Você tem algumas ideia de quais são as melhores universidades da Itália? Sim, nós sabemos que quando o assunto é o “País da Bota”, a primeira imagem que surge na cabeça da maioria das pessoas se refere a culinária do país, com pizzas cheias de queijo, sorvetes e pratos de macarrão; e aos monumentos incríveis como o Coliseu de Roma e a Torre de Pisa. Mas não é só isso que o país da bota tem a oferecer! A Itália também conta com ótimas instituições de ensino superior. Se você ainda não as conhece, listamos aqui as mais bem posicionadas, de acordo com QS World University Rankings 2020. Confira!

3 melhores universidades da Itália

Politecnico di Milano

Posição no ranking da QS: 149º

Fundado em 1863, o Politecnico di Milano é uma das universidades técnicas mais importantes da Europa e a primeira entre as melhores universidades da Itália. Além disso, é a maior universidade italiana de Engenharia, Arquitetura e Design, com quase 45 mil estudantes. A instituição possui sete campi localizados em Milão e em outras cidades italianas próximas: Lecco, Cremona, Mantova e Piacenza. Ademais, ela é dividida em 12 departamentos e 4 escolas. 

O Politecnico di Milano oferece cursos em todos os níveis acadêmicos. Quase toda a oferta acadêmica de pós-graduação é ministrada em inglês. Isso atrai um número cada vez maior de estudantes internacionais, vindos de mais de 100 países. Por lá, a pesquisa desempenha um papel central na missão da universidade, com o objetivo de fornecer os melhores padrões em educação. Dessa forma, a universidade tem vínculos com a pesquisa corporativa, fundos europeus ​​e laboratórios bem equipados.

Politecnico-di-Milano-melhores-universidades-da-Itália

Entrada principal do Politecnico di MIlano

Sant’Anna – Scuola Universitaria Superiore Pisa

Posição no ranking da QS: 177º

A Scuola Superiore Sant’Anna de Pisa é uma universidade pública italiana criada em 1987, a partir da união de outras instituições separadas que já existiam no país. A universidade é dividida em Institutos. Eles atuam nas áreas de Ciências Biológicas (Ciências Agrárias e Biotecnologia, Ciências Médicas), Ciências Exatas (Biorobótica, Informática e Telecomunicações) e Ciências Sociais (Economia e Gestão, Direito, Política).

Diferente do Politecnico di Milano, a Escola Superior Sant’Anna de Pisa tem poucos estudantes. Atualmente, apenas cerca de 1.700 alunos fazem parte do corpo estudantil da universidade. Esses estudantes passam por um vestibular muito rigoroso, com provas escritas e orais (a taxa de admissão é de apenas 5%!). Mas todo o esforço vale muito a pena: os selecionados recebem uma bolsa integral financiada pelo governo, que inclui acomodação, alimentação e auxílios de viagem.

Palazzo-Carovana-melhores-universidades-da-Itália

Palazzo Carovana, prédio principal da Scuola Normale Superiore di Pisa.

Universidade de Bolonha – Alma Mater Studiorum

Posição no ranking da QS: 177º

Fundada em 1088, a Universidade de Bolonha disputa com a Universidade Al Quaraouiyine, no Marrocos, o título de universidade mais antiga do mundo. O catálogo de ensino da instituição é diversificado e adaptado às necessidades da sociedade atual: são mais de 215 programas de graduação nos seus 33 departamentos e 11 escolas. Não a toa a instituição é a casa de mais de 84 mil estudantes! A Universidade de Bolonha também favorece uma abordagem multidisciplinar e transcultural, investindo  em treinamento internacional multicultural, pesquisa e serviços.

Além dos cinco campi principais, que ficam em Bolonha, Cesena, Forlì, Ravenna e Rimini, existe também um ramo exterior, localizado em Buenos Aires, na Argentina. Esse braço hermano coordena a pesquisa, a pós-graduação e a formação acadêmica com a América Latina. Além dos vínculos estreitos com a Europa, a Universidade de Bolonha desfruta ainda de várias conexões acadêmicas internacionais com a América do Norte, África,  Ásia e Austrália.

universidade-bolonha-melhores-universidades-da-Itália

Prédio histórico da Universidade de Bolonha.

A terra da pizza é realmente um ótimo lugar para se morar, não é? E as melhores universidades da Itália podem ser o destino perfeito para você fazer o seu intercâmbio. Se você se interessou, faça agora mesmo o seu teste de perfil e conheça o trabalho da nossa mentoria especializada.

Não quer perder nenhum dos nossos conteúdos? Então cadastre seu e-mail aqui para receber nossa newsletter semanal. Até a próxima!


Lucas Almeida

Lucas Almeida

Mineiro, jornalista e mestrando em Comunicação. Entusiasta de idiomas, viagens e cibercultura. Tem o sonho de mudar o mundo, uma pauta de cada vez.