Existem diversos tipos de oportunidades e experiências internacionais. Por isso é normal que você fique confuso(a) a respeito de qual delas é a ideal para você nesse momento. Dessa forma, caso esteja em dúvida entre um intercâmbio ou mochilão no exterior, trouxemos aqui alguns prós e contras de cada uma dessas oportunidades. 

Intercâmbio ou mochilão: prós e contras

Prós de fazer um intercâmbio

Apoio financeiro

Um dos principais prós de se fazer um intercâmbio é que você tem acesso a diversos tipos de apoio financeiro. As universidades no exterior oferecem várias bolsas de estudos voltadas para estudantes estrangeiros. Isso pode deixar a sua experiência internacional muito mais barata ou até mesmo gratuita, uma vez que alguns auxílios financeiros (além de isentar o pagamento de mensalidades) também incluem moradia e alimentação.

Orientação

Esse é um dos principais pontos para se levar em conta ao escolher entre intercâmbio ou mochilão. Você não vai estar desamparado no exterior se resolver fazer um intercâmbio. Ter orientação e apoio da própria universidade pode te fazer se sentir mais seguro(a) e confortável em estar em um país completamente diferente. Você pode recorrer à essa equipe para informações sobre médicos e farmácias se passar mal, por exemplo.

Interação social

Fazer um mochilão (ainda mais se você estiver viajando sozinho), pode ser uma experiência bastante solitária. Por mais que algumas pessoas gostem de estar sozinhas a maior parte do tempo, para outras isso pode ser um verdadeiro pesadelo. Em uma universidade no exterior não há esse problema. Além dos colegas de classe, você vai ter contato e fazer amizade com professores e colegas de dormitório, e ainda pode se associar a clubes e grupos de estudo.

3-intercambio-ou-mochilao

Contras de fazer um intercâmbio

Custos

Por mais que você consiga uma bolsa de estudos no exterior, pode ser que ela não seja 100%. Dessa forma, você pode acabar gastando um pouco, seja com moradia, alimentação ou com alguma parte do valor das mensalidades. Nesse caso, esses custos não têm como ser evitados.

Falta de flexibilidade

Estudar no exterior significa seguir um itinerário definido: viajar na época certa, comparecer às aulas e atividades em horários especificados e se alinhar às regras definidas pela sua universidade. Nesse caso, não importa se você já é um(a) adulto(a), não há muito como fugir dessas “obrigações”. No entanto, essa é uma ótima maneira de desenvolver habilidades de organização e responsabilidade!

Problemas com a imersão

Pode ser que você não faça uma imersão completa no país se escolher um intercâmbio. Isso porque é normal ficar atarefado(a) com as obrigações universitárias e tão inserido(a) no ambiente acadêmico que se esquecer do ambiente fora dos muros da faculdade pode acabar sendo uma constante. Além disso, você pode se apegar à comunidade brasileira da universidade e acabar não tendo muito contato com estudantes do país que você está ou até mesmo de outros lugares.

Prós de fazer um mochilão

Flexibilidade total

O principal pró de fazer um mochilão é que você está 100% no controle de todos os horários, itinerários e atividades. Você decide para onde e quando vai, e quais são as regras que vai seguir (embora seja sempre sensato seguir as leis locais). Além disso, você pode fazer sua viagem em qualquer época do ano, não precisando se preocupar com a aproximação (ou não) do período letivo.

Viajar com um orçamento limitado

Existem diversas formas de viajar sem precisar gastar muito. Como você tem a liberdade de escolher o itinerário e os horários, pode optar por ficar na casa de amigos e parentes que moram no exterior, couchsurfing, trabalhos temporários, se hospedar em hostels e mesmo assim conhecer vários lugares.

1-intercambio-ou-mochilao

Contras de fazer um mochilão

Você é seu próprio orientador

Com grandes liberdades, vêm grandes responsabilidades. Em muitos casos, fazer um mochilão significa que você está “por conta própria” em um país totalmente diferente. Nesse caso, é preciso saber lidar sozinho(a) com situações de pressão e stress, sem outras pessoas responsáveis para te dizer como agir. Além disso, nessas situações a rede de contatos (amigos, colegas e outros brasileiros) que você desenvolveria em uma universidade também pode fazer muita falta.

Intercâmbio com a UDI

Agora chegou a hora de decidir! Com esses prós e contras você vai querer fazer intercâmbio ou mochilão? Independente da sua escolha, a nossa mentoria especializada está a postos para te auxiliar a conquistar sua oportunidade internacional. Clique aqui e faça agora mesmo o seu teste de perfil.


Lucas Almeida

Lucas Almeida

Mineiro, jornalista e mestrando em Comunicação. Entusiasta de idiomas, viagens e cibercultura. Tem o sonho de mudar o mundo, uma pauta de cada vez.