A Austrália, um dos destinos de intercâmbio favoritos dos brasileiros, já é bastante conhecida pelos seus programas de incentivo que estimulam a ida de estudantes estrangeiros para suas universidades, que são algumas das melhores do mundo. E essa premissa ficou ainda mais forte com a criação, no ano passado, do programa Destination Australia, uma iniciativa do governo local que visa financiar os estudos técnicos e de graduação ou pós de estudantes nacionais e estrangeiros.

Cada uma das 35 universidades e institutos técnicos australianos participantes do programa conta com os seus próprios requisitos e condições e cabe ao estudante entrar em contato direto com a instituição que ele tem interesse em estudar.

Tanto a distribuição das bolsas quanto os métodos de seleção de candidato ficam a cargo de cada universidade. Mas geralmente todas as regras relativas a isso são publicadas nos sites dessas instituições e podem ser acessadas livremente.

Destination-Australia-La-Trobe
Universidade La Trobe (Foto: Bridiet Mckenzie)

Qual é a proposta do Destination Australia?

Provavelmente você já deve ter ouvido falar em Sydney, Melbourne ou até mesmo em Perth, Adelaide e Brisbane, certo? Essas são algumas das principais cidades do país e também concentram boa parte das universidades mais renomadas.

A proposta do Destination Australia, no entanto, vai justamente na contramão disso e procura incentivar a busca pelas universidades localizadas em outras partes do país mais distantes desses grandes centros urbanos.

Entre as participantes também estão universidades renomadas localizadas em grandes centros – como a Universidade de Melbourne. Mas, justamente por conta dessa proposta, as bolsas oferecidas por elas são para campi ou unidades localizados em cidades menores e longe do campus principal.

Quem pode participar?

As vagas do Destination Australia (foram cerca de 1000 bolsas nessa primeira edição) cobrem desde cursos técnicos profissionalizantes até programas de mestrado e doutorado. E obviamente, para concorrer é imprescindível ter proficiência em inglês comprovada por testes como o TOEFL, o IELTS ou o CAE.

Como já dissemos, as regras variam de universidade para universidade e isso também se aplica para os documentos exigidos. Mas no geral, os candidatos precisam providenciar documentos como certificados de conclusão de cursos, diplomas, histórico de notas, cartas de motivação, cartas de recomendação e proposta de pesquisa (no caso dos cursos de pós-graduação).

Destination-Australia-Sunshine
Universidade de Sunshine Coast (Foto: Uscjkirklan/Wikipedia)

Como é a bolsa?

Os estudantes selecionados podem receber até 15 mil dólares australianos por ano durante um período máximo de 4 anos. Ou seja, cada bolsista pode receber até 60 mil dólares australianos, o que corresponde a mais de 230 mil reais na cotação atual.

A forma como esse dinheiro será gasto fica a cargo do estudante. É possível utilizá-lo, por exemplo, para pagar as anuidades do programa ou para arcar com despesas de alimentação, acomodação e transporte na Austrália.

Como funciona a inscrição?

Os prazos de inscrição também variam de acordo com a instituição mas, no geral, é possível se aplicar para o Destination Australia durante todo o ano. No entanto, a organização do programa recomenda que os candidatos façam a inscrição pelo menos 4 meses antes do início das aulas no país.

Mas é importante ficar atento aos prazos de aplicação do curso de interesse nas universidades participantes. Isso porque a inscrição para a bolsa não tem relação direta com a inscrição para o programa e só é possível concorrer ao Destination Australia depois de já ter obtido aprovação no programa escolhido.

Destination-Australia-Sunshine-University-of-Tasmania
Universidade da Tasmânia (Foto: James Morris)

Quais são as instituições participantes?

As instituições participantes na edição de 2021 serão confirmadas até o início de outubro, então fique atento(a). Mas, considerando que boa parte delas serão as mesmas da edição passada, é interessante conhecer as universidades e institutos técnicos que ofereceram bolsas na primeira edição do programa. Assim você terá uma ideia de onde poderá estudar no país caso queira se aplicar para a próxima edição do Destination Australia. Confira na lista abaixo*:

UniversidadeCidadeEstado
Instituto Academies AustralasiaArmidaleNova Gales do Sul
Universidade Charles SturtAlbury-Wodonga, Port Macquarie, Orange, Bathurst e Wagga WaggaNova Gales do Sul
Instituto SAEByron BayNova Gales do Sul
Universidade de Southern CrossCoffs Harbour e LismoreNova Gales do Sul
TAFE NSWArmidale, Coffs Harbour, Port Macquarie, Wollongbar, Orange, Wagga Wagga, Albury e ThurgoonaNova Gales do Sul
Universidade da Nova InglaterraArmidaleNova Gales do Sul
Universidade de WollongongBateman’s Bay, Bega, Shoalhaven e Moss ValeNova Gales do Sul
Universidade Charles DarwinCasuarina, Palmerston e DarwinTerritório do Norte
Cairns Beauty AcademyCairnsQueensland
Universidade Central de QueenslandBundaberg, Cairns, Rockhampton, Mackay e GladstoneQueensland
Universidade James CookCairns e TownsvilleQueensland
TAFE Queensland Manunda, Pimlico, Cannonvale e ToowoombaQueensland
Universidade de QueenslandGattonQueensland
Universidade do Sul de QueenslandToowoombaQueensland
Universidade de Sunshine Coast Fraser Coast e GympieQueensland
Universidade FlindersRenmarkAustrália Meridional
TasTAFECampbell Street, Clarence e DrysdaleTasmânia
Universidade da TasmâniaBurnie, Hobart e LauncestonTasmânia
Universidade Católica AustralianaBallaratVitória
Universidade DeakinWarrnamboolVitória
Universidade de BallaratBallarat e GippslandVitória
Universidade La TrobeAlbury-Wodonga, Bendigo, Mildura e SheppartonVitória
Skillinvest LimitedLongerenongVitória
Sunraysia Institute of TAFEMilduraVitória
Universidade de MelbourneDookieVitória
Universidade CurtinKalgoorlieAustrália Ocidental
Universidade Edith CowanBunburyAustrália Ocidental
Universidade da Austrália OcidentalAlbanyAustrália Ocidental

* Estão listadas apenas as universidades e institutos técnicos que também ofereceram vagas para estrangeiros na última edição, e não apenas para estudantes australianos. Para conferir a lista completa clique aqui.

Universidade do Intercâmbio

O que achou do programa Destination Australia? Quer conquistar uma bolsa dessas? Então o grande segredo é se preparar, e nós podemos te ajudar com isso através da nossa mentoria especializada. Quer saber como? Então clique aqui para fazer o nosso teste de perfil e entrar para o nosso time de mentorados.


Rafael Cerqueira

Rafael Cerqueira

Jornalista de 26 anos que adora viajar. Baiano que já viveu em Minas, em São Paulo, em Portugal e na Argentina. Conhece 26 países e tem o sonho de conhecer muito mais. Acredita que o mundo é grande demais e o tempo muito curto pra ficarmos parados sempre no mesmo lugar.