Sydney, a maior cidade da Austrália, é também um dos lugares mais cosmopolitanas do mundo, atraindo visitantes e imigrantes de diversas partes do mundo, seja por suas ótimas universidades, qualidade de vida de alto padrão ou pela inúmeras oportunidades de trabalho. Mas qual será exatamente o curto de vida em Sydney? É isso que você vai descobrir agora nesse guia.

custo-de-vida-em-sydney
Foto: Jessica Watson/Flickr

Custo de vida em Sydney: Acomodação

No centro

Sydney é a cidade mais cara da Austrália (e uma das mais caras do mundo), então pode esperar gastar uma boa parte do seu orçamento apenas com aluguel.  E a regra principal nesse aspecto é que, quando mais próximo do centro, mais caro será alugar um apartamento.

Nas regiões mais centrais (e também nos bairros da moda) espere gastar, em média, 352 dólares australianos (A$) por semana em uma casa/apartamento compartilhado com outras pessoas. Já em um apartamento compartilhado com serviços de hotelaria esse valor sobe para A$370 por semana. Por fim, para morar sozinho em um apartamento de 1 quarto, espere gastar cerca de A$815 (por semana!).

A opção mais em conta é morar com uma família local (o que geralmente já inclui refeições) e gastar, em média, A$320 semanais.

Nos subúrbios

Nos subúrbios da cidade esses preços caem consideravelmente. Para alugar um apartamento de 1 quarto, espere gastar uma média de A$540 por semana. Já um quarto em uma casa compartilhada com outras pessoas fica em torno de A$317 por semana, dependendo do número de quartos disponíveis.

Contas

As contas básicas (água, aquecimento, luz e taxa de recolhimento de lixo) também vão representar uma parte importante do seu custo de vida em Sydney, ficando em torno de A$175 para um apartamento pequeno. Vale lembrar que quanto maior o apartamento ou casa, maiores serão esses valores.

Já um pacote de internet de 60 Mbps pode custar entre A$59 e A$100, com uma média de A$70.

custo-de-vida-em-sydney
Foto: Bernard Spragg/Flickr

Qual escolher?

Os campi universitários em Sydney são mais espalhados, então você precisa ter isso em mente na hora de escolher onde morar por lá. A Universidade Macquarie, por exemplo, fica localizada em North Ryde, um subúrbio ao norte do famoso porto da cidade, o que pode aumentar um pouco o tempo gasto com os seus trajetos diários.

Embora a locomoção em Sydney seja fácil com o seu ótimo sistema de trens, isso pode representar uma boa quantidade de minutos gastos todos os dias, caso você acabe morando do lado oposto da cidade.  

A boa notícia é que a maioria das outras universidades da cidade, como a Universidade de Sydney, a Universidade de Tecnologia de Sydney e a UNSW Art & Design, estão localizadas perto do centro, possibilitando um acesso mais fácil no dia a dia.

Você também precisa pensar no que é mais importante para o seu estilo de vida na hora de fazer essa escolha. Viver mais longe do centro geralmente significa que você encontrará apartamentos melhores (mais espaçosos, por exemplo) por preços menores. No entanto, você pode acabar gastando mais com transporte público ou outros serviços de locomoção.

Já morar perto do centro será mais caro do ponto de vista do aluguel, mas mais barato em relação aos gastos com transporte público. E, além disso, você também ficará mais próximo das atividades culturais e do agito da vida noturna.

Custo de vida em Sydney: Transporte público

Para explorar Sydney usando o transporte público, você precisará comprar um cartão Opal, um cartão inteligente que pode ser usado para viagens de trem, light rail (veículo leve sobre trilhos), ônibus e balsas, tanto nos limites da cidade quanto nos arredores.

A má notícia é que, ao contrário do que acontece em muitas cidades do mundo, os estudantes internacionais não são tradicionalmente elegíveis para as tarifas reduzidas.

O custo exato de uma viagem é baseado na distância percorrida mas, em média, você irá gastar cerca de A$26 por semana. Além da distância, outro fator que influencia no valor exato é a frequência de utilização.  

Aos domingos, a passagem que vale para o dia inteiro custa apenas A$2,70, independentemente da quantidade de vezes que for utilizada.

custo-de-vida-em-sydney
Foto: Jason Tong/Flickr

Custo de vida em Sydney: Comida

Se você optar por cozinhar e comer em casa, espere gastar cerca de A$18 por dia (incluindo café da manhã, almoço e janta). Obviamente esse valor pode variar para mais ou para menos de acordo com o seu estilo de vida e preferências de alimentação e compras.

As redes de supermercado mais populares na cidade são a Coles e a Woolworths. Outras opções são o IGA (Independent Grocers of Australia), o Harris Farm Market e o Aldi. Também é possível encontrar diversos mercados menores.

Já para quem gosta de comer fora, Sydney tem uma tradição culinária incrível (com restaurantes de todos os cantos do mundo) que varia bastante de bairro para bairro.

Em média, um café da manhã em um café na cidade custa cerca de A$15. Para o almoço, espere gastar cerca de A$16. Já o jantar é um pouco mais caro, em torno de A$25 por refeição.

Curiosidade: ao contrário de muitos países do mundo, como os EUA, na Austrália não existe a cultura da gorjeta. Alguns lugares podem até te perguntar se você gostaria de oferecer uma gorjeta, mas isso não é comum e a decisão de dar ou não fica por conta do cliente.

Custo de vida em Sydney: Entretenimento

Se você gosta da vida noturna é bom se planejar para não gastar mais do que deve. Bares com música ao vivo, por exemplo, normalmente cobram uma taxa extra que pode chegar a A$20. Já um copo de cerveja, vinho ou cidra custa aproximadamente de A$10 a A$15. Já um coquetel especial varia de A$12 a A$25.

Shows musicais também costumam ser caros. Um show de um artista local fica na casa dos A$50 cada ingresso. Essa é a média aplicada também para eventos esportivos. Já um show de um artista mais reconhecido pode variar entre A$100 e A$200 por ingresso.

Outros eventos, como peças de teatro e espetáculos de dança também ficam na casa dos A$50 por ingresso. Já para ver um filme no cinema, espere gastar cerca de A$23.

A boa notícia é que há muitos eventos regulares gratuitos acontecendo durante todo o ano, principalmente no verão.

custo-de-vida-em-sydney
Foto: Kevin Gibbons/Flickr

Custo de vida em Sydney: Saúde

Se você quiser manter a forma enquanto estiver morando em Sydney, espere gastar cerca de A$18 por semana em uma academia de ginástica de franquia. As mais famosas da cidade são a Goodlife, Anytime Fitness, Fitness First e Virgin. Certifique-se de perguntar sobre descontos para estudantes.

Universidade do Intercâmbio

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o custo de vida em Sydney, que tal começar a se preparar para ter a sua experiência dos sonhos em uma das cidades mais incríveis do mundo?

O grande segredo pra isso é começar a se preparar o quanto antes e nós podemos te ajudar através da nossa mentoria especializada e todo o nosso time de mentores. Faça agora mesmo o seu teste de perfil clicando aqui.


Rafael Cerqueira

Rafael Cerqueira

Jornalista de 26 anos que adora viajar. Baiano que já viveu em Minas, em São Paulo, em Portugal e na Argentina. Conhece 26 países e tem o sonho de conhecer muito mais. Acredita que o mundo é grande demais e o tempo muito curto pra ficarmos parados sempre no mesmo lugar.

+100 aulas sobre intercâmbios por apenas 99 centavos
+100 aulas sobre intercâmbios por apenas 99 centavos