BOLSAS IDIOMAS PROVAS UNIVERSIDADES INSPIRAÇÃO TESTES RESUMÃO DA SEMANA MUNDO ESTUDAR FORA TRABALHAR FORA NOTÍCIAS

MAECI: Estude na Itália com bolsa governamental

A Itália é amplamente conhecida por suas belas paisagens, forte cultura e deliciosa gastronomia. Mas, além disso, o país tem universidades bastante reconhecidas. 

Três das instituições de ensino superior italianas estão entre as 200 melhores do mundo, segundo o QS Ranking de 2022. São elas: a Universidade Politécnica de Milão (considerada a melhor do país e a 137.ª do mundo); a Universidade de Bolonha (160.º lugar) e a Universidade de Roma (171.º lugar). 

MAECI-bolsa-Itália(Pexels/Pixabay)

E para quem já concluiu a graduação, tem uma chance ainda mais interessante por lá! É que existe um programa de bolsas do governo italiano para o mestrado ou doutorado. A chance também contempla os alunos que querem estudar italiano (mas nesse caso, as aulas não são pagas pela bolsa).

E o mais legal dessa iniciativa é que ela é exclusiva para os alunos internacionais e garante, além do pagamento das anuidades, um valor para a vivência na Itália. Ou seja, é uma oportunidade de estudar de graça na Europa! Essa bolsa é voltada para estudantes de alguns países em específico e pode comemorar que o Brasil faz parte da lista!

Bolsa Governamental MAECI para Mestrado e Doutorado na Itália 

O Ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação Internacional (MAECI) da Itália desenvolveu um programa de bolsas de estudos para os estudantes internacionais interessados em cursar sua pós-graduação por lá.

Essa iniciativa oferece bolsas para cidadãos estrangeiros que não sejam residentes na Itália e contempla também os cidadãos italianos residentes fora do país. As bolsas são exclusivas para o ano letivo de 2022-2023, por isso, se você está de olho em oportunidade em outros períodos, é fundamental verificar se a oportunidade foi renovada ou se outras chances estão em aberto. Nesse ano em especial, os bolsistas de 2021-2022 podem pedir a renovação do benefício para continuar o curso de mestrado e doutorado.

As bolsas oferecidas pelo Governo Italiano têm uma proposta simples: fomentar a cooperação cultural, científica e tecnológica internacional. Além disso, com o intercâmbio e a troca entre os países, será possível promover a língua e a cultura italianas e apoiar o sistema econômico da Itália no mundo. 

Portanto, são resultados positivos para ambas as partes: a Itália recebe os estudantes e fortalece seu idioma e cultura, já o estudante selecionado receberá recursos financeiros para fazer o mestrado ou doutorado na Itália

Mas atenção: a bolsa MAECI é concedida por um período determinado: entre 6 e 9 meses! Portanto, você deve verificar qual é a duração do seu curso para conferir por quanto tempo terá a bolsa de estudos. Essa bolsa pode ser renovada anualmente.

As bolsas são oferecidas para programas de estudo, treinamento ou pesquisa em institutos italianos de ensino superior, que sejam públicos e legalmente reconhecidos.

Bolsa Governamental para Estudar Italiano na Itália

Mas para você que é estudante de idiomas, também tem uma oportunidade de ouro, oferecida pelo governo italiano. É que esse programa de bolsas governamental também vai contemplar os estudantes de italiano que desejam aprofundar no idioma.

A bolsa vai contemplar os estudantes internacionais que estiverem cursando idioma ou aula avançada de cultura em universidades ou Instituto Cultural Italiano. Nesse caso em especial, para ser um dos bolsistas, é necessário indicar um teste de proficiência, com, no mínimo, nível A2.

Para esse grupo, as bolsas terão um prazo reduzido: de 3 meses. Mas da mesma forma, essa oportunidade vai oferecer um valor para sua vida na Itália. Portanto, se atente: nesse caso, você deve arcar com os custos do curso de idiomas ou cultural, mas vai receber um valor para contribuir com a sua estadia. 

Bolsa MAECI(Daria Shevtsova/Pexels)

Quais são os critérios para concorrer às bolsas? 

As candidaturas devem ser enviadas exclusivamente através da internet. Todo o processo acontece por meio do portal Study In Italy. Os candidatos devem ter em mãos o seu passaporte ou documento de identidade válido. Isso porque deverão enviar o documento no ato da inscrição, de forma obrigatória. 

