Entre as 10 melhores universidades do mundo, de acordo com o QS World University Rankings 2019, quase todas são norte-americanas ou britânicas. Mas há uma exceção: o ETH Zurich, na 7ª posição. Se você nunca ouviu falar nessa instituição, já te adiantamos que ela é a melhor universidade da Suíça. Mas o que faz da ETH um centro de ensino tão especial? É isso que vamos mostrar aqui!

Uma breve história do ETH Zurich

Fundado em 1855 como a Escola Politécnica Federal, o ETH Zurich é um centro de educação com um forte perspectiva internacional, atraindo estudantes do mundo todo. Essa combinação da visão mais internacional com as raízes nacionais tornou a instituição uma das forças da industrialização suíça. Isso porque a instituição trouxe a experiência necessária para o país, treinou especialistas e técnicos, e ajudou a criar infra-estruturas inovadoras.

O ETH Zurich recebeu seu nome atual, Instituto Federal Suíço de Tecnologia (Eidgenössische Technische Hochschule), em 1911. Nas décadas seguintes, estabeleceu parcerias com o governo e com a indústria e investiu cada vez mais em pesquisa aplicada. A universidade cresceu constantemente e, em 1964, embarcou na primeira etapa da construção de seu segundo campus em Hönggerberg, nos arredores de Zurique.

Em tempos mais recentes, com o desenvolvimento global, o ETH Zurich foi criando estruturas organizacionais mais flexíveis. Dessa forma, novas unidades e programas de pesquisa surgiram. E além disso, a própria pesquisa desenvolvida por lá foi se tornando cada vez mais integrada e interdisciplinar.

Baixe o nosso e-book e descubra quais são as 10 melhores universidades do mundo

ETH-Zurich-é-a-melhor-universidade-da-Suíça

Prédio principal da ETH Zurich.

A reputação do instituto

Como já dissemos, o ETH é a melhor universidade da Europa continental. A instituição se destaca principalmente nas áreas de Química, Matemática e Física. Ao todo, até hoje, foram 32 ganhadores do Nobel associados ao ETH. O mais recente foi Richard F. Heck, que recebeu o Prêmio Nobel de Química em 2010. Só para ilustrar, entre os ex-alunos da instituição está ninguém menos que Albert Einstein!

Na pesquisa CHE Excellence Ranking sobre a qualidade dos programas de pós-graduação da Europa Ocidental, o ETH também se destaca. Nas áreas de Biologia, Química, Física e Matemática, a universidade foi avaliada como uma das três melhores instituições, as outras duas sendo a Imperial College London e Universidade de Cambridge.

Estrutura da melhor universidade da Suíça 

O ETH Zurich tem dois campi. O edifício principal foi construído entre 1858 e 1864, e na época ficava na fronteira leste de Zurique. Hoje, no entanto, com o crescimento da cidade, está localizado bem no centro. À medida que a cidade e a universidade cresciam, o ETH foi se distribuindo por diversos novos prédios. Como resultado, o campus hoje consiste em vários edifícios e instituições espalhados por Zurique.

Como não tinha mais para onde crescer, um novo campus foi construído oficialmente de 1964 a 1976 em Hönggerberg, nos arredores da cidade, em uma colina ao norte. O último grande projeto de expansão deste novo campus foi concluído em 2003. Desde então, o campus de Hönggerberg abriga os departamentos de Arquitetura, Engenharia Civil, Biologia, Química e Física.

Intercâmbio com a UDI

Agora você já sabe por quais motivos a ETH Zurich é a melhor universidade da Suíça e uma das melhores do mundo! Fantástico, não é? Que tal começar a planejar um intercâmbio por lá? Nossa mentoria especializada pode te ajudar! Clique aqui e faça agora mesmo seu teste de perfil!

Quer acompanhar todos os nossos conteúdos? Então cadastre seu e-mail aqui para receber nossa newsletter semanal.


Lucas Almeida

Lucas Almeida

Mineiro, jornalista e mestrando em Comunicação. Entusiasta de idiomas, viagens e cibercultura. Tem o sonho de mudar o mundo, uma pauta de cada vez.