Se adaptar no exterior não é uma tarefa fácil. Você vai vivenciar uma mudança brusca de clima, fuso horário e diversos outros fatores. Se você for estudar em Londres, por exemplo, vai ter que entender mais sobre a cultura dos habitantes de lá para poder se acostumar com as diferenças. Por sorte, há algumas coisas que você pode fazer para acelerar esse processo. Confira 5 delas aqui!

5 passos para se adaptar quando for estudar em Londres

Experimente e descubra tudo o que puder sobre a cidade

Uma das cidades mais visitadas do mundo, Londres se orgulha de sua cultura e de sua história. A capital britânica é o lar de milhares de parques e 170 museus (a maioria deles com entrada gratuita), além de todos os cafés, restaurantes, bares e lojas que você pode imaginar (principalmente ao longo da Oxford Street). Ah, e Londres também foi considerada a melhor cidade estudantil do mundo no QS Best Student Cities de 2019.

Em outras palavras, a capital do Reino Unido é muito diversificada e há muito o que se fazer por lá. Sendo assim, quando for estudar em Londres, procure explorar ao máximo as atrações da cidade. Dessa forma, você vai se acostumar, aos poucos, com a cultura de lá e logo vai estar totalmente adaptado(a) às tradições londrinas.

4-estudar-em-londres

London Eye | Thomas Tau/Burst

Se o clima for um choque grande para você (com a neve e a quantidade de dias chuvosos ou nublados), pesquise quais atividades você pode se envolver com o tempo nessas condições. De qualquer forma, aproveite a experiência para conhecer uma realidade climática bem diferente da sua!

Opte por dividir sua acomodação com outra pessoa  

Dividir sua acomodação pode te ajudar a se adaptar melhor quando for estudar em Londres. Ter alguém que vive situações parecidas com a sua para conviver e conversar vai te fazer se sentir menos solitário(a), o que auxilia bastante na adaptação. No Reino Unido, existem diversos tipos de acomodações para estudantes, desde residências estudantis, onde você compartilha uma área comum com outras pessoas, mas tem seu próprio quarto (e geralmente seu próprio banheiro), até residências particulares, onde você pode viver de forma independente.

Não tenha medo de perguntar

É importante ter a mente aberta e estar ciente dos costumes e das tradições locais. Você pode até ter amigos ou familiares que já visitaram ou moraram em Londres, então, para se familiarizar um pouco mais com a cidade, não deixe de perguntar a eles sobre como é o ambiente por lá.

Caso você não tenha nenhum conhecido que teve uma experiência prévia com a capital britânica, a City University, em Londres, criou um programa chamado CityBuddies, que coloca os calouros em contato com os atuais alunos da instituição para mostrar o campus e ajudar a se instalar durante os primeiros meses da universidade.

2-estudar-em-londres

Estátua da Rainha Ana, na Catedral de St. Paul | Brodie Vissers/Burst

Procure apoio e fale com outras pessoas

O apoio pode vir da sua universidade, dos seus colegas, roommates, professores e, claro, da sua família. Se abrir de vez em quando pode ajudar a conter esses sentimentos de saudade de casa, mas tente evitar fazer isso todos os dias, pois pode tornar o processo de adaptação ainda mais longo.

Viver e estudar em Londres significa que você estará cercado por centenas de outros estudantes internacionais que provavelmente vão estar sentindo o mesmo que você. Compartilhar suas experiências com eles é uma ótima maneira de se tranquilizar e de superar o choque cultural que às vezes ocorre no processo de mudança para o exterior.

Se envolva

Já que você já saiu da sua zona de conforto, por que não dar mais um passo e entrar para um clube da universidade? As instituições britânicas costumam contar com diversos clubes e associações estudantis voltados para diversos interesses diferentes: esportes, teatro, música, cultura pop, e realmente muitos outros. Eles são uma ótima forma de socializar com novas pessoas quando você for estudar em Londres, o que pode te fazer se sentir mais acolhido(a) e ajudar no processo de adaptação!

3-estudar-em-londres

Edifício “The Shard” | Brodie Vissers/Burst

Intercâmbio com a UDI

Agora que você sabe como facilitar o processo de adaptação quando for estudar em Londres, já pode começar a se preparar para conquistar sua oportunidade na capital britânica ou em qualquer outro lugar do mundo com a ajuda da nossa mentoria especializada. Faça agora mesmo o seu teste de perfil clicando aqui!


Lucas Almeida

Lucas Almeida

Mineiro, jornalista e mestrando em Comunicação. Entusiasta de idiomas, viagens e cibercultura. Tem o sonho de mudar o mundo, uma pauta de cada vez.