Custo de vida em Paris: tudo o que você precisa saber

Paris é conhecida mundialmente como uma cidade cara. E isso é realmente verdade em alguns aspectos, mas definitivamente não se aplica para tudo na capital francesa. Para esclarecer melhor essa questão para quem sonha em morar na Cidade Luz, montamos esse manual sobre o custo de vida em Paris  Confira!

Custo de Vida em Paris: Habitação

A habitação é de longe a maior despesa quando calculamos o custo de vida em Paris. Além de ser uma cidade muito procurada, Paris também já é muito densamente povoada. Essa combinação elevou os preços dos aluguéis nos últimos anos na maior parte da cidade e também nos subúrbios vizinhos. Mas, na realidade, o quanto você irá gastar vai depender muito do seu estilo de vida.

O aluguel de um apartamento médio no centro da cidade custa entre 950 e 1400 euros por mês (fora as contas). Para deixar mais claro, o centro de Paris é uma região ampla formada pelos arrondissements 1 ao 7. Quanto mais longe do centro, mais os preços caem (com exceção de áreas chiques como o 16ª arrondissement e Montmartre). Por exemplo, para alugar um studio básico nos arredores da zona central, espere gastar entre 800 e 1200 euros por mês.

O que é um arrondissement?

A cidade de Paris é dividida em 20 regiões administrativas, conhecidas por lá como arrondsissements. Quanto menor o número do arrondsissement, mais central ele é. Os arrondsissements 1, 2, 3, 4, 5, 6 e 7 formam o que pode ser chamado de “centro” da cidade. É nessa zona que estão algumas das atrações mais famosas de Paris como a Torre Eiffel (arrondsissement 7); o Museu do Louvre (arrondsissement 1) e o Museu d’Orsay (arrondsissement 6). Além disso, cada arrondsissement é dividido internamente em quatro “bairros” (ou quartiers). Cada arrondsissement tem um nome próprio, além do número de identificação. Os mais centrais (do 1 ao 7) são, respectivamente, o Louvre, o Bourse, o Temple, o Hôtel de Ville, o Panthéon, o Luxembourg e o Palais-Bourbon.

custo-de-vida-em-paris

Custo de vida em Paris: Alimentação

Os mantimentos também são um fator importante a considerar na hora de estabelecer o seu custo de vida em Paris. E a boa notícia é que, ao contrário dos aluguéis, os preços gastos com alimentação na cidade costumam ser acessíveis. A primeira observação é que os preços dos supermercados variam muito de um bairro para outro, mesmo quando são da mesma franquia! O segredo é pesquisar bastante antes de comprar.

Para quem tem o costume de cozinhar em casa, espere gastar em média 10 euros por dia com alimentação. Uma dica para economizar é fazer compras nos mercados de agricultores da cidade, que costumam ter uma boa variedade de produtos frescos, além de serem mais baratos que os supermercados tradicionais.

Já para quem prefere comer fora, os valores costumam ser razoáveis, mas bem menos caro do que você pode estar imaginando. O preço médio de uma refeição na hora do almoço (com entrada, prato principal e sobremesa) fica na casa dos 15 euros. Para o jantar, o valor médio sobe para cerca de 19 euros. Outra dica é procurar os menus promocionais dos restaurantes que saem ainda mais em conta.

A comida de rua é ainda mais barata. Espere gastar em média 5 euros por um crepe, kebab, panini ou outros pratos típicos regionais. Outra vantagem é que os vendedores de comida de rua costumam trabalhar até bem tarde, o que não é muito comum em Paris.

Custo de vida em Paris: Transporte

A grande verdade é que Paris é  uma ótima cidade para caminhar e, honestamente, essa é a melhor forma de explorar as belezas da cidade. Mas para quem mora por lá, o transporte público acaba sendo necessário, e ele não é tão caro assim. O passe mensal ilimitado, conhecido como Navigo, custa 75 euros (ou 39 euros para estudantes) e permite a utilização de toda a rede de transporte público da cidade, formada por metrô,  ônibus, bonde e até bicicletas. E vale lembrar que a rede de metrô de Paris é uma das maiores e mais eficientes do mundo. Através dela, você pode chegar praticamente a qualquer lugar da cidade em menos de 30 minutos!

Ao contrário dos sistemas de Londres, Hong Kong ou Nova York, o passe mensal do transporte público em Paris é ilimitado. Ou seja, o usuário não é debitado sempre que o utiliza. Com o Navigo, você pode pegar ônibus, metrô e bonde quantas vezes quiser, até onde quiser. E o passe inclui até os trens interurbanos (RER) para chegar a lugares como Versailles ou Fontainebleau, ou até mesmo ao aeroporto, sem nenhum custo extra! Isso torna a locomoção pela cidade bastante acessível e rápida também.

custo-de-vida-em-paris

Custo de vida em Paris: Contas

Já falamos do aluguel mas também é importante considerar as contas mensas pra ter uma ideia mais exata do seu custo de vida em Paris. Nesse tópico entram as despesas com internet, eletricidade, plano de telefone, água e gás.

