O processo para ir estudar no exterior não é tão simples. Você precisa preparar muita coisa, se planejar e garantir que tudo esteja certo para quando chegar o momento. Para te ajudar, listamos aqui 6 dicas de como se organizar para um intercâmbio. Com tudo isso pronto, vai ficar bem mais difícil de passar por algum perrengue lá fora!

O que é preciso fazer para se organizar para um intercâmbio?

plan-organizar-para-um-intercambio

Saiba todos os prazos

Essa é uma dica muito importante, pois ela praticamente condensa todo o processo de preparação. Isso porque se organizar para um intercâmbio se resume a cumprir dezenas de prazos. Existe o prazo para declarar seu interesse em estudar no exterior, o prazo para aplicar para o curso, o prazo para obter seu visto e muitos outros.

Dessa forma, é extremamente importante você acompanhar cuidadosamente esses prazos. A melhor maneira de fazer isso é montar uma agenda e uma check-list. A agenda vai te ajudar a saber quando os prazos estão chegando, enquanto a check-list vai te mostrar os itens que você já concluiu.

Tire seu passaporte e seu visto o mais rápido possível

A menos que seu destino seja um dos países do Mercosul, você vai precisar de um passaporte para estudar fora. Além disso, é bem provável que você precise de um visto também, ainda mais se for passar mais do que 3 meses no país de destino. Não subestime o tempo que demora para a emissão desses documentos. Os vistos, em particular, podem levar meses para chegar. Isso ocorre porque eles geralmente exigem que você envie seu passaporte (e outros documentos) para uma embaixada em uma cidade diferente.

Procure passagens aéreas com antecedência

Os voos internacionais já são caros, mas podem ficar ainda mais se você esperar demais para reservá-los. Sendo assim, procure sua passagem aérea com bastante antecedência. Dessa forma, você pode encontrar promoções e ofertas que vão te ajudar a diminuir os gastos. Além disso, você também pode consultar recursos como o Google Flights para comparar todas as diferentes opções de passagens aéreas.

Mantenha seus gastos e suas finanças em ordem

Antes de viajar para o exterior, verifique com seu banco se (e como) seu cartão de débito/crédito funciona no exterior. Informe também ao seu banco por quanto tempo você vai ficar ausente e para onde planeja viajar, para que eles não congelem sua conta. Além disso, se certifique se pode usar seu cartão para retirar dinheiro de caixas eletrônicos estrangeiros (pois existem alguns países onde o dinheiro em espécie ainda é o mais usado).

Verifique também se o seu banco cobra taxas de transação pelo uso do seu cartão no exterior. Essas taxas (que podem variar de 1% a 3%) podem acabar aumentando seus gatos e você não vai querer isso, não é? Se o seu banco cobrar, vá atrás de outro cartão de crédito ou débito que não cobre. 

Tenha as roupas certas

Quando você for estudar no exterior, pode acabar em um destino que exige roupas diferentes. Isto acontece por duas razões. Primeiro, o clima do lugar pode ser diferente. Você vai precisar se vestir para a neve? Ou os dias são quentes? Chove muito? Certifique-se de fazer uma pesquisa para não ter problemas com o clima. Segundo, as normas culturais em torno das roupas podem ser diferentes. Os brasileiros, em particular, são conhecidos por se vestirem de uma maneira que parece “desleixada” ou mesmo “inadequada” para o resto do mundo.

Em muitos países, por exemplo, usar shorts é algo que você simplesmente não faz, não importa a ocasião ou a temperatura. O mesmo vale para usar roupas esportivas quando você não estiver na academia. Quando for se organizar para um intercâmbio, faça uma pesquisa sobre quais tipos de roupas são adequadas para o uso diário. Você não precisa comprar um guarda-roupa totalmente novo, mas convém se adaptar.

Aprenda pelo menos o básico da língua local

Se você estiver indo estudar fora para aprender o idioma do país, é importante, quando for se organizar para um intercâmbio, que você aprenda pelo menos o básico da língua local. Além de te ajudar a não passar dificuldades, isso ainda vai impressionar os moradores locais. Aqui estão algumas palavras, frases e expressões básicas para aprender:

  • Oi/Tchau
  • Sim e não
  • Por favor/Obrigado(a)
  • Desculpe/Com licença
  • Qual é seu nome?/Meu nome é…
  • Onde posso encontrar…?
  • Você pode me ajudar com…?

Intercâmbio com a UDI

Você acha que precisa de ajuda para se organizar para um intercâmbio ou até mesmo para conquistar sua oportunidade lá fora? Então pode contar com a ajuda da nossa mentoria especializada! Faça seu teste de perfil clicando aqui.

Quer acompanhar todos os nossos conteúdos no Blog? Então cadastre seu e-mail aqui para receber nossa newsletter semanal.


Lucas Almeida

Lucas Almeida

Mineiro, jornalista e mestrando em Comunicação. Entusiasta de idiomas, viagens e cibercultura. Tem o sonho de mudar o mundo, uma pauta de cada vez.

+100 aulas sobre intercâmbios por apenas 99 centavos
+100 aulas sobre intercâmbios por apenas 99 centavos