Onde estudar: Buenos Aires ou Santiago?

Buenos Aires ou Santiago? Qual dessas duas cidades apresenta as melhores condições de vida para estudantes estrangeiros? As capitais da Argentina e do Chile são dois grandes centros urbanos da América do Sul que atraem diversos intercambistas, seja para suas universidades ou para cursos de espanhol. Em comum elas têm o fato de serem consideradas duas das cidades da região com os melhores índices de qualidade de vida. Mas as duas também têm diferenças que podem ser decisivas na hora de decidir entre uma das duas como um possível destino de intercâmbio. Confira agora!

Buenos-Aires-ou-Santiago

Santiago

Custo de Vida

Segundo o site Expatistan, viver em Buenos Aires é 32% mais barato do que viver em Santiago. As maiores diferenças se dão principalmente nos gastos com transporte público, moradia e cuidados pessoais. Confira:

  • Transporte: 40% mais barato em Buenos Aires
  • Moradia: 38% mais barato em Buenos Aires
  • Cuidados pessoais (gasto com produtos de higiene, remédio, corte de cabelo, etc.): 37% mais barato em Buenos Aires
  • Alimentação: 31% mais barato em Buenos Aires
  • Entretenimento: 20% mais barato em Buenos Aires
  • Roupas: 2% mais barato em Santiago

Universidades

Tanto Buenos Aires quanto Santiago contam com universidades reconhecidas, algumas inclusive estão entre as melhores da América Latina. A principal diferença é que no Chile, mesmo as universidades públicas são pagas, tanto para estudantes nacionais quanto estrangeiros. Já na Argentina o ensino superior é universal e gratuito. Na prática, isso significa que qualquer pessoa, inclusive os estrangeiros, podem estudar nas universidades públicas do país sem precisar pagar taxas de matrículas e/ou mensalidades.

Com relação às universidades privadas, as instituições de Buenos Aires são geralmente mais baratas que as de Santiago. Abaixo, listamos as principais universidades de cada cidade acompanhas das posições que elas ocupam no ranking da QS World University Rankings das 1000 melhores universidades do mundo em 2020. Note que a partir da posição 500 da lista, as instituições são ranqueadas por grupo.

Confira as principais universidades de Buenos Aires

  • Universidade de Buenos Aires (UBA): 74º
  • Pontifícia Universidade Católica da Argentina: 344º
  • Universidade de Palermo (UP): 383º
  • Universidade Austral: 400º
  • Universidade de Belgrano: 438º
  • Instituto Tecnológico de Buenos Aires (ITBA): 601-650
  • Universidad de San Andrés (UdeSA): 601-650
  • Universidad Torcuato di Tella: 601-650
  • Universidade Tecnológica Nacional (UTN): 801-1000

Confira as principais universidades de Santiago

  • Pontifícia Universidade Católica do Chile (UC): 127º
  • Universidade do Chile: 189º
  • Universidade de Santiago do Chile (USACH): 489º
  • Universidade Adolfo Ibáñez: 701-750
  • Universidade dos Andes: 801-1000
  • Universidade Diego Portales (UDP): 801-1000
Buenos-Aires-ou-Santiago

Buenos Aires

Vida Universitária

O QS World Universities também organiza todos os anos a lista das melhores cidades para estudantes universitários do mundo. Esse ranking leva em consideração fatores como qualidade das universidades, oferta de empregos, custo de vida, taxas de segurança, etc. A última edição, do ano passado, é liderada por Londres, Tóquio e Melbourne. Já a líder da América Latina é justamente Buenos Aires, que aparece na posição 31. Santiago fica em terceiro na região, no 54º lugar (logo atrás da Cidade do México, em 53º).

Confira abaixo o desempenho das duas cidades nos principais indicadores do ranking:

  • Desirability: leva em conta índices de economia, segurança, corrupção, poluição e percepção de estudantes e pais em relação à cidade.
  • Employer Activity:  índices de empregabilidade nas principais universidades da cidade.
  • Student View: leva em conta questões como tolerância, diversidade, acesso à cultura, vida noturna, inclusão e a a porcentagem de estudantes que considerariam continuar na cidade após a conclusão dos estudos.

Buenos Aires

  • Desirability: 70º
  • Employer Activity: 21º
  • Student View: 16º

Santiago

  • Desirability: 81º
  • Employer Activity: 17º
  • Student View: 60°

Espanhol

Se o seu objetivo principal é estudar espanhol, é importante saber que existem alguns países que têm uma pronúncia mais clara do idioma, o que pode acabar facilitando na aprendizagem. Esse definitivamente não é o caso da Argentina e do Chile, que são conhecidos pelo seu espanhol (ou castelhano) mais pesado e com um sotaque e vocabulário bem típicos de cada país.  Mas não se assuste! Isso não significa que aprender espanhol em Buenos Aires ou Santiago seja uma tarefa impossível. Só para comparar, estudar espanhol em uma dessas cidades seria o equivalente a estudar inglês em Dublin, na Irlanda.

Clima

As estações do ano tanto em Buenos Aires como em Santiago são bem definidas, com verões quentes e invernos frios. Em Buenos Aires os meses mais chuvosos são março, outubro e novembro. Já os mais secos são junho, julho e agosto. Em Santiago é exatamente o contrário, com os meses mais chuvosos sendo maio, junho, julho e agosto e os mais secos, dezembro, janeiro, fevereiro e março. Ou seja, em Buenos Aires chove mais no fim do verão e durante a primavera. Já em Santiago os meses de inverno são também os mais chuvosos.

E aí, Buenos Aires ou Santiago? Qual dessas cidades te pareceu a mais interessante para você fazer o seu intercâmbio? Seja qual for a sua escolha, o importante é se preparar para conquistar a sua oportunidade dos sonhos. E com nisso nós podemos te ajudar através da nossa mentoria especializada. Faça agora mesmo o seu teste de perfil clicando aqui!

Rafael Cerqueira

Rafael Cerqueira

Jornalista de 26 anos que adora viajar. Baiano que já viveu em Minas, em São Paulo, em Portugal e na Argentina. Conhece 26 países e tem o sonho de conhecer muito mais. Acredita que o mundo é grande demais e o tempo muito curto pra ficarmos parados sempre no mesmo lugar.