O custo médio de serviços públicos, como gás, água e eletricidade, vai depender de dois fatores: a localização e o tamanho do seu apartamento na cidade. Normalmente, espere pagar entre 35 e 50 euros por mês por um studio de cerca de 30 metros quadrados. Para um apartamento de um quarto, o custo sobe para 70 euros por mês, em média. Obviamente, quanto maior o seu apartamento, maiores serão esses valores. Também pode acontecer de os custos desses serviços públicos já estarem incluídos no preço do aluguel, portanto, peça informações específicas ao proprietário.

Os planos de internet e telefone em Paris são relativamente baratos e existem duas opções principais: planos mensais ou cartões pré-pagos. Para quem vai ficar um longo período na cidade, o ideal é a criação de um plano mensal. Algumas empresas oferecem serviços combinados de internet, televisão e telefone por 20 euros por mês. Já os planos telefônicos pré-pagos custam a partir de 5 euros mensais.

Custo de vida em Paris: Entretenimento

Não tem como falar em custo de vida em Paris ou em qualquer outro lugar do mundo sem considerar as despesas com entretenimento, certo? Entenda antes de tudo que ir ao cinema ou ver uma peça de teatro é algo que faz parte da rotina dos parisienses. Muitos deles fazem isso várias vezes por semana. E felizmente, apreciar esses pequenos luxos é bastante acessível por lá.

Um ingresso médio de cinema custa 8 euros e você pode comprar um passe mensal ilimitado por cerca de 35 euros. Existem descontos especiais para idosos e estudantes e ir para as seções de matinê sai mais barato.

Muitos concertos e apresentações artísticas são realizados com bastante frequência em pontos famosos da cidade, como a Torre Eiffel e o Basílica de Sacre Coeur. E por preços bem razoáveis na cada dos 20 euros.

Para quem é fã de sair a noite mas precisa economizar, as melhores opções são os bairros Quartier Latin, Ménilmontant e Châtelet, que têm muitas opções baratas de bares e discotecas. Mas a verdade é que é possível encontrar um bom happy hour em qualquer lugar, se você souber onde procurar. E claro, pra quem quiser e puder gastar muito dinheiro, a cidade também está cheia de locais onde um simples coquetel pode custar entre 20 e 30 euros. A área da Champs-Elysées é a que conta com as opções mais sofisticadas.

Custo de vida em Paris: Saúde

O custo de vida em Paris para o bem-estar e o condicionamento físico geral é realmente baixo em comparação com outros países ocidentais. Em termos de condicionamento físico, a opção mais barata (leia-se gratuita) é aproveitar os muitos parques da cidade para fazer exercícios. O Jardim de Luxemburgo e o parque Buttes-Chaumont são ótima opções. As margens do Rio Sena também são bastante procuradas por quem gosta de praticar corrida.  Já para ingressar em uma academia, são várias as opções e os preços começam a partir dos 20 euros mensais.

Os serviços de saúde também são acessíveis em Paris e uma visita regular ao médico custa 25 euros em média, mas o preço pode variar de acordo com a especialização. E claro, nem preciso lembrar de que, como estudante internacional, é extremamente importante ter o seguro saúde em dia, certo?

custo-de-vida-em-paris

Custo de vida em Paris: Roupas e Sapatos

Se você for passar muito tempo em Paris, precisará fazer comprar de tempos em tempos, e isso inclui roupas e sapatos. Paris é uma das melhores cidades do mundo para fazer compras, isso é um fato. E claro que por lá estão algumas das lojas e marcas de luxo mais caras do planeta. Mas é perfeitamente possível comprar peças baratas. Tudo vai depender de onde você irá comprar.

Em áreas como Marais, Saint-Germain e Champs-Elysées, você encontrará boutiques de marcas de luxo ao lado de lojas de rua e lojas vintage. É possível gastar facilmente 30 ou 300 euros em um par de sapatos ou uma camiseta. Em Paris, não é exagero dizer que há algo para todos os bolsos. Também existem muitas lojas de departamento como as Galerias Lafayette, a Printemps e a Le Bon Marché. Mas se você quiser uma experiência de compras realmente parisiense, não deixe de conferir os famosos mercados de pulgas da cidade!

Universidade do Intercâmbio

Agora que você já sabe um pouco sobre o custo de vida em Paris, que tal começar a se preparar para ter a sua experiência dos sonhos em uma das cidades mais desejadas do mundo? O grande segredo pra isso é começar a se preparar o quanto antes e com isso nós podemos te ajudar através da nossa mentoria especializada e todo o nosso time de mentores. Faça agora mesmo o seu teste de perfil clicando aqui.

Rafael Cerqueira

Rafael Cerqueira

Jornalista de 26 anos que adora viajar. Baiano que já viveu em Minas, em São Paulo, em Portugal e na Argentina. Conhece 26 países e tem o sonho de conhecer muito mais. Acredita que o mundo é grande demais e o tempo muito curto pra ficarmos parados sempre no mesmo lugar.