O prazo para se inscrever vai até o dia 9 de junho de 2022, às 14h. No horário de Brasília, se atente: a hora limite termina às 9h da manhã. Os candidatos também devem cumprir alguns requisitos, como comprovar o domínio do idioma, capacidade acadêmica e outros detalhes. Confira: 

1. Qualificações acadêmicas

As inscrições devem ser enviadas apenas por estudantes estrangeiros e italianos que vivem no exterior. Esses interessados devem apresentar uma qualificação acadêmica adequada para se matricular na universidade ou no instituto. 

Para se inscrever em um programa na Itália, você deve apresentar seus documentos equivalentes e suas traduções. Por isso, é necessário que você organize os seguintes documentos

Documentos acadêmicos necessários: 

  • Diploma final de estudos secundários (com pelo menos 12 anos de estudos), acompanhado de uma tradução em língua italiana oficialmente legalizada pelo Consulado;
  • Declaração de valor (Dichiarazione di Valore) emitida pelo Representante Diplomático Italiano, atestando a validade do seu diploma e que você tem direito a ingressar na universidade; 
  • Reconhecimento e equivalência de qualificações estrangeiras;
  • Certificado que comprove a conclusão de 1 ou 2 anos de estudos acadêmicos ou um título pós-secundário e a tradução oficial para o italiano (exceto se for emitida pela universidade em inglês, francês ou espanhol); 
  • Documento que comprove a aprovação no vestibular do país de origem, por exemplo, vestibular ou SISU no Brasil;
  • Certificado de língua italiana para programas realizados em italiano e certificado de inglês para programas realizados em inglês.

2. Requisitos de idade

É preciso que os candidatos cumpram alguns critérios de idade. É porque existe um limite de idade para cada uma das bolsas ofertadas, dependendo de qual é o nível de ensino. Portanto, confira qual é a idade máxima para ser um bolsista desse programa na Itália: 

  •  Candidatos aos Programas de Mestrado; Ensino Superior em Artes, Música e Dança (AFAM) e Cursos avançados de Língua e Cultura Italiana devem ter atingido a maioridade e não devem ultrapassar a idade de 28 anos e 364 dias.
  • Interessados em Programas de Doutorado devem ter atingido a maioridade e não devem ultrapassar a idade de 30 anos e 364 dias.
  • Já aqueles que querem desenvolver os projetos de pesquisa sob orientação acadêmica devem ter atingido a maioridade e não devem ultrapassar a idade de 40 anos e 364 dias.

Vale lembrar que o limite de idade vale para a primeira bolsa e não se aplica aos casos de renovações. Também é importante saber que o limite de idade é definido até o prazo final de 2022, que no caso é 9 de junho deste ano. 

Bolsa governamental na Itália - MAECI(Yan Krukov/Pexels)

3. Proficiência linguística 

Além de ter suas qualificações acadêmicas e de idade, os interessados em estudar na Itália com bolsa também devem comprovar seu domínio da língua italiana. O grau de proficiência varia de acordo com o nível de estudos. Para os cursos ministrados em inglês, é a língua inglesa que deve ser comprovada. Portanto, se atente se você cumpre aos níveis pedidos.

Para se inscrever em um curso ministrado em italiano, os candidatos devem fornecer uma certificação relativa à sua proficiência na língua italiana. O nível mínimo exigido é B2 dentro do Quadro Europeu Comum de Referência para Línguas (CEFR)

Já para se inscrever em um curso ministrado em inglês, os interessados devem apresentar o nível mínimo exigido, que é também o B2 no Quadro Europeu Comum de Referência para Línguas (CEFR). Nenhuma prova de proficiência em italiano é necessária para os cursos totalmente ministrados em inglês.

Para cursos de língua ou de cultura italiana, o nível mínimo exigido é A2. E por fim, os programas de doutorado e os projetos de pesquisa sob orientação acadêmica não exigem nenhum nível específico de proficiência. Mas vale lembrar que o básico será fundamental para a sua rotina em terras italianas.

O que a bolsa MAECI cobre?

Essa bolsa de estudos cobre todas as anuidades e também oferece um determinado valor para que o estudante possa se manter na Itália durante os estudos. A quantia destinada aos custos de vida para os bolsistas é de 900 euros. 

A bolsa vai garantir esse repasse entre 1.º de novembro de 2022 até 31 de outubro de 2023. Mas é importante lembrar que o repasse pode ser renovado para aqueles que já foram contemplados anteriormente. Porém, será necessário fazer uma nova inscrição, também por meio do site oficial. 

A isenção das anuidades e taxas não se aplica a cursos avançados de língua e cultura italiana. Nesses casos, é exigido o pagamento de matrícula e mensalidade. Portanto, quem deseja aprofundar no italiano, precisa arcar com as aulas, mas vai receber o valor para a vivência por lá em euros e ainda contar com o seguro médico oferecido.

