Quando falamos em bolsa de mestrado na Holanda não tem outra: a Justus & Louise van Effen Excellence é uma das melhores! Ela é aberta para estudantes internacionais de todo o mundo que tenham interesse em realizar estudos de mestrado na Universidade Tecnológica Delft. Nós já falamos sobre essa instituição, que é considerada a melhor da Holanda, aqui no Blog. Clique aqui para conferir.

Os subsídios dessa bolsa são financiados pelo patrimônio do casal Justus e Louise van Effen. Justus van Effen foi um pesquisador da universidade na década de 40 do século passado que defendia as inovações tecnológicas como ferramentas de mudança social. Vale lembrar que essa não é a única bolsa oferecida para os estudantes da Delft.

Bolsa-de-mestrado-na-holanda-Bolsa-Justus-&-Louise

Biblioteca da Delft University

Cursos atendidos pela bolsa Justus & Louise van Effen

É importante lembrar que os cursos de todas as faculdades da universidade são elegíveis para a bolsa Justus & Louise. A Delft conta com oito faculdades:

  • Engenharia aeroespacial
  • Ciências Aplicadas
  • Arquitetura e ambiente construído
  • Engenharia Civil e Geociências
  • Engenharia Elétrica, Matemática e Ciência da Computação
  • Engenharia de Design Industrial
  • Tecnologia, Política e Gerenciamento
  • Engenharia Mecânica, Marítima e de Materiais

Quais são os benefícios?

A bolsa inclui a cobertura total das mensalidades do programa de mestrado (que tem duração de 2 anos), com base na taxa legal ou institucional, de acordo com a nacionalidade registrada. Além disso, os bolsistas também recebem uma contribuição para as despesas com moradia. E não estamos falando de qualquer contribuição: são 30 mil euros por ano para estudantes de fora da União Europeia!

Elegibilidade

Para concorrer à essa bolsa de mestrado na Holanda é necessário ter tido um excelente desempenho durante a graduação, com um GPA de pelo menos 80% em uma instituição de ensino bem avaliada. Além disso, também é preciso ter conhecimentos em inglês comprovados por teste de proficiência (TOEFL iBT, IELTS Academic ou Cambridge Assessment English). Estudantes que estiverem no final da graduação também podem concorrer mas devem providenciar uma declaração oficial da universidade (com tradução juramentada para o inglês) confirmando a situação do candidato e explicando qual será o tipo de diploma obtido.

Como se aplicar?

O primeiro passo para concorrer à essa bolsa é se aplicar para o programa de mestrado de interesse na Delft. Serão pedidos documentos como diploma e histórico de notas da graduação (com tradução oficial); certificado de proficiência em inglês; currículo escrito em inglês; carta de motivação; passaporte (ou algum outro documento de identificação caso não o tenha) e cartas de referência.

Para os programas de Arquitetura, Design de Interação, Design de Produto Integrado e Design de Produto Estratégico também é necessário enviar um portfólio digital. Cada um deles conta com critérios específicos em relação a como esse portfólio deve ser montado. Já para os programas de Engenharia Aeroespacial, Ciências da Computação, Engenharia da Computação e Sistemas Incorporados também é exigido o envio do resultado do exame GRE.

A carta de motivação, em todos os casos, deve ter entre 1000 e 1500 palavras e responder ou atender aos seguintes tópicos:

  • Qual é a sua motivação para escolher este programa de mestrado?
  • Por que você está interessado na TU Delft e o que espera encontrar aqui?
  • Se esse programa de mestrado tiver especialização(s), qual lhe interessaria mais e por quê?
  • Descreva seu projeto de tese hipotética: que tipo de projeto você prefere? O que você gostaria de explorar (limite essa resposta a três tópicos possíveis)
  • Resuma em um máximo de 250 palavras seu trabalho de tese/projeto final de graduação. Inclua informações sobre a carga de trabalho (se aplicável)
bolsa-de-mestrado-na-holanda-Justus-&-Louise

Faculdade de Engenharia Aeroespacial

Feita a aplicação no programa, o próximo passo é preencher o formulário de solicitação da bolsa. Nesse formulário é necessário anexar duas cartas de recomendação (em inglês, francês, alemão ou holandês) que devem ser escritas por professores ou por empregadores, para quem já tem experiência profissional. O recomendando, nesse caso, é que uma carta seja escrita por um professor e a outra por um empregador. É importante ressaltar que as cartas devem ser preferencialmente escritas em papel timbrado e carimbadas com o carimbo oficial da universidade ou da empresa.

As cartas de recomendação também podem ser enviadas diretamente pelos seus autores para a universidades através do e-mail contactcentre-esa@tudelft.nl, acompanhado do nome completo do candidato e do seu número de aluno. Esse número é gerado no momento que o candidato faz o seu registro no Studielink, a plataforma de aplicação nacional das universidades holandesas.

Inscrições

O período de inscrição para à bolsa Justus & Louise geralmente se inicia em setembro e vai até dezembro. Já os resultados são anunciados em março. Ou seja você ainda te muito tempo para se preparar até o início das aplicações para a próxima edição do programa.

Intercâmbio com a UDI

Você pode contar com o apoio da nossa  mentoria especializada para se preparar para aplicar para essa bolsa de mestrado na Holanda (ou para qualquer outra!). Nossa equipe está a postos para te auxiliar na conquista da sua oportunidade internacional. Clique aqui para fazer o seu teste de perfil.

Cadastre seu e-mail aqui para receber nossa newsletter semanal e acompanhar tudo o que publicamos no Blog.


Rafael Cerqueira

Rafael Cerqueira

Jornalista de 26 anos que adora viajar. Baiano que já viveu em Minas, em São Paulo, em Portugal e na Argentina. Conhece 26 países e tem o sonho de conhecer muito mais. Acredita que o mundo é grande demais e o tempo muito curto pra ficarmos parados sempre no mesmo lugar.