Você é dessas pessoas que gostam de saber da história por trás das coisas e dos acontecimentos? Então esse texto é pra você! Descubra agora essas curiosidades históricas por trás de algumas das principais universidades do mundo.

9 curiosidades sobre as principais universidades do mundo

A Universidade de Chicago e o seu fascínio por Prêmios Nobel

A Universidade de Chicago foi fundada em 1890 com o objetivo de oferecer cursos para acadêmicos de todas as origens, bem como oportunidades iguais para ambos os sexos. Mas apesar da relativa “pouca idade” da universidade, ela conseguiu acumular uma quantidade notável de vencedores do Prêmio Nobel. São 89 no total, a maioria deles pertencente ao Departamento de Economia e Física.

O primeiro deles foi o físico Albert A. Michelson, que também foi o primeiro americano a ganhar o Nobel nas áreas das Ciências, no ano de 1907. Ele se tornou conhecido por suas inovações revolucionárias na medição da velocidade da luz e iniciou uma sequência de professores, alunos e ex-alunos da instituição que alcançaram as mais altas honras internacionais em seus respectivos campos.

Albert-Abraham-Michelson-Einstein-1931

Albert Abraham Michelson (primeiro a esquerda) ao lado de ninguém mais que Albert Einstein em 1931

Uma bandeira da Universidade de Princeton já foi plantada na Lua

A Universidade de Princeton foi fundada em 1746 em Elizabeth, Nova Jersey, antes de ser transferida para Princeton em 1756. Mas a história que quero contar aqui é de um dos seus ex-alunos, o astronauta Charles “Pete” Conrad (da turma de 1953), que tornou-se o terceiro homem a pisar na lua em novembro de 1969. E não só isso: ele levou consigo a bandeira da universidade e a plantou na superfície do satélite. Isso que é orgulho!

Charles-Pete-Conrad

Pete Conrad (primeiro da esquerda pra direita) e seus colegas astronautas

A escultura perdida da Universidade de Columbia

Situada na movimentada cidade de Nova York, a Universidade de Columbia é o lar de mais de 32 mil estudantes americanos e estrangeiros. Foi fundada em 1754 como King’s College através de um decreto do rei George II da Inglaterra, tornando-a a instituição de ensino superior mais antiga do estado de Nova York e a quinta mais antiga dos EUA.

Mas um dos fatos mais curiosos da universidade aconteceu bem depois disso, lá no ano de 1946, quando um relógio de sol esférico gigantesco e centralmente localizado no campus desapareceu repentina e misteriosamente. Na época, muitos pensaram que ele havia sido destruído. No entanto, em 2001 (quase 60 anos depois!), a peça reapareceu, também de forma bem misteriosa, a quase 1300 km de Nova York, em uma área rural perto da cidade de Ann Arbor, no estado do Michigan. Pouco se sabe sobre a relação desse lugar com a universidade (se é que existe uma). E o mais estranho é que a base onde ficava esse relógio permanece no campus até hoje, exatamente no mesmo lugar, e gravada em latim com a frase Horam Expecta Veniet, que significa algo como “O tempo chegará!”. Assustador, não é?

principais-universidades-do-mundo-columbia

Columbia

Mahatma Gandhi, Malcolm X e Muhammad Ali já palestraram na Escola de Economia e Ciência Política de Londres (LSE)

A London School of Economics and Political Science (LSE) foi inaugurado em 1895, na época ocupando apenas três cômodos na 9 John Adam Street. Em outubro do mesmo ano, 200 alunos estavam matriculados e, em 1896, a escola foi transferida para outras instalações maiores. Desde o início, a LSE recebia homens e mulheres entre os seus alunos, inclusive de outros países.

Ao longo das décadas, a LSE teve o privilégio de receber inúmeros visitantes importantes no campus. Em novembro de 1931, Mahatma Gandhi discursou para os alunos no Old Theatre da universidade. Exatamente 40 anos depois, em outubro de 1971, na mesma sala de palestras, a lenda do boxe Muhammed Ali subiu ao palco para falar com um público de estudantes sobre boxe, Black Power e política. Seis anos antes disso, em 18 de fevereiro de 1965, um antigo teatro lotado viu Malcolm X fazer um discurso inesquecível, poucos dias antes do seu assassinato.

Muhammad-Ali-durante-sua-palestra-na-LSE

Muhammad Ali na LSE

A Universidade de Yale foi a primeira universidade dos EUA a adotar um mascote

A Universidade de Yale tem suas raízes no ano de 1640, quando clérigos coloniais serviram para estabelecer uma instituição local de educação com o objetivo de preservar a tradição da educação liberal europeia no Novo Mundo. Tornou-se oficialmente o Yale College em 1718, em homenagem ao comerciante galês Elihu Yale, que havia doado para a escola dinheiro e livros, além de um retrato do rei George I.

