Você quer seguir sua carreira acadêmica fazendo um doutorado na Europa, mas ao mesmo tempo não quer gastar muito? Então você vai gostar de saber que existem países do Velho Continente onde os cursos de doutorado em universidades renomadas são muito baratos ou até mesmo gratuitos. Para te ajudar, listamos aqui os 5 melhores deles. Confira!

Onde é mais barato fazer um doutorado na Europa?

Alemanha

alemanha-doutorado-na-europa

A Alemanha é conhecida por seus ótimos níveis acadêmicos, alto padrão de vida e aulas gratuitas (independente da nacionalidade)! De fato, 43 universidades alemãs estão entre as 750 melhores do mundo no QS World University Rankings 2020, incluindo a Technische Universität München (55ª), a Ludwig-Maximilians-Universität München (63ª) e a Ruprecht-Karls-Universität Heidelberg (66ª).

As cidades alemãs também têm diversos atrativos. A capital, Berlim, é lar do Museu do Currywurst (um prato feito com salsicha de porco) e startups super bacanas. Já Munique é famosa pelo badalado festival de cerveja Oktoberfest, que acontece todos os anos.

França

fr-doutorado-na-europa

Com 11 universidades entre as 300 melhores do mundo no QS World University Rankings, incluindo a Université PSL (na 53ª posição) e a École Polytechnique (60ª), a França oferece baixas mensalidades para doutorado em suas universidades públicas. Embora o valor possa ser maior em uma Grande École, as universidades públicas da França cobram uma taxa praticamente simbólica, de aproximadamente €380 (cerca de R$1700) por ano.

As principais cidades universitárias da França incluem Lyon, Toulouse e, claro, Paris – que é consistentemente classificada entre as cinco melhores cidades do mundo para estudar, graças às baixas mensalidades e à alta concentração de universidades reconhecidas internacionalmente.

Finlândia

fin-doutorado-na-europa

As mensalidades são totalmente gratuitas para todos os estudantes de doutorado na Finlândia, independentemente da nacionalidade. E a capital finlandesa, Helsinque, abriga duas das 150 melhores universidades do mundo: a Universidade de Helsinque (107ª) e a Universidade Aalto (134ª). Vale mencionar também as paisagens da Finlândia e os incríveis fenômenos naturais que acontecem no país, como o sol da meia-noite e a deslumbrante Aurora Boreal, que ilumina o céu noturno finlandês cerca de 10 a 20 noites por ano.

Suécia

suecia-doutorado-na-europa

Além de ser o país da União Europeia com a maior porcentagem de energia renovável, a Suécia ainda possui 29 parques nacionais incríveis e outras 4 mil reservas naturais. As políticas progressistas pelas quais o país é conhecido são refletidas em seu sistema de ensino superior. As mensalidades e taxas são gratuitas para todos os estudantes de doutorado na Suécia e ainda existem algumas bolsas de estudos disponíveis para cobrir o custo de vida.

Essas bolsas são oferecidas por meio do Instituto Sueco, por exemplo, ou de universidades individuais. Por falar em universidades, oito instituições suecas figuram entre as 350 melhores do mundo no QS World University Rankings, incluindo a Lund University, na 92ª posição, e o KTH Royal Institute of Technology na 104ª.

Noruega

nor-doutorado-na-europa

Fechando nossa lista de destinos mais baratos para fazer doutorado na Europa, temos outro país nórdico, a Noruega. Por lá, as aulas nas universidades públicas são gratuitas para todos os estudantes, independente da nacionalidade. Você vai precisar pagar apenas uma taxa referente a materiais, como os utilizados em exames e instalações esportivas, mas os valores ficam em torno de 300 a 600 coroas norueguesas (entre R$140 e R$280).

Apesar de os estudos serem baratos, a Noruega ainda tem um custo de vida alto, o que significa que você provavelmente vai precisar de uma bolsa para ajudar. Em termos de universidades, existem quatro instituições norueguesas no QS World University Rankings. A Universidade de Oslo, que é a  melhor do país, aparece na posição 135.

Intercâmbio com a UDI

Em qual desses destinos você vai querer fazer doutorado na Europa? Conte pra a gente nos comentários! Seja qual for a sua escolha, a nossa equipe de mentores está pronta para te ajudar a conquistar sua oportunidade lá fora. Faça agora mesmo o seu teste de perfil clicando aqui!

Quer acompanhar todos os nossos conteúdos no Blog? Então cadastre seu e-mail aqui para receber nossa newsletter semanal.


Lucas Almeida

Lucas Almeida

Mineiro, jornalista e mestrando em Comunicação. Entusiasta de idiomas, viagens e cibercultura. Tem o sonho de mudar o mundo, uma pauta de cada vez.