As melhores escolas de Enfermagem da Europa se destacam a nível internacional na área, ao lado de instituições de países como EUA, Canadá, Hong Kong e Austrália. Descubra agora quais são as cinco melhores do Velho Continente (de acordo com o ranking da QS World Universities) e conheça um pouco mais sobre cada uma delas.  

Melhores escolas de Enfermagem da Europa: King’s College London – Inglaterra

A Faculdade de Enfermagem e Obstetrícia Florence Nightingale ganhou esse nome em homenagem a uma de suas alunas mais famosas, que passou pela instituição no ano de 1860. Atualmente a faculdade conta com cerca de 300 funcionários (entre professores e técnicos) e 4 mil estudantes.

Além de ser a melhor escola de Enfermagem da Europa, é também a segunda melhor do mundo, atrás apenas da Escola de Enfermagem da Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos.

melhores-escolas-de-enfermagem-da-europa-london
Faculdade de Enfermagem e Obstetrícia Florence Nightingale (Foto: Off2riorob/Wikipedia)

A instituição é dividida em cinco departamentos principais: Enfermagem de Adultos; Saúde Infantil e Familiar; Enfermagem de Saúde Mental, Obstetrícia e o Instituto Cicely Saunders, o primeiro centro de pesquisa do mundo exclusivamente dedicado ao estudo dos cuidados paliativos.

Por lá são oferecidos programas de graduação e especialmente de pós-graduação, com uma grande variedade de especializações nas áreas de Enfermagem, Cuidado Paliativo e Obstetrícia. Clique aqui para conferir a lista completa.

Melhores escolas de Enfermagem da Europa: Universidade de Southampton – Inglaterra

Os programas na área da Enfermagem na Universidade de Southampton são oferecidos pela Escola de Ciências da Saúde. A instituição é conhecida por oferecer programas de formação dupla (graduação + mestrado) para enfermeiros.

Por conta disso, por lá podem ser encontrados programas de 3 anos (apenas bacharelado) e de 4 anos (bacharelado e mestrado). Na primeira categoria são oferecidos os programas em Enfermagem Infantil e em Enfermagem em Saúde Mental. Já na segunda, as opções são Enfermagem de Crianças e Adultos, Enfermagem em Saúde Mental de Adultos e Enfermagem em Saúde Mental Infantil.

Além disso, também são oferecidos três programas de pós-graduação (apenas para quem já tem mestrado) em Enfermagem de Adultos, Enfermagem Infantil e Enfermagem em Saúde Mental.

No ranking da QS, a Universidade de Southampton fica no quinto lugar geral entre as melhores escolas de Enfermagem do mundo, logo atrás da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, e na frente da famosa Universidade Yale.

Melhores escolas de Enfermagem da Europa: Universidade de Manchester – Inglaterra

Na Universidade de Manchester, os programas de Enfermagem fazem parte da Faculdade de Biologia, Medicina e Saúde da instituição.

A nível de graduação, são oferecidos 6 programas Bnurs (voltados ao campo acadêmico da Enfermagem) nas áreas de Enfermagem de Adultos, Enfermagem Infantil e Enfermagem em Saúde Mental. Já na pós-graduação, há o programa de mestrado em Liderança Avançada para Prática Profissional de Enfermagem e os programas de doutorado PhD (3 ou 4 anos) e MPhil (1 ou 2 anos) na área.

Além desses, a universidade também conta com programas de pós-graduação em área complementares, como Saúde Pública, Saúde Global, Pesquisa Clínica, Saúde e Assistência Social e Prática Especializada em Câncer.

No ranking mundial de Enfermagem da QS, a Universidade de Manchester fica no oitavo lugar, empatada com a Faculdade de Enfermagem Lawrence S. Bloomberg da Universidade de Toronto, no Canadá.

melhores-escolas-de-enfermagem-da-europa-manchester
Faculdade de Biologia, Medicina e Saúde da Universidade de Manchester (Foto: bmh.manchester.ac.uk)

Melhores escolas de Enfermagem da Europa: Instituto Karolinska – Suécia

A divisão de Enfermagem do Instituto Karolinska (que é uma referência mundial na área da Saúde) também oferece programas de graduação e pós-graduação, incluindo especializações em áreas como Enfermagem de Emergência, Enfermagem Cirúrgica, Anestesia, Enfermagem Pediátrica, Enfermagem Geriátrica, Enfermagem Psiquiátrica, Oncologia e Saúde Pública.

A marca da instituição é o esforço para integrar o ensino em sala de aula, a pesquisa e a prática clínica, com o objetivo de constituir uma arena acadêmica atuante no desenvolvimento internacional da pesquisa em Enfermagem e da profissão de enfermeiro(a).

A Divisão de Enfermagem do Instituto Karolinska tem cerca de 1000 alunos em seu programa de graduação (cerca de 1/3 deles matriculados em cursos online) e cerca de 600 em programas de especialização.

No ranking geral da QS, a instituição ocupa o 18º lugar, empatada com a Faculdade de Enfermagem da Universidade de Alberta, no Canadá.

Melhores escolas de Enfermagem da Europa: Universidade de Edimburgo – Escócia  

Na Universidade de Edimburgo, os programas de Enfermagem fazem parte da Escola de Saúde em Ciências Sociais.

Como uma das primeiras universidades a oferecer um diploma de Enfermagem no Reino Unido, a Universidade de Edimburgo tem uma longa tradição de preparação técnica de enfermeiras e enfermeiros, oferecendo programas de graduação e pós-graduação em ensino e pesquisa, além de cursos de desenvolvimento profissional contínuo.

A Universidade de Edimburgo ocupa a 23ª colocação mundial no ranking da QS, empatada com a Universidade da Califórnia em Los Angeles (UCLA).

melhores-escolas-de-enfermagem-da-europa-edimburgo
Escola de Saúde em Ciências Sociais da Universidade de Edimburgo (Foto: @EdinUniHealth/Facebook)

Menções honrosas

Completam o TOP 10 das melhores escolas de Enfermagem da Europa as seguintes instituições:

  • Universidade de Nottingham – Inglaterra (28º lugar)
  • Universidade de Turku – Finlândia (30º lugar)
  • Universidade de Leeds – Inglaterra (45º lugar)
  • Universidade de Lund – Suécia (47º lugar)
  • Trinity College Dublin – Irlanda (48º lugar)

Universidade do Intercâmbio

Agora que você já conhece as melhores escolas de Enfermagem da Europa, que tal se preparar para conquistar a sua oportunidade em uma dessas instituições? Nós podemos te ajudar através da nossa mentoria especializada. Quer saber como? Então clique aqui para fazer o nosso teste de perfil e entrar para o nosso time de mentorados.


Rafael Cerqueira

Rafael Cerqueira

Jornalista de 26 anos que adora viajar. Baiano que já viveu em Minas, em São Paulo, em Portugal e na Argentina. Conhece 26 países e tem o sonho de conhecer muito mais. Acredita que o mundo é grande demais e o tempo muito curto pra ficarmos parados sempre no mesmo lugar.