Handsome-Dan-Yale

O Handsome Dan original levado para Yale em 1889

 

O mascote da universidade é o Handsome Dan, um cachorro da raça buldogue inglês que já saiu até em capa de revista! E a tradição foi iniciada por um jovem cavalheiro inglês chamado Andrew Graves que estudou na instituição na década de 1890. Mas o mais curioso vem agora: o buldogue que hoje “representa” a universidade faz parte da 18ª geração de descendentes desse cachorrinho levado da Inglaterra para os EUA no século XIX!

Até a década de 1930, não havia taxas de matrícula na Universidade de Stanford

A Stanford University foi criada em 1885 pelo governador e senador da Califórnia Leland Stanford e sua esposa Jane Stanford, em memória de seu único filho Leland Jr., que morreu de febre tifoide aos 15 anos.

Hoje, como instituição privada, Stanford é uma das principais universidades do mundo, sendo reconhecida internacionalmente por sua riqueza e prestígio acadêmico. No entanto, como foi fundada com base em tais sentimentos, a admissão privada nunca foi considerada uma opção até meados da década de 1930. O casal fundador de Stanford decidiu que, como não podiam fazer mais nada pelo próprio filho, “os filhos da Califórnia seriam os seus filhos”.

Leland-Stanford-Jane-Stanford-Leland-Stanford-Jr

Leland, Jane e o jovem Leland Stanford Jr.

Os alunos rebeldes da Universidade de Cambridge

A história da Universidade de Cambridge começou em 1209, quando foi fundada por um grupo de estudiosos problemáticos de Oxford (literalmente). Reconhecida pelo rei Henrique II em 1231, hoje é considerada a quarta universidade mais antiga do mundo.

Um das histórias mais famosas sobre a instituição se referem aos “escaladores noturnos de Cambridge”, um termo notório mencionado por escritores antigos e contemporâneos em diversos livros. Eles nada mais eram que um grupo de alunos rebeldes que, ao cair da noite, escalavam as antigas muralhas da faculdade e aprontavam os mais diversos tipos de arruaças e confusões na cidade. Na década de 1920, a universidade chegou a ser o lar de um clube secreto chamado Alpine Society, que só permitia a associação de estudantes que haviam escalado os portões trancados de todas as faculdades de Cambridge depois do anoitecer.

principais-universidades-do-mundo-cambridge

Não devia ser nada mal perambular pelas ruas de Cambridge pela noite né?

A Universidade de Oxford “deu à luz” a Universidade de Cambridge… em circunstâncias controversas

A Universidade de Oxford, localizada na cidade gótica de mesmo nome, não tem uma data oficial de fundação. No entanto, a estimativa é que ela existe desde o início de 1096. Mas foi no século XII que a universidade cresceu como instituição oficial de educação, principalmente quando, em 1167, o rei Henrique II proibiu os estudantes ingleses de estudarem na Universidade de Paris – uma decisão que levou ao crescente número de estudantes e professores da Universidade de Oxford.

Agora, vamos ao nosso principal fato: para simplificar, um conflito muito desagradável estourou entre os estudantes e as pessoas da cidade por causa de tensões duradouras entre essas duas comunidades. Consequentemente, vários estudantes literalmente fugiram de Oxford para Cambridge, onde criaram um grande movimento para estabelecer sua própria instituição de ensino… a Universidade de Cambridge! Foi aí que surgiu uma rivalidade amigável entre as duas universidades que dura até hoje.

oxford-principais-universidades-do-mundo

Oxford

A Universidade de Harvard nem sempre foi grande em igualdade de gênero

Hoje uma das universidades de maior prestígio do mundo, a Universidade de Harvard foi fundada em 1636. Se hoje a instituição estabeleceu uma forte reputação como ávida defensora da igualdade de gênero e dos direitos LGBTQ, as coisas nem sempre foram assim. Você ficaria surpreso ao saber, por exemplo, que as mulheres não eram bem-vindas por lá até 1920. Ou seja, fazem apenas 100 anos que a instituição abriu suas portas para as mulheres.

Lorna-Hodgkinson

A australiana Lorna Hodgkinson foi a primeira mulher a receber um título de doutorado em Harvard, no ano de 1922

E aí, gostou de ficar por dentro dessas curiosidades históricas sobre algumas das principais universidades do mundo? E que tal você fazer parte da história de uma delas como estudante? O segredo pra isso é se preparar e nós podemos te ajudar com isso através da nossa mentoria especializada. Faça agora mesmo o seu teste de perfil clicando aqui.


Rafael Cerqueira

Rafael Cerqueira

Jornalista de 26 anos que adora viajar. Baiano que já viveu em Minas, em São Paulo, em Portugal e na Argentina. Conhece 26 países e tem o sonho de conhecer muito mais. Acredita que o mundo é grande demais e o tempo muito curto pra ficarmos parados sempre no mesmo lugar.