Os bolsistas estarão cobertos por um seguro médico e de saúde, contratado pela MAECI, em caso de doença ou acidente. O seguro é válido exclusivamente pelo período de duração da bolsa.

Para receber o repasse dos 900 euros, o escolhido deverá  abrir uma conta em uma instituição bancária italiana. O valor será pago trimestralmente: ou seja, a cada 3 meses, o bolsista recebe 2.700 euros. Já a última parcela só será paga depois que for verificado se o aproveitamento acadêmico do estudante está suprindo as expectativas e sendo satisfatório.

 

Como o governo italiano vai selecionar os bolsistas? 

De acordo com o Ministério das Relações Exteriores e Cooperação Internacional da Itália, as candidaturas serão avaliadas por um comitê constituído pela Missão Diplomática Italiana. 

E para selecionar os bolsistas, eles serão avaliados com base nos requisitos informados, como excelência acadêmica, proficiência do idioma e idade. Além disso, serão avaliados os currículos dos interessados para avaliar o mérito de cada um

Dessa forma, os candidatos aprovados serão notificados através do portal Study in Italy. E por lá mesmo vão se inscrever para a renovação, no caso do mestrado e doutorado que tem cursos mais extensos do que o período inicial das bolsas. 

 

 

 

É importante lembrar que existem alguns critérios que tornam o interessado incompatível com a bolsa. Ou seja, se você se encaixa nesses itens, infelizmente, NÃO será elegível

  • Estar recebendo qualquer outra bolsa oferecida pelo governo italiano ou qualquer outra instituição pública italiana, incluindo as bolsas concedidas por autoridades e agências educacionais regionais.
  • Ser um funcionário da Administração Pública italiana ou descendentes de primeiro grau;
  • Estar cursando graduação ou cursos de especialização de apenas um ano; 
  • Não podem ser concedidas bolsas para frequentar cursos em instituições estrangeiras sediadas na Itália ou no exterior, nem em institutos não reconhecidos pelo Ministério da Universidade e Pesquisa italiano (MUR);
  • As bolsas não podem ser concedidas a candidatos que estejam matriculados além da duração legal do curso.

Por outro lado, a bolsa é compatível com outros programas europeus, como Erasmus e Erasmus+, e outras bolsas oferecidas por instituições internacionais. Mas nessas situações, ela não será paga durante os períodos de estudo fora da Itália.

Portanto, as candidaturas que não cumprem os critérios de elegibilidade não serão consideradas. 

(Pixabay/Pexels)

Bolsa de estudos na Itália

Essa é uma chance excelente de aprofundar na cultura italiana, aproveitar todas as delícias desse país e ainda cursar seu mestrado, doutorado ou curso de idioma na Itália.

Além do Brasil, outros 106 países são elegíveis para essa bolsa de estudos do governo italiano, como México, Cuba, Equador, França, Canadá, dentre outros. Por isso, podemos dizer que a concorrência é bastante alta. E dessa forma, é fundamental se preparar da melhor forma. 

Você deve se atentar especialmente ao seu currículo para verificar suas experiências acadêmicas e profissionais, proficiência de idioma e demais itens que você pode indicar para comprovar o seu mérito e merecimento da bolsa de estudos. 

O comitê vai analisar sua documentação e lembre-se que você deve enviar as traduções oficiais junto com a sua papelada para que sejam validados. 

E claro que se você precisar de ajuda para organizar os documentos, traduções e os requisitos necessários, você pode contar com a nossa mentoria especializada. Nossos professores sabem te direcionar da melhor maneira para que você consiga sua tão sonhada aprovação! É só clicar aqui para fazer seu teste de perfil e poder ser um dos nossos mentorados.

Posts relacionados

Elaine Maciel
AUTOR

Jornalista mineira que veio de Baependi – uma cidade de 20 mil habitantes, e sempre quer ampliar seus horizontes. Do interesse em livros, séries e culturas diferentes, veio a vontade de conhecer, escrever e informar.

26 Mai 2022

Postagens recentes
O que é GPA e como calcular?

O GPA é uma parte muito importante na aplicação para um intercâmbio. Mas você sabe mesmo o que é isso? Confira a explicação completa neste guia!

Rafael Cerqueira
30 Nov 2022
Assistantship: o que é?

Esse é um tipo de remuneração mais comum na pós-graduação no exterior. Descubra tudo sobre o assistantship!

Elaine Maciel
29 Nov 2022