Você sabia que a Universidade da Pensilvânia faz parte da Ivy League? Ou que ela é considerada a quarta instituição de ensino superior mais antiga dos Estados Unidos? Se não sabia, nós reunimos diversas informações para você ficar por dentro da UPenn e, quem sabe, escolher a universidade como destino do seu intercâmbio! Curioso? Então confira mais informações no texto.

Um panorama da história da Universidade da Pensilvânia 

A universidade surgiu inicialmente em 1740, como uma escola de caridade. Com os esforços de Benjamin Franklin e outros líderes da cidade da Filadélfia, ela se tornou uma academia em 1751, com Franklin como presidente do primeiro conselho de curadores. Em 1755, a instituição se expandiu e passou a se chamar “Faculdade da Filadélfia”. Por outro lado, com a fundação em 1765 da primeira escola de Medicina da América colonial, a faculdade se tornou, de fato, uma universidade. No entanto, ela só passou a ser chamada por esse título em 1779.

A UPenn se considera a primeira instituição dos EUA a oferecer tanto cursos de graduação como de pós-graduação. Ela também foi uma das primeiras universidades no país a admitir mulheres no corpo estudantil. Elas começaram a frequentar a instituição no final da década de 1870 como estudantes de graduação e 1882 como alunas de pós-graduação.

Hoje em dia, a universidade possui quatro faculdades: a Escola de Artes e Ciências; a Escola de Engenharia e Ciências Aplicadas; a Escola de Enfermagem e a Escola Wharton (de educação empresarial). Os programas de pós-graduação são oferecidos por essas escolas e pelas faculdades de Direito, Medicina, Veterinária, Odontologia, Educação, Comunicação, Artes Plásticas e Serviço Social.

Por dentro da Universidade da Pensilvânia 1

A Upenn é a 8ª melhor universidade dos Estados Unidos, segundo o QS World University Rankings.

Top 20 mundial

Atualmente, a UPenn é uma das 20 melhores universidades do mundo, ficando na 15ª colocação do QS World University Rankings 2020. Isso fica evidente quando olhamos para os prêmios que a universidade recebeu. Por exemplo: até hoje 35 ganhadores do Nobel e 16 vencedores do Pulitzer foram associados à universidade.

Além disso, grandes nomes já passaram pela Universidade da Pensilvânia. Entre eles, estão, por exemplo, 14 chefes de estado, 64 bilionários, 3 juízes da Suprema Corte dos EUA, diversos congressistas e governadores norte-americanos, 8 signatários da Declaração de Independência dos Estados Unidos e dois presidentes dos EUA, incluindo o atual presidente, Donald Trump.

O campus da UPenn

Grande parte da arquitetura da UPenn foi projetada pela empresa Cope and Stewardson. Os arquitetos combinaram a arquitetura da Universidade de Oxford e da Universidade de Cambridge com a paisagem local para criar um estilo “gótico-colegial”. 

O atual campus principal ocupa mais de 113 hectares, em uma área da cidade universitária da Zona Oeste da Filadélfia. Enquanto isso, os prédios antigos da universidade ficam no campus histórico da Universidade da Pensilvânia. A maioria das faculdades e dos institutos de pesquisa da Penn estão localizados neste campus. Mas para deixar a vida dos estudantes mais fácil o bairro em volta conta com vários restaurantes e pubs, supermercado e até um cinema na extremidade oeste do campus.

Por dentro da Universidade da Pensilvânia 2

Quase 20% dos alunos da Upenn são estrangeiros.

Um panorama dos números da Universidade da Pensilvânia 

Atualmente, a Universidade da Pensilvânia conta com mais de 21.300 alunos. Entre os estudantes, cerca de 10.400 são alunos de graduação e 10.800 estão em programas de pós-graduação. Além disso, a universidade também tem um número considerável de alunos estrangeiros. Ao todo, são mais de 4.800 estudantes internacionais. Esse número, inclusive, representa cerca de 20% do total do corpo estudantil! 

A UPenn conta ainda com mais de 4.700 professores. Isso dá uma proporção de 6 alunos para cada professor. Além deles, quase 2.500 técnicos-administrativos trabalham na universidade. O orçamento da instituição, em 2019, é de cerca de U$10,2 bilhões (quase R$40 bilhões)!

E aí, o que você acha de estudar na Universidade da Pensilvânia? Se ficou interessado(a), envie um direct pra gente no nosso Instagram e conheça a nossa mentoria especializada. Faça agora mesmo o seu teste de perfil clicando aqui e junte-se ao nosso time de mentorados!  

 


Matheus Tomoto

Matheus Tomoto

Estudou em escola pública, aprendeu inglês sozinho em 3 meses, foi aceito nas 10 melhores faculdades dos Estados Unidos, trabalhou no MIT (melhor faculdade de tecnologia do mundo), é embaixador da Youth Assembly no Brasil, recebeu proposta da NASA e é ex-fellow de HARVARD. É escritor, palestrante e mentor de pessoas que desejam buscar sua oportunidade no exterior.

+100 aulas sobre intercâmbios por apenas 99 centavos
+100 aulas sobre intercâmbios por apenas 99 centavos