Os Estados Unidos é, sem sombra de dúvidas, o país mais rico do mundo. Sendo assim, não é surpresa nenhuma que alguns dos economistas mais renomados do planeta tenham se formado por lá. Para isso, é claro, o país conta com algumas das melhores escolas da área a nível internacional. Para que você entenda melhor do que estamos falando, separamos essa lista com as 5 melhores faculdades de Economia dos EUA. Descubra um pouco mais sobre elas! 

5 melhores faculdades de Economia dos EUA

Harvard

O Departamento de Economia da Universidade Harvard foi fundado em 1897, sob a divisão de História, Governo e Economia, criada no mesmo ano. Antes disso, a universidade já ensinava Economia Política, que mais tarde (no início da década de 1890) se tornou o campo acadêmico da Economia.

Atualmente, o departamento possui 59 professores, que ensinam nas aulas de graduação e também no programa de doutorado da instituição. Esses professores se dividem em áreas como Teoria Aplicada; Economia e Comércio Internacional; Política Monetária e Fiscal e Economia e Política Pública.

harvard-faculdades-de-economia-dos-eua

Littauer Center of Public Administration: sede do Departamento de Economia de Harvard

MIT

O MIT fundou a Escola de Humanidades, Artes e Ciências Sociais (SHASS) em 1950, com o Departamento de Economia desempenhando um papel central dentro da mesma. O Departamento se expandiu muito após o fim da Segunda Guerra Mundial, se tornando um dos principais centros de pesquisa econômica do mundo. Assim como Harvard, são oferecidos cursos de graduação e de doutorado.

Hoje em dia a faculdade é um reduto de grandes nomes do campo da Economia, com alunos, ex-alunos e professores ganhadores de diversos prêmios, incluindo o Nobel. Além disso, muitos são bolsistas da Academia Nacional de Ciências, da Academia Americana de Artes e Ciências e da Sociedade Econométrica.

Baixe agora o nosso guia “Melhores Faculdades dos Estados Unidos por curso”

mit-faculdades-de-economia-dos-eua

Morris and Sophie Chang Building, sede do Departamento de Economia do MIT

Stanford

Stanford tem ensinado Economia desde que a universidade foi fundada, em 1891. Naquela época, a instituição era inovadora: o presidente do Departamento de Economia, Amos G. Warner, costumava oferecer refeições gratuitas a pessoas em situação de rua e migrantes. Dessa forma, os alunos podiam observar os problemas dos pobres e desempregados.

Atualmente, o Departamento de Economia de Stanford tem duas missões centrais: educar estudantes de graduação e pós-graduação nos ideais da economia moderna e conduzir pesquisas básicas e aplicadas em Economia, para ampliar a fronteira do conhecimento no campo.

stanford-faculdades-de-economia-dos-eua

Instituto de Pesquisa em Política Econômica de Stanford

Universidade da Califórnia (Berkeley)

Assim como outras universidades americanas, as aulas de Economia na Universidade da Califórnia, em Berkeley, começaram antes mesmo do campo ser estabelecido, com a disciplina de “Economia Política”. Antes de 1903 (quando o Departamento de Economia da universidade foi fundado), todos os professores que ensinavam qualquer coisa relacionada ao campo da Economia eram membros dos Departamentos de História ou de Ciência Política.

Hoje em dia a faculdade conta com professores que são referências na área, com muitos sendo citados como vanguarda no pensamento da Economia Moderna. Além disso, a instituição conta com 13 centros de pesquisa em Economia, sendo alguns deles sobre Impostos e Finanças Públicas, Gerenciamento de Riscos e Negócios Internacionais.

berkeley-faculdades-de-economia-dos-eua

Evans Hall, prédio onde funciona o Departamento de Economia da Universidade da Califórnia (Berkeley)

Universidade de Chicago

Na Universidade de Chicago a Economia também começou a ser ensinada por meio da disciplina de Economia Política. O Departamento de Economia foi fundado, de fato, em 1892, mas só passou a ter esse nome em 1925. Mais tarde, o Departamento passou por outra mudança de nomeação, dessa vez incluindo o nome de Kenneth C. Griffin, um filantropo bilionário de Illinois que fez doações para a Universidade.

Desde então, a divisão se expandiu e passou a ensinar tanto em cursos de graduação como de pós-graduação. Atualmente o Departamento trabalha com quatro principais campos de pesquisa: Microeconomia Aplicada, Macroeconomia, Econometria e Teoria Econômica.

chicago-faculdades-de-economia-dos-eua

Saieh Hall for Economics, lar do Departamento de Economia da Universidade de Chicago

E aí, já sabe em qual dessas faculdades de Economia dos EUA você vai querer fazer seu intercâmbio? Independente da sua escolha, a nossa mentoria especializada te ajuda a conquistar sua vaga lá fora. Clique aqui e faça agora mesmo seu teste de perfil!

Quer acompanhar todos os nossos conteúdos? Então cadastre seu e-mail aqui para receber nossa newsletter semanal.


Lucas Almeida

Lucas Almeida

Mineiro, jornalista e mestrando em Comunicação. Entusiasta de idiomas, viagens e cibercultura. Tem o sonho de mudar o mundo, uma pauta de cada vez.