Barcelona é um dos destinos mais procurados da Europa entre os intercambistas e motivos para isso não faltam. Além da cidade ser naturalmente incrível, algumas das melhores universidades da Espanha se localizam na cidade, como a Universidade de Barcelona, a Universidade Autônoma de Barcelona, a Universidade Pompeu Fabra e a Universidade Politécnica da Catalunha, que ocupam, respectivamente, a primeira, quarta, sexta e oitava posição no país, de acordo com o QS World University Rankings 2021. Somando-se isso ao fato da cidade atrair milhares de turistas do mundo inteiro, podemos dizer que os preços por lá são um pouquinho inflacionados. Mas calma que viver em Barcelona ainda sai mais barato que em muitas outras cidades importantes da Europa. Quer saber mais sobre isso? Então confira agora esse guia que fizemos sobre o custo de vida em Barcelona!

custo-de-vida-em -barcelona

Custo de vida em Barcelona: Habitação

Existem várias opções de moradia em Barcelona mas, sendo realista, a maior parte delas envolverá a necessidade de compartilhar o mesmo espaço (seja um apartamento ou um quarto) com outra(s) pessoa(s). É comum, por exemplo, encontrar apartamentos na cidade que são divididos por até 10 pessoas! Os preços médios para viver em um apartamento de tamanho mediano variam entre 350 e 850 euros, dependendo da localização e do número de pessoas que irão dividir o lugar. Mas vale lembra que, quanto mais longe do centro, mais baratos tendem a ser os aluguéis.

 

Custo de vida em Barcelona: Contas

Atenção: custos com eletricidade, gás e internet geralmente NÃO estarão incluídos no valor do aluguel. A exceção a essa regra se aplica normalmente apenas à residências e alojamentos específicos para estudantes.

Os gastos com água, eletricidade, aquecimento e gás costumam variar entre 70 e 100 euros por mês. Já o plano de internet mais barato fica na cada dos 40 euros, enquanto uma assinatura básica de celular  com um chio pré-pago pode custar 10 euros – as mais caras podem chegar a 50 euros.  Tirando os gastos com o seu celular, as demais contas costumam ser divididas entre todos os moradores do apartamento e acabam não ficando tão caras. Mas tome bastante cuidado com as letras pequenas dos contratos! Os fornecedores desses serviços em Barcelona são bem conhecidos por suas ofertas aparentemente excepcionais que na verdade escondem custos extras de instalação ou que triplicam de preço após o primeiro mês, entre outras “pegadinhas”. Se você ainda não manda muito bem no espanhol, peça a ajuda de algum amigo local.

 

Custo de vida em Barcelona: Transporte Público

O transporte público em Barcelona é ótimo, muito fácil de usar e bastante seguro. Provavelmente você irá utilizar bastante, principalmente se for morar um pouco mais longe da zona central. A boa notícia é que é possível escolher entre vários tipos de “cartões de transporte” de acordo com suas necessidades. É importante notar que os preços mudam de acordo com a cobertura geográfica do sistema.

Os bilhetes individuais custam 2,40 euros, são válidos para todas as formas de transporte (metrô, bondes, ônibus e trens) e podem ser utilizados por diversas vezes em um intervalo de 75 minutos. Também é possível comprar um passe de 10 viagens por cerca de 10 euros ou um passe mensal de pouco mais de 50 euros.  Uma boa opção para os menores de 25 anos é o cartão T-Jove (a partir de 105 euros), que oferece descontos em viagens ilimitadas por 90 dias. Outra dica para se locomover é o Bicing, o sistema público de bicicletas da cidade, que custa cerca de 50 euros por ano.

custo-de-vida-em -barcelona

Custo de vida em Barcelona: Supermercado

Para uma única pessoa, o custo mensal com compras em supermercado será de cerca de 150 euros nos estabelecimentos mais baratos (que oferecem vários descontos) como as lojas da rede Spar e Lidl. Já nos supermercado mais caros, como o El Corte Inglés, BonPreu e Carrefour, a média sobe para pouco mais de 200 euros.

