996).

Intercâmbio com a UDI

Qual desses pontos turísticos de Nova York você tem mais vontade de conhecer pessoalmente? Conte pra a gente nos comentários! Se quiser uma ajuda para conquistar sua oportunidade internacional (seja nos EUA ou em qualquer outro lugar do mundo), você pode contar com o apoio da nossa mentoria especializada. Clique aqui e faça agora mesmo seu teste de perfil!


Lucas Almeida

Lucas Almeida

Mineiro, jornalista e mestrando em Comunicação. Entusiasta de idiomas, viagens e cibercultura. Tem o sonho de mudar o mundo, uma pauta de cada vez.