MIT: a melhor universidade do mundo

Quem se interessa por Ciência, Tecnologia ou Engenharia, com certeza sempre pensa no MIT com uma referência. Mas você conhece tudo sobre esse instituto? Nós reunimos aqui algumas informações para você ficar por dentro da melhor universidade do mundo. Confira!

Mais de 150 anos de história

O Massachusetts Institute of Technology (daí vem o MIT), é uma instituição privada fundada em 1861. Tudo começou um ano antes, em 1860, quando o fundador da universidade, William Barton Rogers, sugeriu ao governo de Massachusetts a criação de um Instituto de Tecnologia no estado. A instituição incluiria um museu, uma sociedade de Artes e uma Escola de Ciência Industrial.

O Estado concordou e disponibilizou terras em Back Bay, em Boston. No entanto, com a condição de que a instituição permanecesse aberta a membros do público em geral. A aprovação foi concedida em 10 de abril de 1861, nas vésperas da Guerra Civil americana. Isso atrasou as aulas até 1865.

O MIT esteve na vanguarda em muitas situações. Por exemplo, Ellen Swallow Richards, a primeira mulher nos Estados Unidos a obter um diploma em STEM (Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática), se graduou no MIT em 1870. Ela se tornou membro do corpo docente, ajudou a estabelecer o campo de saneamento e fundou muitos programas para promover educação científica para mulheres. 

Baixe o nosso e-book e descubra quais são as 10 melhores universidades do mundo

Robert Robinson Taylor, por sua vez, era filho de um escravo liberto, e integrou o MIT em 1888. Mais tarde, ele se tornou o primeiro arquiteto negro credenciado da América! Ajudou, por exemplo, a construir várias escolas, cerca de cinco bibliotecas e outros edifícios em todo o sul dos Estados Unidos.

Ray and Maria Stata Center: um dos prédios mais famosos do MIT.

Ray and Maria Stata Center: um dos prédios mais famosos do MIT.

A melhor universidade do mundo: uma reputação construída

Atualmente, de acordo com o QS World University Rankings, o MIT é a melhor universidade do mundo. E é assim, no primeiro lugar,  que ele tem permanecido desde que começou a ser divulgado o ranking, em 2012.

Até hoje, 93 ganhadores do Prêmio Nobel, 26 vencedores do Prêmio Turing e 8 medalhistas do Fields foram ex-alunos, membros do corpo docente ou pesquisadores do MIT. Além disso, cerca de 27o outras premiações já foram entregues a afiliados da instituição. Entre elas estão a Medalha Nacional da Ciência e o prêmio MacArthur Fellows.

Entre os profissionais que se formaram no MIT estão 41 astronautas e 16 cientistas-chefes da Força Aérea dos EUA. A escola também tem uma forte cultura empreendedora. Tanto que juntas, as receitas anuais de empresas fundadas por ex-alunos do MIT (cerca de 1,9 trilhão de dólares) seriam classificadas como a décima maior economia do mundo.

As instalações e os números do MIT

O campus da instituição fica na cidade de Cambridge, nos EUA. Lá, além dos prédios de aulas, concentram-se 18 residências estudantis, cerca de 30 parques e jardins e mais de 60 obras de arte expostas. 

Anualmente, cerca de 21 mil pessoas se candidatam a uma vaga no MIT. Apesar disso, apenas 1450, aproximadamente, são aprovadas. Ao todo, por volta de 11.500 alunos frequentam o Instituto. Entre os estudantes de graduação, 8% são intercambistas. Já na pós, o número sobre para 44%!

Agora você já conhece um pouco mais sobre a melhor universidade do mundo. Ficou interessado(a) em estudar lá? A nossa mentoria pode te ajudar  a se preparar para conquistar vagas nessa e em outras universidades internacionalmente renomadas. Faça agora mesmo o seu teste de perfil clicando aqui e junte-se ao nosso time de mentorados!  

Matheus Tomoto

Matheus Tomoto

Estudou em escola pública, aprendeu inglês sozinho em 3 meses, foi aceito nas 10 melhores faculdades dos Estados Unidos, trabalhou no MIT (melhor faculdade de tecnologia do mundo), é embaixador da Youth Assembly no Brasil, recebeu proposta da NASA e é ex-fellow de HARVARD. É escritor, palestrante e mentor de pessoas que desejam buscar sua oportunidade no exterior.