Custo de vida em Barcelona: Saúde

Para quem quiser ficar ou manter a forma durante a estadia em Barcelona, o passe mensal das academias variam de 30 a 80 euros. Já para quem quiser contratar um seguro médico adicional, além do seguro obrigatório para estrangeiros, a média de preços fica em torno de 40 euros por mês.

Custo de vida em Barcelona: Restaurantes

Comer fora em Barcelona não é uma pechincha, mas é mais barato que a maior parte das grandes cidades da Europa, inclusive Madrid, a capital da Espanha. Um jantar para dois em um bom restaurante pode ser encontrado por cerca de 60 euros e um hambúrguer com bebida pode sair por 12 euros. O menu do dia nos almoços custam entre 8 e 10 euros. Já uma refeição fora do menu promocional fica na casa dos 20 euros em restaurantes mais simples e 30/40 euros em lugares mais sofisticados.  A dica aqui é procurar por opções fora do circuito turístico que, normalmente, costumam ser bem mais baratas.

Custo de vida em Barcelona: Entretenimento

Os bilhetes de cinema custam entre 6,50 e 11 euros e as peças de teatro são mais caras: cerca de 40 euros por pessoa. A boa notícia é que sempre há muitos festivais e concertos de música dentro e nos arredores da cidade, ​​com preços variáveis dependendo do artista e do local. Shows com artistas mais famosos podem chegar a 100 euros, enquanto alguns festivais alternativos de 4 dias, por exemplo, não custam mais do que 40 euros.

Para quem não dispensa uma balada, o preço médio das discotecas de Barcelona fica na casa dos 20 euros e geralmente incluem uma bebida. Mas para quem quiser economizar, as entradas costumam ser gratuitas para os que animarem chegar antes das 2h da manhã, já que as baladas costumam encher mesmo só bem mais tarde.

Para os amantes de cultura e história, os ingressos dos museus da cidade custam cerca de 5 euros mas caminhar pelas ruas de Barcelona já é uma experiência incrível e totalmente gratuita!

custo-de-vida-em -barcelona

Custo de vida em Barcelona comparado com outras cidades

Para terminar o texto de hoje, confira o quanto é mais barato ou mais caro viver em Barcelona em comparação com outras importantes cidades da Espanha e do mundo, de acordo com o site Expatistan:

  • São Paulo: 65% mais caro
  • Rio de Janeiro: 73% mais caro
  • Buenos Aires: 117% mais caro
  • Santiago: 47% mais caro
  • Lisboa: 15% mais caro
  • Madrid: Aproximadamente o mesmo
  • Valência: 16% mais caro
  • Salamanca: 43% mais caro
  • Sevilha: 26% mais caro
  • Málaga: 20% mais caro
  • Saragoça: 22% mais caro
  • Londres: 36% mais barato
  • Paris: 24% mais barato
  • Roma: Aproximadamente o mesmo
  • Amsterdam: 26% mais barato
  • Nova York: 45% mais barato
  • Toronto: 19% mais barato
  • Berlim: 5% mais barato

Universidade do Intercâmbio

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o custo de vida em Barcelona, que tal começar a se preparar para ter a sua experiência dos sonhos em uma das cidades mais desejadas do mundo? O grande segredo pra isso é começar a se preparar o quanto antes e com isso nós podemos te ajudar através da nossa mentoria especializada e todo o nosso time de mentores. Faça agora mesmo o seu teste de perfil clicando aqui.


Rafael Cerqueira

Rafael Cerqueira

Jornalista de 26 anos que adora viajar. Baiano que já viveu em Minas, em São Paulo, em Portugal e na Argentina. Conhece 26 países e tem o sonho de conhecer muito mais. Acredita que o mundo é grande demais e o tempo muito curto pra ficarmos parados sempre no mesmo lugar.

+100 aulas sobre intercâmbios por apenas 99 centavos
+100 aulas sobre intercâmbios por apenas 99 centavos